Páginas

segunda-feira, 7 de março de 2011

Um pequeno trecho do meu livro


Esse foi o logo que eu decidi usar para meus livros da Saga Platina e agora, confiram, um pequeno trecho do meu livro, que na minha opinião: Eu adorei...

            Eu acho que já perdi as contas de quantas vezes eu já disse que adotei uma nova perspectiva de vida, mas eu acho que é isso mesmo. Vivemos e aprendemos, erramos e acertamos, e sempre mudamos de opinião. É inevitável. Não sei se já disse isso, mas vou continuar á dizer, eu não sou o mesmo garoto que era há umas três semanas atrás. Não sou mais, isso é um fato.
            Lutamos pelo que acreditamos, e acreditamos que aquilo seja certo até que alguém nos prove fortemente que isso é errado. Então começamos a lutar pelo que acreditamos depois desse argumento. Mas sempre virá uma pessoa que te provará que pelo o que você luta, é errado. Muitas vezes, ás pessoas te provam que você está errado, mesmo estando certo, e você acaba acreditando e acaba lutando pelo que é errado. Eu sei o que é isso. Já fui desviado inúmeras vezes. Aos poucos eu posso voltar a lutar por aquilo que eu acho certo. Não quero ter sempre a razão, mas eu continuarei a lutar por aquilo que eu creio que seja certo, até que alguém me prove não fortemente, mas verdadeiramente que aquilo que eu creio é errado.
            Também lutamos por quem amamos. Nossa família, nossos amigos, nossos amores. Tentamos proteger com unhas e garras aquilo que é precioso para nós. Mas a maior tolice é proteger alguém que você ama quando essa pessoa menospreza sua proteção. Você se sente inútil. E quando você percebe isso, já está tarde de mais, a pessoa consumiu toda sua proteção, a proteção que você deu para a pessoa mais preciosa. Mas no fim, você descobre realmente quem é essa pessoa, a pessoa pelo qual vale a pena lutar. Fiquei sentado na grama, sobre a sombra de uma árvore naquela praça, eu nunca fiquei lá. Nunca... Me lembro claramente de quando eu tinha cinco anos... As árvores eram bem podadas, as flores e plantas bem cuidadas, o dois lagos cheios e soltando enormes colunas de água por um chafariz. Crianças brincando, namorados se beijando e até mesmo noivos tirando foto nessa praça. Havia também um belo teatro, o Teatro Castro Mendes, onde passava belas peças de teatro. Foi aqui que eu assisti o clássico Navio Negreiro, me lembro como se fosse ontem...
            Mas o tempo passa... Nove anos se passaram desde que essas memórias aconteceram. Longos nove anos. As árvores cresceram para todas as direções, plantas mal cuidadas, um lago completamente vazio e outro que tinha uma água cristalina, agora está com uma água em tonalidade verde. Colunas de chafariz? Apenas vagas memórias disso. Crianças brincando, namorados se beijando e noivos aproveitando suas novas vidas, passam longe. Ás vezes você vê uma ou duas crianças e um casal de namorados passeando, mas não como aquela frequência. Noivos? De vez em nunca. O belo teatro? Parece que está em eterna reforma. É incrível perceber como as coisas mudaram... Tudo estava perfeito. Não sei por que isso aconteceu... Tudo bem, há um buraco meio grande naquele canto, resultado da primeira luta entre Katsuragi e Denise, mas já faz mais ou menos uma semana, o governo poderia ter observado isso e feito alguma coisa. Parece que foi tudo esquecido, como eu disse antes, vagas memórias que se perdem com o tempo... Talvez daqui há nove anos, eu nem me lembre mais, e se me lembrar, lembrarei muito vagamente, então provavelmente há mais nove anos, as poucas memórias que eu tenho desse lugar se apagarão e se tornarão nada.

4 comentários:

  1. Profundo seu livro... Adorei! Quando ele lançar nas lojas vou correndo comprar!

    Sobre suas fics, vi que já está com a data marcada para os próximos episódios... Mal posso esperar para ler...!!! Curti muito a Fic Blizzard e Blizzard2 e tô morrendo de curiosidade para saber qual é o Interludio de Kyou!

    AMEI!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. @Yami Valeu pelo comment... E você não perde por esperar!

    ResponderExcluir
  3. Você tem uma saga inteira pronta em sua mente, e eu mal tenho um livro >,< (me sinto um pouco humilhada). Mas bem, você escreve muito bem ^^, a história parece ser bem legal e profunda, assim que lançado (pois tenho certeza que será!) serei uma das primeiras pessoas a comprar, boa sorte
    Beijinhos

    ResponderExcluir