Páginas

sábado, 16 de julho de 2011

Blizzard 4 Years Later - Capítulo 17


 Blizzard 4 Years Later
17. Tudo se complicou, novamente

  - Eu quero vê-lo... Eu quero vê-lo imediatamente. EU TENHO QUE VÊ-LO!
  Tenho que admitir que eu me assustei, nunca vi tamanha raiva que Anelisse estava sentido, as veias de seu pescoço estavam saltadas, seus dentes cerrados e seu belo rosto branco estava ficando cada vez, mais e mais vermelho.
  - VAGABUNDO MISERÁVEL! – gritou Anelisse enquanto batia em si própria – ELE JUROU QUE NUNCA IRIA AMAR OUTRA PESSOA! FILHO DA P... – nesse instante e segurei a Anelisse.
  - CALE A BOCA! CALE A BOCA! SERÁ QUE VOCÊ NÃO CONSEGUE SE CONTROLAR! EU NÃO DISSE QUE TINHA CERTEZA SE ESSA MALDITA FILA TINHA ANDADO, EU DISSE QUE EU RECEIO QUE ISSO TINHA ACONTECIDO... CONTROLE-SE MULHER! ONDE ESTÁ AGORA AQUELA GAROTA DE QUATRO ANOS ATRÁS QUE ME TIROU DA ESCURIDÃO? SERÁ QUE EU TENHO QUE MERGULHAR NAS PROFUNDEZAS PARA TE RESGATAR DESSA VEZ? ABRE O OLHO ANELISSE!
  Anelisse estava pasma... Ninguém nunca me viu falar assim com qualquer pessoa e eu acho que a Anelisse não merecia isso... Quero dizer, eu não acho, tenho certeza.
  - Me desculpe... – eu disse me recompondo.
  - Não foi nada... Por incrível que pareça, você não é a primeira pessoa que fala isso para mim... – disse Anelisse cabisbaixa – Todos já perderam a paciência comigo... Estou um trapo mesmo...
  - Não diga isso... – eu falei – Eu vou retornar para o Japão amanhã á noite, você quer vir comigo?
  - Mais do que qualquer coisa...

  Enquanto Anelisse arrumava as suas malas e abandonava seu curso de gastronomia em nome do amor, ela me contou o que havia acontecido com ela depois que ela retornou para os Estados Unidos.
  Anelisse estava muito abalada pelo fato de ter que deixar Shima, talvez para sempre... Ela sabia que conversas na internet não iriam fazê-la parar os sentimentos que ela sentia por ele.
  Mas, um fato que ela não sabe, é que Shima ficou realmente famoso no Japão. Ele formou uma banda chamada Hapiness Doesn’t Live, e pelo o nome, pode-se julgar e com razão que todas as músicas da banda eram super depressivas... Ele havia gravado seu CD de estreia ano passado, Leave us alone. Onde, em uma conversa por telefone, ele havia dedicado quase 90% á Anelisse... Eu não mencionei esse fato para ela para que não ficasse mais histérica do que já estava... Mas, quando Anelisse estava falando que simplesmente ele sumiu das redes sociais, então a comunicação com ele estava bem difícil... Outro fato que ela não sabe é que ele adotou um pseudônimo, ele se chamava Len agora.
  Anelisse disse também que estava adorando o curso de gastronomia em Harvard, era o sonho dela, e ela disse que o intercâmbio que ela fez ajudou muito a preparar inúmeros pratos, tanto que eu deixei a janta por conta dela, e tenho que admitir que ela sabe preparar uma barca de sushi com perfeição.
 
  Era bem umas três da madrugada quando nosso avião decolou, Anelisse estava literalmente histérica, ela conseguia ficar sentada, ainda bem que era um jato particular, pois se fosse em um avião qualquer, os aeromoços já teriam perdido a paciência com ela...

  Em questão de tempo, desembarcamos no aeroporto de Tóquio. E justamente aqui, tudo viria á tona... Do jeito menos inesperado.

Um comentário:

  1. oiee
    olha eu nao conheço nenhum canal desculpa
    eu somente procuro normal e so
    e realmente a musica fikou show
    bjus.

    ResponderExcluir