Páginas

sábado, 13 de agosto de 2011

Blizzard 4 Years Later - Útlimo Capítulo


Blizzard 4 Years Later
20. Quando me dei conta, já era tarde de mais

  Fomos para um hotel em Tóquio. Ele tinha a vista para o mar. Todos estávamos lá, inclusive o Shima, mas assim que chegamos, Anelisse inventou uma desculpa de querer ir tomar um ar e saiu do quarto.
  - Shima! – gritei – Como você pôde? Quebrou a nossa promessa!
  - Eu não quebrei promessa nenhuma! – respondeu Shima no mesmo tom.
  - Claro que quebrou! Esqueceu que você falou que nunca deixaria de amar Anelisse há quatro anos? – falou Yura.
  - Vocês não notaram em nenhum erro nessa sua fala? – perguntou Shima.
  - Claro que não há nenhum erro! Eu falei perfeitamente cada palavra!
  - Você não percebe não é? – falou Shima – Sua memória e sua interpretação estão com problemas...
  - Não falei nada de errado! – gritou Yura.
  - OK... Kyou, pode me emprestar seu notebook? – perguntou Shima.
  - Claro... – falei tirando ele da minha bolsa.
  Shima acessou a internet e digitou o site Google, depois ele procurou as seguintes palavras: Len e Kiriko HDL
  - O que você quer com isso? – perguntou Yura – Você quer mostrar suas fotos com aquela tal de Kiriko? Para qual razão?
  - Prestem bem atenção nas fotos – ele falou.
  Reparei bem nas fotos. Shima e a Kiriko se abraçando, se beijando, de mãos dadas... Reparei nas roupas, nos cabelos, nas expressões de face... Nas expressões de face! Essa é a chave! Em todas as fotos, a Kiriko está se derretendo para cima de Shima, mas Shima não presta atenção nela, não está sorrindo, não está feliz...
  - Eu já entendi... – falei – Na sua promessa você falou que nunca deixaria de amar a Anelisse... E você nunca deixou de amá-la... Você nunca amou Kiriko.
  - Kiriko é um jogo de marketing... – falou Shima – Ela me ama mesmo, mas eu não a amo.
  - Olha, eu fico feliz de você saber que você manteve sua promessa... – falou Yura – Mas não acha que é meio falta de consideração com a Kiriko?
  - Pessoalmente eu... – disse Shima, mas foi brutalmente interrompido por mim.
  - Eu não quero estragar esse momento, mas consegue ver a Anelisse observando o pôr do Sol naquela sentada sobre aquela cerca?
  - Sim... E? – falou Shima.
  - Você sabe que naquela altura que ela está, cair no mar é quase um suicídio, mesmo que ela saiba nadar, não é?
  - Sim. É uma altura e tanto... Mas por que você está me falando isso...
  - Então... Essa pessoa aqui... – eu disse apontando o dedo na janela – Dando passadas longas e indo com pressa em direção à Anelisse, com essas roupas, seria quem?
  - Ah! – disse Shima e rapidamente desceu ás escadas do hotel.
  - Por que essa pressa repentina? – perguntou Yura – O que essa tal pessoa tem haver com tudo...
  - Para mim essa pessoa parece a Kiriko – falei.
  - É... – disse ela concordando comigo – A julgar pelo cabelo e roupas, parece mesmo a Kiriko. Mas espere – disse Yura prestando mais atenção – O que aquele objeto brilhante que ela carrega na mão direita?
  - Objeto? – observei mais cuidadosa – Não acredito... Kiriko vai matar a Anelisse!
  Não pensamos duas vezes antes de prosseguir. Corremos feito duas malucas pelo hotel, o pior que para mim, a cada passo que dávamos era mais um passo à morte de Anelisse, tínhamos que ser ágeis. Descemos pelas escadas, por que esperar por um elevador em uma situação dessas era praticamente pedir para que Anelisse morresse.
  Quando chegamos no saguão do hotel, pela porta observamos Shima chegar bem perto de Kiriko e a derrubou. Nesse instante, Anelisse observou com uma cara estranha a cena e saiu de cima da cerca, aproveitamos para entrar em cena também.
  - O que você quer com isso Shima? – perguntou Anelisse – Me constranger mais ainda? Pra que se jogar no chão com essa coisa aí?
  - Você não entende... – disse Shima tentando se explicar, nesse instante nós nos aproximamos.
  - Você roubou meu namorado... – disse Kiriko apontando sua faca em direção á Anelisse – Você roubou meu querido namorado.
  - Shima nunca foi seu namorado! – gritei, ela se virou para mim, com uma cara de psicopata – Shima nunca te amou e nem nunca te amará – essas últimas palavras saíram da minha boca como se tivesse 10 quilos em cada letra.
  - Maldita... Veio roubar o Len de mim também, sua vadia?
  - Não... – tentei me explicar também, mas ela se virou para Shima.
  - Querido... Diga que é mentira o que ela falou... – aos poucos Yura estava se aproximando mais e mais de Shima, que respondeu à fala de Kiriko com uma negação – Pois bem... Se eu não posso ter meu querido Len... NINGUÉM O TERÁ!
  Kiriko levantou sua faca em estilo psicose para cima de Shima, e quando sua mão, com todo o peso do mundo voltaria para atingir seu amado, uma estaca de madeira acertou seu pescoço, fazendo-a desmaiar no chão. Todos olhamos na direção de onde a estaca havia vindo.
  Quem a atirou foi a Yura.
  - Como você fez isso? – perguntei – Você pode ser presa por homicídio!
  - Durante o meu curso de Biologia, aprendi alguns pontos vitais do corpo humano, não serei presa por que a estaca não foi enfiada no pescoço da garota e ela está somente inconsciente.
  Todos nos reunimos e demos um enorme abraço em grupo. Realmente, as promessas haviam se cumprido... 4 anos depois. Eu nunca mais havia me aprofundado nas minhas trevas, eu era uma pessoa feliz... Anelisse retornou durante seu curso na faculdade, Shima provou que mesmo com outra garota, seu coração e seu amor pertenciam inteiramente à Anelisse. E Yura, provou com sua promessa, que seria a pessoa que nos reuniria novamente, a comprovação dessa promessa foi o abraço em grupo por sua razão, se não fosse por Yura, todos talvez estivessem mortos...

  - Pronto, finalmente terminei de escrever este livro – eu disse após de ter salvado o arquivo no computador e mandado para a gráfica. Estava orgulhosa de mim mesma. A saga tinha chegado ao fim...
  Dois dias depois, recebi do correio um embrulho. Ansiosamente, abri o pacote.
  - Maravilha! – gritei.
  - Por que essa gritaria, querida? – perguntou Kaze. Caso não saibam, estou namorando, hehe...
  - Meu último livro chegou da gráfica!
  - Sério? – disse ele vindo para a sala de estar, me abraçou por trás e deu um beijo na minha bochecha.
  Ficamos lá, ao calor da lareira acesa, observando a capa do livro...

4 Anos Depois

Kyou Oharaso

Autora dos Best-Sellers Passado, Depressão e Luz.


Finalmente chegamos ao fim de Blizzard. Foram 4 temporadas cheias de romance, comédia e drama, e um hiato de quase um ano entre a 2ª e a 3ª temporada. Tenho que admitir que me surpreendi muito com Kyou. Caso vocês não saibam, Oharaso significa Superação em português – pelo menos de acordo do tradutor Tradukka ;P
Enfim, se eu estiver errado ou certo, o intuito de chamar a Kyou assim, foi por sua trágica história de infância e sua história durante a adolescência. Apesar de que a fic faz um rodízio entre narradores, percebemos que por trás do que Anelisse e Yura pensavam, havia um foco em Kyou. Anelisse escreveu uma canção sobre Kyou e Yura atuou como uma enfermeira durante o período de coma. Também pudemos perceber que durante o Interlúdio e o Epílogo de Kyou – presentes nos especiais da 2ª e da 3ª temporada – Kyou encontra o que tanto desejava. Sua felicidade. E olha para ela hoje... Para vocês terem noção, as últimas linhas da fic se passam 1 ano depois do reencontro dos jovens. Vou dar mais detalhes sobre Blizzard, mas não esperem uma 5ª temporada, Blizzard se encerra por aqui.

Kyou conheceu Kaze durante um sarau em café de poesias em Tóquio. Ela ficou fascinada pela poesia dele durante sua apresentação. Desde esse dia, estão juntos. Também foi mencionado no começo da 4ª temporada que ela publicou 3 livros. Que são Passado, Depressão e Luz. Passado fala sobre sua conturbada infância e o início da adolescência, Depressão conta como foi o seus últimos momentos antes de entrar em coma - que até hoje não foi diagnosticado – o livro foi co-escrito com Anelisse e Yura. Luz fala sobre o momento que ela acordou e sobre alguns momentos do seu “retorno à vida”. Primeiramente, Kyou pensou que Luz seria o último livro que ela escreveria sobre sua vida, mas depois desses acontecimentos, ela acho melhor escrever um 4º livro, 4 Anos Depois, que assim como Depressão, foi co-escrito com Anelisse, Yura e dessa vez Shima.

Anelisse retornou para os Estados Unidos, dessa vez acompanhada por Shima, os dois já estão noivos e planejam casar logo, logo. Anelisse abriu um restaurante de comida japonesa no Central Park, é o maior sucesso! Agora sobre a banda de Shima, Hapiness Doesn’t Live, foi desmanchada. Shima está agora em carreira solo, terminando de compor suas músicas. O álbum dele se chama 6 Years e contem músicas que falam sobre as amizades com Kyou e Yura, seu romance com Anelisse, sua tristeza ao vê-la partir, e seu reencontro. Aliás, o CD será a trilha sonora oficial da adaptação dos livros de Kyou para o cinema.

Yura terminou seus 3 cursos e já está começando a cursar mais 3 cursos novamente. Dessa vez são: Música, Propaganda e Marketing e Ciências da Computação. Podemos admitir que para essa garota arranjar um emprego, não será muito difícil, já que ela consegue atuar em várias áreas no mercado de trabalho. Durante a formatura do seus 3 cursos, recebeu um presente e um diploma de ouro por seu desempenho nas aulas. Além disso Yura, aprendeu seis idiomas diferentes além do japonês e do inglês, ela aprendeu português, francês, italiano, coreano, espanhol e grego. Essa garota vai longe!

Um bom escritor não pode esquecer de seus antagonistas, e por isso dedico esse espaço a malévola ex líder de torcida, Tomoyo. Após sentir a humilhação de ter servido café para quem ela humilhou, Tomoyo ficou determinada do dia para a noite. Trabalhou por 14 horas diárias, 7 dias por semana, 4 semanas por mês... Conseguiu pagar as dívidas que sua família devia para a dona do café. Mas seu gênio forte não a impediu de se ferrar durante a vida. Tomoyo está sendo processada por uns pares de clientes do café por várias coisas, desacato contra autoridade, calúnia e difamação, homofobia... Então, mesmo estando na classe média, Tomoyo provavelmente perderá seus previlégios e irá para detrás das grades.

Kiriko foi presa por tentativa de homicídio contra Anelisse. Enlouqueceu na prisão e começou a consumir todo tipo de drogas. Rumores dizem que depois que ela cumprir sua pena, irá direto para o manicômio devido a sua insanidade. Parece que Kiriko é mais uma prova de que amor platônico existe e que ele enlouquece as pessoas.

E este é definitivamente o fim de Blizzard, a minha primeira fic desse blog.

=)

Nenhum comentário:

Postar um comentário