Páginas

segunda-feira, 7 de março de 2011

Blizzard2 - Capítulo 10

Mantendo a tradição de postar a fic Blizzard semanalmente de segunda...


Blizzard2

10. Infinito

  A tensão só aumentava. Estávamos tremendo... Como sempre, em qualquer concurso, Sakura estava enrolando as pessoas, fazendo a tensão aumentar... Meu coração batia muito depressa. E Sakura só estáva fazendo ele bater mais rápido ainda...
  - Olha, eu só queria avisar... - disse Tomoyo chegando com suas capangas - Que quando eu ganhar o primeiro lugar eu menciono vocês no meu discurso...
  - Por que tem tanta certeza que vai ganhar? - falou Shima.
  - É! Você caiu de cara no palco! - apoiou Yura.
  - Mas Tomoyo-chan se levantou com graça! - falou Kagura.
  - É! Isso conta pontos no final! - complementou Nagi.
  - Se aquilo foi gracioso então Lady Gaga canta country. - respondi para elas.
  - Ah! - disse Tomoyo fazendo uma pose de menina retardada botando a mão na frente da boca - A minha levantada foi épica! Estilo Flashdance!
  - Épica foi sua queda! - gritou Yura.
  - Épico vai ser a marca da minha mão no seu rosto - respondeu Kagura fezendo uma cara muito engraçada...
  - Épico é saber que você tem um dente a menos na sua boca. - falei para Tomoyo
  - O quê? Aha-aha-aha - essa foi a risada mais esquisita que eu ouvi na minha vida - Eu caí, mas não quebrei meu dente.
  - E o que é aquile pontinho branquinho no palco? - falou Shima apontando.
  Lentamente Tomoyo passou o dedo em seus dentes e percebeu que na frente, justo na frente, tinha um espacinho faltando.
  - MerdAAAAAAAAAAAAAAAA! - disse Tomoyo gritando e correndo para o banheiro.
  Ligeiramente olhei para o palco e vi Sakura falando.
  - Agora, sem mais delongas os vencedores do Show de Talentos... Aqueles que ganharão ingressos para Happy-Land, para ver o nosso show de camarote e  ter acesso ao nosso camarim foram...
  Vou ter um ataque do coração...
  - Anelisse, Shima e Yura!
  Perdi a noção do tempo e do espaço e corri como se não tivesse chão, não somente eu, mas Shima e Yura também.
  Pegamos aquele troféu e pulamos muito, muito, tanto que achei que o palco iria quebrar e no meio daquela baderna inteira, uma força oculta do amor me puxou para perto de Shima, quando eu finalmente dei um beijo nele. Aquilo sim foi épico. Foi incrível... Foi maravilhoso... Mesmo que tenha durado tão pouco tempo eu percebi que foi indescritível, levaria anos para tentar entender e explicar...
  - Parabéns á vocês, aqui estão os ingressos e o free-pass! - falou Sakura entregando na minha mão.
  Ah... Meu... Deus... Eu quase morri.
  Aquele foi o melhor dia da minha vida...
  Foi aí que eu realmente percebi... A felicidade não tem fim... A felicidade é Infinita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário