Páginas

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

2010 Top 10x10 - Os 10 jogos mais aguardados de 2010

2010 Top 10x10
 2. Os 10 Jogos Mais Aguardados de 2010

2010 foi um ano exclente para os jogos, teve o lançamento do tão aguardado Final Fantasy XIII, do God of War III, também o aníversário do Mário, o nosso querido herói eterno de vídeo-games, é incrível ver como as coisas mudaram desde a época do Atari, para o Nintendo 64 e depois para o GameBoy seguido dos Playstations 1 e 2, sem falar do Dream Cast e o Game Cube, também não esquecendo do Xbox e o Xbox 360 e agora dos novíssimos Playstation 3, PSP, NintendoWii, Nintendo DS e o Nintendo 3DS...

1. Mass Efect (PC, Playstation 3, Xbox 360)
   Mass Effect 2 é um RPG de ação desenvolvido pela BioWaer Edmonton, com a ajuda da BioWare Montreal, e publicado pela Eletronic Arts. O jogo é a sequência de Mass Effect, e foi lançado no Microsoft Windows e Xbox 360 na América do Norte em 26 de janeiro de 2010, com datas de lançamento na Austrália para 28 de janeiro de 2010 e na Europa de 29 de janeiro de 2010.
Mass Effect 2 foi lançado e o jogo é um sucesso total. Em apenas três dias o jogo consegui vender mais de 2 milhões de cópias. Desde o começo Mass Effect 2 promete ser um jogo de sucesso. A mistura bem sucessedida de ação e rpg, frente ao grande sucesso da empresa Bioware, impressiona pela complexidade.
O game impressiona em todos os quesitos. Tanto em gráficos, como em jogabilidade, enredo, som, e muito mais.

2. Red Dead Redemption (Playstation 3, Xbox 360)
 Red Dead Redemption é um jogo de ação e aventura desenvolvido pela Rockstar San Diego, considerado um sucessor espiritual de Red Dead Revolver.
O jogo trata-se de um faroeste ambientado no começo do século XX e que narra a história de John Marston, ex-membro de uma perigosa quadrilha. A família de Marston é refém de agentes federais e ele não dispõe de opções a não ser iniciar uma busca implacável para capturar ou eliminar o antigo companheiro Bill Williamson meio aos vastos ambientes da fronteira entre EUA e México. O jogo utiliza os mesmos aspectos de jogabilidade da aclamada série GTA, também da mesma produtora, oferecendo um amplo mundo aberto para exploração e com diversos elementos paralelos à trama principal. Red Dead Redemption também dispõe de modo multiplayer local e online com sistemas de caça e de Scouting.

3. Bayonetta (Playstation 3, Xbox 360)

Bayonetta é um jogo de ação , dirigido por Hideki Kamiya, diretor de outros jogos como Devil May Cry, Okami e Viewtiful Joe. O jogo foi desenvolvido pela Platinum Games, desenvolvedora recém-fundada (criadora de Madworld para Wii) e contou com a publicação pela Sega (também foi responsável pela versão para PS3). Defina em uma cidade fictícia na Europa, o jogo se centra sobre a sua personagem-título, Bayonetta, que pode utilizar quatro revólveres, entre outras armas e executar ataques mágicos para derrotar vários inimigos. O jogo conta com cinco níveis de dificuldade, seus dois mais fáceis contém um modo de jogo jogável com apenas um botão, similar a um modo que Kamiya usou em Devil May Cry. Seus personagens foram desenhados com estilo moderno e fashion em mente, enquanto a sua música é amplamente otimista e feminina.
O jogo começou a ser desenvolvido em torno de janeiro de 2007, e foi lançado no Japão no final de outubro de 2009. Ele foi promovido através de um comercial de televisão, com música de cantora pop japonesa, Michi ,um concurso de sósias, um tema para o navegador Google Chrome, um livro de imagens e trilhas sonoras. Opiniões críticas de versões pré-lançamento elogiaram seus movimentos facilmente aprendido, ritmo rápido, batalhas de chefes, "Witch modo mecânico de desaceleração" e design de personagens e fases. No entanto, lamentou que as taxas de frame inconsistente, problemas gráficos e técnicos em sua versão de PS3, bem como a sua utilização de ângulos de câmera em ambas as versões.

4. Final Fantasy XIII (Playstation 3, Xbox 360)
 É claro que nesse Top 10 não poderia faltar nada mais, nada menos do que uma das grandes realizações da Square Enix: Final Fantasy XIII.
Final Fantasy XIII foi exibido pela primeira vez na E3 de 2006. Ao lado de Final Fantasy Versus XIII e do jogo para PSP Final Fantasy Agito XIII, Final Fantasy XIII é parte do projeto Fabula Nova Crystallis Final Fantasy XIII, mas nenhum destes jogos é uma sequência a qualquer outro. A Square Enix explicou que, apesar de que todos os três jogos se desenvolverem no mesmo universo, eles não estão directamente relacionados em termos de história. 

5. Super Mario Galaxy 2 (Nintendo Wii)
  Super Mario Galaxy 2 foi revelado na E3 2009, mencionando-se como a primeira vez que um segundo título de plataforma 3D do Mario foi feito para um único sistema de Nintendo. O criador de Mario, Shigeru Miyamoto, disse que a equipe tinha planejado originalmente apenas fazer variações nos planetas do jogo original, mas sobre o tempo pensou de todas as idéias novas. O jogo é dito ter níveis novos de 90%, com o descanso que é níveis precedentes com objetivos.Na conferência confidencial de Miyamoto, disse que o jogo é muito distante longitudinalmente durante o processo de desenvolvimento, mas se está prendendo a 2010 devido a New Super Mario Bros Wii que será lançado em 2009. Em uma entrevista com Nintendo da presidente e diretor geral de América Reggie Fils-Aime, disse também que o jogo será mais desafiante do que o original.

6. The Last Guardian (Playstation 3)
  The Last Guardian, antes referido como Project Trico, é um jogue eletrônico futuro desenvolvido pelo Team Ico. 
O jogo se foca no desenvolvimento da amizade entre um garoto e uma criatura gigante semelhante a um grifo chamada "águia do mar" ou "erne" no título em japonês.A criatura possui penas por grande parte do corpo, algumas penas novas bem pontiagudas, e pode-se perceber que possuia asas, as quais possivelmente foram cortadas (A criatura possui lanças e flechas presas às suas costas) e fica inicialmente presa a uma corrente. Mais tarde, a criatura é libertada e é vista atacando um soldado.

7. Halo: Reach (Xbox 360)
 
A Microsoft pode continuar a empurrar Halo atrás de Halo, mas este será o último com a participação Bungie no desenvolvimento, ao que sabemos. E essa é a sensação que o jogo passa: uma saideira.
A história de Halo: Reach é uma prequência, a preparação para a trilogia Halo que colocou no mapa a Bungie e, de certa forma, o próprio Xbox. Aqui você encarna um soldado espacial sem rosto, o novo membro da unidade Noble Team do United Nations Space Command. Como Noble 6, você é um substituto não muito bem vindo em uma unidade sempre necessitada de sangue novo.
O jogo se inicia com um olhar dramático para Reach, o planeta no qual você vai passar as próximas cerca de oito horas de jogo lutando para defender.

8. Rage (PC, Xbox 360, Playstation 3)
Rage é um atirador em primeira pessoa e jogo de corrida que está sendo desenvolvimento pela id Software, a criadora das lendárias séries de jogos Wolfestein, Doom e Quake. 
 O jogo se passa em um mundo pós-apocalíptico semelhante ao observado em filmes como Mad Max Em uma entrevista para a GameSpot, o designer Tim Willits revelou que o jogo ocorre em um futuro próximo, após a queda de um cometa na Terra. A jogabilidade de corrida tem como influências jogos como o MotorStorm, segundo uma outra entrevista de Willits para a Shacknews, O jogador poderá atualizar seus carros com o dinheiro ganho nas corridas. 

9. Tom Clancy's Splinter Cell: Conviction (PC, Xbox 360)
  Splinter Cell: Conviction é o quinto jogo da série Spliter Cell. O jogo está sendo desenvolvido pela Ubisoft Montreal, que também desenvolveu três jogos da franquia para os consoles da sexta geração. O projeto foi originalmente agendado para ser lançado em 16 de novembro de 2007, mas desde então tem sofrido vários atrasos. Durante a E3, foi confirmado que o jogo será lançado nos EUA ainda em 2009. SCC promete trazer uma série de novas funcionalidades para a série; uma delas é o "Marcar e Executar", que permitirá ao jogador ou um adversário pegar qualquer objeto e incendiá-lo automaticamente, provalmente para distração. O recurso prioriza as metas, por exemplo, se o jogador entrar numa sala com dois inimigos, uma luz e suporte à luz, ele terá como primeiro alvo a luz e depois os inimigos. Há também a "Última Localização Conhecida", que ocorre quando Sam for visto mas sair da vista inimiga. Isto produz uma silhueta esboçando a última localização em que o inimigo o viu, o que lhe permite alterar suas ações para continuar oculto. Outras características incluem a capacidade de disparar, enquanto estiver pendurado, e interrogar os inimigos usando o ambiente (como bater a cabeça de alguém em um espelho, parede ou veículo). O jogo também faz uso dos recursos visuais; quando o jogador está encoberto nas sombras a imagem perde a cor para indicar isso, enquanto os inimigos continuam em cores para que o jogador possa vê-los claramente. Os objetivos estão destacados nas paredes, geralmente com a localização a ser seguida, mas as cutscenes (cenas não-interativas) aindam estão presentes para manter os jogadores imersos na história. O personagem não terá muitos dos equipamentos que possuía nos jogos anteriores, tendo que ser mais criativo com o que tiver à disposição. Por exemplo, em vez de usar o clássico cabo óptico para olhar por baixo das portas, o jogador terá que usar um pedaço de espelho quebrado de seu carro.

10. God of War III (Playstation 3)

Na E3 de 2009, o jogo apareceu novamente. Dessa vez, os seus produtores apresentaram uma demo do jogo. A demo não foi jogada por completo, porém já pode ser vista muita coisa.
Na demo, Kratos, com a ajuda do Titã Perses, derruba e mata (arrancando a cabeça) do Deus Hélio (Deus do Sol, na mitologia grega), apresentando muitas novidades do novo jogo.
Nesta pequena demo, Kratos ainda usa as Athena`s Blades (Lâminas de Atena, tradução livre), lâminas já conhecidas e que viraram uma marca registrada de Kratos; a Cestus, duas luvas em forma de cabeça de leão; a Fire Bow (Arco de Fogo, tradução livre), um arco que solta flechas de fogo, que atravessam inimigos; e Helios Head (Cabeça de Hélio, tradução livre), que é a cabeça recém arrancada do Deus do Sol, que serve para iluminar a escuridão, e durante algum tempo, cegar inimigos, fazendo com que eles fiquem parados (efeito próximo da cabeça da Medusa e a cabeça da Euríale). No jogo, também é visto o Golden Fleece (Velocínio de ouro, tradução livre), e as Icarus Wings (Asas de Ícaro, tradução livre), ambas vindas de God of War 2 e também, finalmente, as Nemesis Whip's(Chicote de Nemesis, tradução livre), que apresentam-se como duas laminas eletricas com um poder parecido com o Cronos Rage do God of War 2. Agora em God of war III Kratos usa o Rage of Sparta (Raiva de Sparta, Tradução Livre) Onde Kratos invoca a Blade of Olympus. Na nova jogabilidade, também é apresentado o Ram (Trombar), movimento no qual você usa um inimigo para correr e trombar com outros, Ride (Se transportar, tradução livre), onde você pode controlar uma harpia ou um ciclope para voar/atacar e, neste jogo, Kratos ganha a habilidade de 'domar' certas criaturas, como os ciclopes, e usa-los para atacar outros inimigos, antes de mata-los.
Na demo, nota-se que a qualidade gráfica está muitas vezes melhor que em God of War 2. Também pode ser conferido que em God of War 3, o design das orbs foi mudado. Não foi mais adotado o formato de God of War e God of War 2, mas sim o de God of War: Chains of Olympus, ou seja, pequenas bolinhas sem cauda. Foram apresentados também novas criaturas, como a readoção e reformulção dos centauros, e a quimera. As harpias, ciclopes e soldados zumbis foram refeitos. E agora esse jogo tem um intro mostrando toda historia de Kratos, desde que ele vira servo de Ares até matar Atena e ir atrás de Zeus.

Comentários:
Digam o que quiserem, mas achei muita informação para God of War III....

Nenhum comentário:

Postar um comentário