Páginas

sábado, 30 de julho de 2011

O Diário de Um Estudante de Alimentos - Capítulo 2

O Diário de um Estudante de Alimentos

2 – Acordando para a Realidade

25/7
            Hoje fizemos um passeio para visitar a empresa Ultrapan, que fabrica os Sucos Tampico e o Energético HP Energético do Harry Potter? Eu quero!!! por exemplo.
            Lá aprendi uma série de coisas, foi bem legal ver a linha de produção e tal... Por exemplo, eles falaram uma coisa sobre nanotecnologia: Quando você toma um energético, geralmente a energia dura 1 hora, mas se você encapsular as moléculas que dão energia com microcápsulas, o efeito da energia dura 5 horas. Também é possível fazer isso com Omega 3 e acredite, não fica com gosto de peixe... Essa parte do Omega 3 quem me falou foi a Magda, uma aluna da sala...

26/7
            Hoje foi o meu aniversário... Depois eu comento sobre isso... Enfim, hoje tivemos aula de Frutas e Hortaliças, com o professor Leo. Eu não me lembro de muitas coisas que ele falou, por que ele falou muito! XD
            Fiz algumas amizades com o pessoal do 2º termo que eu não conhecia, a Alessandra e a Natália, super gente fina!
            Depois da aula fomos jogar Ping-Pong, e eu descobri que sou um desastre total... Mas é assim mesmo no começo ToT

27/7
            Hoje tivemos aula de Comunicação Oral e Escrita, em outras palavras Português. Isso mesmo, mas é um português básico, para redações e relatórios com a professora Cássia, super gente fina! Ela nos fez apresentar para a sala... Foi legal quando ela chamou a Kibe... Falou assim: Então Dona Ágata, você tem cara de quem conversa muito... PONTO! Rsrsrsrs
            Ela entregou as apostilas e deu umas dicas sobre escrita, muito valiosas! E eu fiquei sabendo o nome de algumas pessoas da sala, inclusive que temos um Chileno na sala, isso mesmo, o Matias veio do Chile! Mas antes que a Kibe – e o resto das meninas da sala – atacassem ele, o cara já é comprometido, e a namorada dele está na sala! É isso mesmo! O nome dela é Libéria, ou Nibéria ou Ibéria... Não sei, não dá para entender, também não consegui ler o crachá dela... Ah!
Manual de Sobrevivência do Curso de Alimentos
#2 – Sem crachá... FORA!
Quando eu falei semana passada que eles eram bem rígidos, são mesmo... Se você não tiver crachá, você não passa da portaria :/

28/7
            Mais aulas de Frutas e Hortaliças com o Léo, ele é legal a aula dele é legal, mas ele fala muito :D Ele também entregou a apostila... ela tem bem umas 200 páginas o_O
Ah e se alguém ainda tiver dúvida sobre o que um técnico de alimentos faz:

            A área de Ciência e Tecnologia de Alimentos é de natureza tipicamente multidisciplinar, envolvendo um número elevado de profissionais, tanto de nível superior como de nível técnico, que trabalham desde a produção agrícola até a venda de alimentos industrializados.
            A Tecnologia de Alimentos (denominação originada do inglês, “Food Technology”) é a parte da Tecnologia destinada ao estudo, melhoramento, defesa, aproveitamento e aplicação da matéria-prima para transformá-la, através de processos básicos, em produtos alimentícios.
            Para a “Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos – SBCTA”, é “a aplicação de métodos e da técnica, para o preparo, armazenamento, processamento, controle, embalagem, distribuição e utilização dos alimentos”.
            Com a utilização da tecnologia de alimentos consegue-se um fornecimento mais uniforme de alimentos durante todo o ano e com a concentração da população nas cidades, torna-se necessário colocar à sua disposição produtos alimentícios elaborados.
            O vasto e complexo campo da ciência e tecnologia de alimentos fundamenta-se em quatro áreas: Nutrologia, Ciências Físicas e Químicas, Ciências Biológicas e Engenharia de Alimentos.

            Tirei esse texto da apostila de Frutas e Hortaliças... E lá vai mais um capítulo do manual que eu aprendi nesse dia:
Manual de Sobrevivência do Curso de Alimentos
#3 – Por que Angelucci?
Na verdade Angelucci é o sobrenome do coordenador... Seu nome verdadeiro é Eidiomar... Sem menosprezar o nome do cara, mas com um nome desses, eu optaria por ser chamado pelo sobrenome mesmo...

29/7
            Hoje tivemos aula de Panificação com a Élida. Ela é bem legal, ela pediu para que fizéssemos um trabalho em trios sobre a importância do grupo. Eu a Kibe nos juntamos com a Ladiane (acho que é assim que se escreve), a garota é bem legal, apesar de ter alguns problemas para se socializar com outros, ela é bem legal e divertida n_n
            O pior foi quando eu fui chamar a professora para tirar uma dúvida... Ô Elídia!
WHAT? Elídia = Élida? #not
            Manual de Sobrevivência do Curso de Alimentos
#4 – É difícil, mas é o nome
Nunca confunda o nome da professora de Panificação, essa regra se aplica especialmente a mim, ela não ficou brava... Mas nem passei perto do nome dela... Se eu tivesse chamado ela de Érica ou algo parecido, ainda passava... :/

Nenhum comentário:

Postar um comentário