Páginas

segunda-feira, 14 de março de 2011

Blizzard2 - Capítulo Especial


Blizzard2

Especial: O Interlúdio de Kyou
  Kyou
  Não é divertido ficar em estado vegetativo. Não é nem um pouco divertido. Parece que por fora eu estou morta, mesmo que por dentro eu respire, meu coração bata e contiue bombeando sangue. Me sinto desligada do mundo.
  Ninguém vem falar comigo... Não tenho pais, então não haverá uma pessoa preocupada que me visitará todo dia, ficará sentada do meu lado, passando a mão em meus cabelos dizendo "Eu te amo, filha" 
  Me sinto tão sozinha e abandonada. Espero que eu morra. Será simples, se não tenho ninguém com quem falar, é melhor que eu morra. Só estou roubando oxigênio das pessoas. Minha presença nesse planeta não é mais necessária. Fui criada com a intenção de perder os pais ao primeiro ano de idade e viver em depressão e pessimismo por mais quinze anos. Engraçado... Me lembro vagamente de algo que minha mãe sempre falava... Quando era viva...
  - Não cai uma folha de uma árvore se Deus não quer.
  Minha mãe pelo visto era bem religiosa. Me lembro de toda noite ela rezar um terço... Especial no dia de sua morte. 
  Não gosto de refletir sobre coisas tristes, mas é só o que anda acontecendo na minha vida... Coisas tristes. Ás vezes eu penso, como será que está a Anelisse? Mesmo sendo o primeiro dia dela na escola... Será que ela fez amigos? Será que fez inimizade com a retardada da Tomoyo? Será que ela está sendo feliz? Com certeza, Anelisse é uma garota cheia de energia e principalmente, felicidade. Coisa que não está existindo na minha vida. Nem por um instante. Ser infeliz fez parte do meu ser...
  Como será que está a Yura também? Apesar de que a única vez que tivemos uma conversa franca a não ser aquela coisa básica de Oi e depois sair. Simples... Mas essa única conversa que tivemos foi uma discussão. Não sei se lembram, mas Yura era monitora... Ou representante da sala, não me lembro... Sempre tentei puxar papo com ela, mas Yura estava sempre ocupada estudando e lendo, tanto que teve um dia que um dos professores perguntaram sériamente o que queríamos cursar na faculdade. Yura se levantou e falou: Quero ser uma pessoa útil para o mundo. Quero ser Médica, ser Escritora, ser Bióloga... Quer ter uma faculdade inteira no meu currículo. No começo eu pensei, essa garota só pode estar de brincadeira. É impossível uma pessoa conseguir diploma em todos os cursos de uma universidade... Mas analisando bem, eu acho que ela consegue sim... Se eu ainda estivesse viva - ainda estou, mas na situação em que me encontro é melhor classificada como morta, nem moribunda, mas morta mesmo - iria dar o maior apoio para ela.
  Tomoyo, ou como eu a chamava, Trambolho... Não a chamo mais assim, por que eu já sou crescida... Mas ás vezes tenho uma vontade enorme de chamá-la por esse nome... Líder de torcida pela 4ª vez seguida, - mesmo odiando dizer isso - bonita, e com um belo corpo, me lembro de momentos no vestiário, onde 90% das meninas envejavam os seios de Tomoyo. Mas também o que ela tinha de bonita, tinha de irracionalidade e ignorância. Tomoyo tinha o dom de transformar sua vida em um inferno, já que ela tinha duas coisas mais importantes para se tornar uma voz ouvida em toda escola: Popularida e Influência. Tomoyo era tão influente, que já conseguiu induzir pessoas a começar brigas por razões mais fúteis possíveis..
  Hum? O que é isso? Ah, antes de descrever o que eu vi, acho melhor descrever onde estou estou... Estou flutuando em uma imensidão negra, apesar de estar flutando, estou sentada, estranho né? Mas retornando ao foco, um ponto brilhante veio voando em minha direção e e parou em meu peito, mais precisa, onde fica meu coração, e simplesmente entrou dentro de mim... Nesse instante tive uma visão. Parecia que era em um show, mas o ponto de vista era dos bastidores, estavam dançando Tomoyo e suas capangas, mas incrívelmente a nossa queria animadora de torcida errou um passo e deu de cara no chão... Nesse instante eu ouço risadas e começo a rir também quando o foco da visão passa para dentro dos bastidores eu vejo três pessoas rindo... Anelisse, Yura e...
  Shima. Sabe aquele melhor amigo, aquele BFF que por razões desconhecidas os dois ainda se falam, mas acabam se afastando? Foi culpa de um agente... o tempo. Shima me conhecia desde o primário, mas quando passamos para o primeiro ano do ensino fundamental ele mudou de escola... Com o tempo fui esquecendo de Shima, ele era a única pessoa que me fazia esquecer as minhas mágoas. Então, ele retornou no inicio do ensino médio, mas eu já avia esquecido ele e ele já havia se esquecido de mim... Mas com o tempo, eu graduamente fui me lembrando dele, mas ele não se lembrava de mim... Triste.
  De repente mais pontinhos brilhantes começaram a voar em volta de mim, não sei o que isso significava não sei realmente o que isso significa... 

  Anelisse
  Fui visitar a Kyou no Hospital hoje, e descobri algo que me deixou feliz, a Kyou melhorou. E foi uma melhora incompreendida... No dia anterior, os médicos estavam me dizendo que Kyou estava piorando aos poucos, mas hoje eles disseram que ela teve uma melhora espontânea, isso meio que me deixa intrigada... O que aconteceu?
Fim da 2ª tempora de Blizzard ou Blizzard2

Nenhum comentário:

Postar um comentário