Páginas

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Hora do Horror 2011

Olá pessoal!
Finalmente achei um tempo para atualizar este blog, não fiquem bravos comigo!
Eu sei que ainda falta a postagem dos autores e dois capítulos da fic, mas com o tempo tudo se acerta, não é?

Enfim, como já devem ter percebido esse ano está sendo o ano das primeiras vezes, e por quê isso? Por que é nesse ano que eu estou fazendo um monte de coisas novas...
E lá vai mais uma delas:


Quem mora no Estado de São Paulo, com certeza já deve ter ouvido falar de um parque de diversões chamado Hopi Hari.
O lugar é tão grande que eles se chamam de País da diversão e tem até seu próprio idioma!!!
Enfim, acreditem ou não, nesses 16 anos que estou neste mundo eu nunca fui nesse parque.
Todas as oportunidades que eu tive, nunca deram certo, até hoje.
Pois bem, surgiu essa oportunidade.
Durante o mês de Setembro o parque faz uma atração chamada Hora do Horror e em 2011 está completando 10 anos, todo ano é um tema diferente e esse ano o tema foi: Epidemia, baseado no filme, Eu sou a Lenda.
Pois é e dessa vez eu fui.
Tive que sacrificar uma parte do meu dinheiro que eu estava poupando para comprar o CD da Ladyhawke [importado e edição especial!]
R$60,00 foi o preço total...
E agora vamos ver como foi essa aventura...

Parte #1 - Barrado no ônibus
  Nem fui no SENAI, pois o ônibus saia da escola 9:30 da manhã, acordei, arrumei minha mochila que continha:
  • 1 pacote de Ruffles Honeymoonstard (é estranho mas é gostoso)
  • 1 pacote de Ruffles Salsa & Cebola (caso a de honeymoonstard fosse horrível)
  • 1 pacote de doces de goiaba
  • 2 pactoes de bolacha Bono de doce de leite
  • 1 pacote de bolacha Galak
  • 2 sucos da Tampico (uva e laranja)
  • 1 garrafinha de água
  Até me vesti com as melhores roupas e fui para a escola, ao chegar lá, me encontrei com o pessoal e a coordenadora foi chamando as pessoas para entrar no ônibus, um por um foi entrando, de repente, fica eu a Mayara e Nathália esperando... Ela não estava com a nossa autorização, porém nosso nome estava na lista de presença e fomos até lá... Primeiro obstáculo completo.
  Durante o caminho a Kibe começou a comentar sobre ver alguns brotos - essa menina tem só 17 anos, mas usa gírias de quem tem 47... - aí chegando no parque, vendo o matagal do outro lado eu falei:
  - Kibe! Olha alí os brotos!
  Só faltava a menina derrubar o ônibus para ver... mudas de plantas! #euri

Parte #2 - Montanha Russa? Só se for INVERSA!
  Ao chegar no parque passamos por uma revista rigorosa - onde a maconha e bebida alcólica consegue passar suave... - e corri com o pessoal para a montanha russa inversa, estava muito Sol! Mas mesmo assim fiquei na fila... e esperei uns 30 minutos. Quando chegou a nossa vez, a Kibe, a Thaís e Fran foram e eu e o Oswaldo ficamos barrados, mesmo assim dava para ouvir os siricuticos da Kibe na montanha russa e lá foram elas de costas!
  Logo chegou a minha vez, fui no banco do fundão, ou seja, dava para ver os trilhos do brinquedo perfeitamente. Efiei minha mochila no carrinho e puxei a trava de segurança, quando o negócio começou a subir fiquei emprensado na trava, eu poderia cair! OMG! E para piorar no meio da subida o carro para e eu fico lá emprensado... Depois quando ele continuou... Perdi a noção do que era chão e do que era céu... Minha cabeça tremia muito! O Oswaldo começou a gritar e no meio do caminho sua voz foi afinando cada vez mais até que não tinha mais voz!
  Voltei com o cabelo mais maravilhoso do mundo! Parecia que eu tinha ido no cabeleleiro da Bellatrix Lestrange...

Só um pedacinho dessa coisa monstruosa!


Parte #3 - Gira, gira, gira, gira!
  Próximo brinquedo, Jambalia, duas fileiras de cadeiras que ficam girando, uma em sentido horário e outra em anti-horário. A fila até que andou rápido, porém dessa vez, quem ficou barrado de novo foi o Oswaldo - #quedó - e me dirigi para a fileira anti-horária, na pressa, tropecei na mochila de uma menina e quase levei ela junto comigo #lol enfim... O brinquedo começou á girar e a girar... Dava um santo frio na barriga, eu não sabia se gritava ou se ria por causa da Kibe... Teve uma hora que o banco parou lá em cima, só deu para ouvir a Kibe:
 - Não desce tio, não desce tio, não desce tio, não deeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeesceeeeeeeeeeeeeeeeee...
 Ri muito com isso!

Balança caixão... Balança você...
 Parte #4 - Rio Bravo #fail e a pior fila de todas
  A Fran e a Thaís resolveram ir para a fila do famoso Elevador, enquanto eu a Kibe e o Oswaldo resolvemos ir ao Rio Bravo, ao chegar lá, Surprise! Uma fila muito grande! Então voltamos... 

De bravo só o nome mesmo...

  Decidi ir com as meninas no elevador, a fila tava grande, mas o brinquedo subia e descia em menos de 2 minutos, já trocava de pessoas, então seria coisa rápida... #not! Muuuuuuuuuuuita gente furou a fila e no meio do caminho eu, a Thaís e a Fran começamos a sentir o peso da falta de água - tínhamos bebido á agua, mas ela evaporava muito rápido! Tentamos chamar a Kibe e o Oswaldo mas os dois estavam lá, morgando no banco e nem vendo a gente, tentamos ligar umas 15.000 no celular dos dois, mas outra pessoa completamente diferente resolveu atender o dito cujo do celular!
  Depois de 3 horas, morrendo de desidratação na fila, eles resolvem ligar. MANDAMOS eles comprarem alguma coisa para beber e trouxeram o meu suco e duas garrafas de guaraná de 600ml, bebemos tudo, mais uma enternidade na fila - 4 horas no total -  e finalmente chegou a nossa vez...
  Corremos para garantir um lugar todos juntos e pronto... O negócio começou a subir e subia, subia e subia... Parou lá no alto, a Thaís gritando e de repente ela falou:
  - Ué? E a foto?
  Nervosíssimo respondi:
  - F#DA-SE A FOTO! A GENTE PODE CAIR A QUALQUER MINUTO!
  E a Thaís:
  - AAAAAAH! VAI CAIR! VAI CAIR! VAI CAIR!
  O pior foi o cara que tava do lado dela e disse alisando o braço da menina:
  - Calma coração, calma coração...
  O elevador oscilou um pouco e depois caiu com tudo!
  Perdi a noção novamente de onde era céu e terra, não conseguia respirar, nem emitir um som pela boca e para piorar minhas pernas levantaram com tudo, achei que ía cair! 

Eu quase morri!

  Quando cheguei em terra firme, falaram que meus olhos arregalaram ao máximo e que meu lábio esbranqueceu ao máximo!
  Estava tremendo pra valer! Não conseguia nem tirar o colete do brinquedo, minha mão tremia muito! A Fran que teve que tirar para mim...

Amanhã eu posto o resto, a melhor ou pior parte do dia...
 

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Livros - Sussurro


Ficha Técninca
Título: Sussurro
Título Original: Hush Hush
Autor: Becca Fitzpatrick
Tradução: Livia de Almeida
Editora: Intrínseca
Edição: 1ª Edição
Capítulos: 30
Páginas: 259
 
  Está cansado de romancezinho água com acçúcar sobre vampiros? Então está na hora de inovar, e foi exatamente isso que Becca Fitzpatrick resolveu fazer!
  Sussurro conta a história de Nora Grey e sua vida normal... Como toda garota, ela tem sua melhor amiga, Vee Sky, que ela a chama de Gêmea ao Avesso, pois Nora é bem alta, de olhos cinza com um cabelão que resiste até as mais potentes chapinhas enquanto Vee tem olhos verdes, cabelo loiro e está um pouquinho acima do peso, mas o suficiente para fazer o gênero gostosa.
  No entanto, o professor de Biologia as separa e um novo aluno chamado Patch Cipriano, Nora não gosta muito dele desde a primeira vista, apesar que ela se sente atraída físicamente pelo garoto. 
  Porém após conhecer Patch, coisas estranhas estão acontecendo na vida de Nora, pensamentos repentinos estão aparecendo em sua mente e uma pessoa estranha está a seguindo pelos lugares, Nora desconfia de Patch pois ele está sempre no mesmo local que ela.
  Apesar dessa atração que sente por Patch, Nora segura até o máximo o que sente pelo cara, até que aparecem dois garotos: Elliot Saunders e Jules. Elliot já se interessou por Nora, enquanto Vee é quem se interessou por Jules, apesar disso, Jules é muito fechado e sempre dá um jeito de sumir. Também entra uma nova psicóloga na escola Srta. Greene, que realmente assustou Nora ao dizer: Fique longe de Patch.
  Com medo do que Patch poderia fazer a ela, Nora tenta investigar o que anda acontecendo e acaba descobrindo algo muito mais assustador: Elliot foi acusado de assassinato. Para piorar a situação, Elliot parece que está doente ou maníaco, pois entrou no quarto de Nora e a ameaçou.
  Nas investigações por Patch, Nora acaba pegando carona com ele, mas o jipe do cara para de funcionar e eles são obrigados a se abrigar em um motel devido à chuva. Lá ela descobre que Patch tem cicatrizes em formato de V ao contrário em suas costas e ao tocá-las, Nora é levada ao passado. Ela descobre que Patch é um anjo caído e que a Srta. Greene na verdade é um anjo da morte e seu nome é Dabria, ela tenta matar Nora, pois pensa que a garota quer arruínar os planos dele de voltar a ser um anjo.
   Nesse vuco-vuco todo ela recebe uma ligação de Vee, assustada, dizendo que está na escola com Jules e Elliot. Ao chegar na escola, encontra Jules morto e Elliot quase morrendo, decidiu procurar por Vee, mas acabou trupicando com ninguém mais, ninguém emnos que Jules, foi ele quem armou tudo, ele quem seguia Nora, que armou para cima de Elliot, que os trouxe para a escola... No meio dessa briga, Nora descobre que assim como Jules é uma Nelfim - filho de anjo com humano, por isso ela é tão alta - e que o verdadeiro nome de Jules é Chauncey e para proteger Nora, Patch luta com ele atráves do corpo de Nora onde ele vence e se torna o Anjo da Guarda de Nora...

sábado, 17 de setembro de 2011

O Diário de Um Estudante de Alimentos - Extras #1


 Hoje não tem capítulo da Fic.
Para preencher esse vazio vou fazer uma sessão de Extras

Extras #1
Aula Prática sobre a Rede do Glúten

Meu grupo (da esqueda para a direita) A Kibe, Camilinha e Domênica

Camila pesando a farinha

Camilinha misturando água com a farinha

Eu lavando a rede de glúten


Touquinha charmosa!!!

Glúten depois de lavado

Hora de lavar a louça X]

Kibe fingindo que tá fazendo alguma coisa husuaaushsuhasu


Mix

Eu a Kibe misturando a farinha com a água

+ FARINHA!!!

Que Meleca!!!

Isso na mão da Dô é amido gelatinizado


MONSTER!

Hi 5!

Isso é o glúten seco... É gosoto. JURO.
E agora um vídeo do processo de Falling Number... É muito doido + uma briga de mãos entre Camila e Domênica


Espero que tenham gostado!










sábado, 10 de setembro de 2011

O Diário de Um Estudante de Alimentos Capítulo 6, 7 e 8


6 – Primeira aula prática / Parte 1

22/8
            Hoje o dia deu para ser mais mastigado com Frutas e Hortaliças – duplo sentido :P – Eu ainda estou meio perdidão em relação a cadeias produtivas, mas acho que talvez eu ainda consiga entender algum dia... Eu espero.            Sabe o que eu mais estou temendo? É uma prova – ou avaliação Somativa – sobre o assunto, por que eu estou perdidaço nessa matéria... OMG.

23/8
            Um pouco mais sobre aquela super e complicada cadeia produtiva de Frutas e Hortaliças... Estou me esforçando para poder entender como é que funciona aquele negócio. Mas está ficando cada vez mais difícil :/
            Por outro lado, depois do intervalo tivemos aula de Panificação, mas quase não foi aula, a professora Élida estava organizando os grupos. Não sei se eu mencionei que eles dividem a sala em turma A e turma B, para que o esquema de aulas seja esse:

Turma
Quinta
Sexta
A
Frutas e Hortaliças
Panificação
B
Panificação
Frutas e Hortaliças

            Por que eles fazem isso, eu não sei, mas é melhor e mais fácil trabalhar com uma turma menor, o pior é que os professores tem que dar a mesma aula duas vezes, então deve ser um pouco cansativo.
            Enfim, vou tentar simplificar como vai ser o sistema da aula prática. A aula prática tem 4 atividades, sendo que são dois dias de aula prática, então dá para fazer uma atividade antes e uma depois do intervalo. Para que dois grupos não façam a mesma atividade, ela fez o seguinte: no meu caso eu sou o grupo 2, então na primeira metade da aula do dia 26 faríamos a atividade 2, depois a atividade 4 em seguida no dia 2 faríamos a atividade 1 e depois a atividade 3...

24/8
            Aula de COE.
            Eu prometi a mim mesmo que não seria um Epic Fail na única matéria que eu mais me sentia a vontade naquele curso. E estou tentando cada vez mais.
            Hoje estudamos um pouco mais sobre os gêneros textuais, no caso: Dissertativo, Narrativo e Descritivo.
            Para realizar as atividades a professora escolheu as duplas, eu acabei caindo com a Magna, ela é uma pessoa bem legal e bem criativa.
            Nossa primeira tarefa foi escrever um parágrafo descritivo sobre a foto de uma família. Quando levamos para a professora o texto havia se tornado um Epic Fail... Havia começado com uma narrativa e tinha muito mais que um parágrafo :/ Tivemos que refazer o texto, então ele ficou assim:

A foto em família
            A fotografia mostrava um sofá vermelho com três pessoas confortavelmente sentadas: à esquerda estava uma senhora de óculos, cabelos grisalhos e com um olhar abatido; ao lado um senhor com semblante alegre e roupas sociais; na ponta uma mulher com aparência calma e um lindo vestido vermelho.

            Havíamos percebido que tínhamos um plus em narrativa e um minus em descritiva. Na hora de dar a situação problema, ao invés de escolher a descritiva a anta aqui resolveu escolher a narrativa... Pelo menos deu certo:

Um trágico acidente
            Em um dia qualquer, nossa turma foi visitar uma indústria de embalagens. Durante a apresentação da produção de caixas, um de nossos colegas notou algo estranho em uma das máquinas. Chamamos o operário para ver o problema, ao colocar a mão para retirar a embalagem que havia enroscado, as correntes começaram a girar ferozmente, destroçando a mão do operário.

            Mwahahahahahhaha >:)

25/8
            Hoje a aula de Frutas e Hortaliças foi mais light. Finalmente fizemos algo a respeito da cadeia produtiva e minhas dúvidas foram todas tiradas. Vou mostrar para vocês um pouco do trabalho. Meu grupo escolheu fazer a cadeia produtiva da maçã.

Fluxograma
No caso a nossa maçã seguiu os seguintes itens da cadeia produtiva:

Insumos
            Para a realização da produção da maçã, precisaríamos de Ferramentas agrícolas, ou seja enxada, pás enfim tudo para o cultivo da fruta. Precisaríamos de defensivos agrícolas, ou seja – infelizmente – agrotóxicos, eu queria uma maçã orgânica, mas precisaria de um processo um pouco mais complicado, então o grupo resolveu deixar isso quieto. Depois precisaríamos de adubos, fertilizantes, substratos, mudas, sementes, irrigação – é Ó-B-V-I-O – e embalagens.

Produção
            No caso a nossa produção foi agrícola – ah vá, é mesmo? Pensei que a maçã vinha da vaca :/ - e era o cultivo de frutas cítricas e uma lavoura permanente, pois caso não saibam, a maçã dá na macieira – não, não, dá na bananeira :S – e é uma arvore que vai dar fruto por um bom tempo.

Indústria/Transformação
            A maçã passou por Packing Houses, nosso consumidor imaginário seria tanto do exterior como do Brasil mesmo, e a demanda era frutas in natura (frutas frescas), produção de sucos e polpas, bebidas prontas, néctar, refresco, refrigerantes e chás.

Comércio
            A maçã que seria exportada foi para Atacadistas e Cooperativas exportadoras, a que ficou mesmo no país iria para o Mercado Atacadista ou seja, passaria pela Ceasa e pela Ceagesp. A maçã que foi para o mercado varejista foi distribuída em sacolões, feiras livres, supermercados e cozinhas industriais.

26/8
            Chegou o dia!!! A aula prática foi hoje *-*
            E foi o dia em que eu estreei meu EPI (Equipamento de Proteção Individual), usei o jaleco, a maravilhosa toquinha de tia da cozinha e um belo sapato de segurança que aumenta o número do meu pé 10 vezes... Fico parecendo o Bozo, mas ainda assim é melhor que aquelas botas de açougueiro.
            Chegamos no laboratório e já nos organizamos. Nossa primeira atividade foi a Lavagem da Rede de Glúten com a farinha tipo A(naconda – é sério mesmo!!!)
            Preparamos uma solução salina e pesamos 50g da farinha Anaconda e misturamos tudo, ficou tipo uma massa, logo em seguida lavamos essa massa com a solução salina, ela ficou bem pequenininha, depois pesamos o glúten úmido e depois usamos um equipamento chamado Glutork que seca o glúten, parece uma sanduicheira ele faz um barulho muito estranho, parece que ele mata a gliadina e a glutenina #tenso...
            Depois do intervalo fizemos a atividade 4, que é o Falling Number. Pesamos 7 g de farinha duas vezes e colocamos em um tubo de ensaio junto com 25 ml de água destilada.  Colocamos em uma máquina que mistura a farinha com a água e em seguida colocamos em banho-maria ficou um treco meio papa... :/

7 – Primeira aula prática / Parte 2

29/8
            Apresentamos o nosso trabalho sobre a cadeia produtiva, mas a anta aqui esqueceu de trazer o fluxograma... E lá vai a anta copiar o fluxograma da Dani – que senta atrás de mim – ainda bem que deu tudo certo :P

30/8
            Hoje teve 100% aula de Frutas e Hortaliças :(
            Mas o assunto foi sobre Microbiologia, é até legal só que é MUITA COISA! Vocês não fazem noção, eu acho que me perdi :/ wahahahahah justo agora que eu tava entendendo a cadeia produtiva.

31/8
            Prova.
            Desta vez foi com a Libéria, e a prova era descritiva...
            Desculpem, mas o rascunho ficou com ela, se não eu teria postado o que fizemos... Me desculpem mesmo...
1/9
            Mais microbiologia, só que dessa vez o Léo apresentou uma atividade para fazermos relacionada com leis e tal, tipo (É SÓ UM EXEMPLO!): Se de 5 amostras de maçã, 3 conter estafilococos (bactéria), essa maçã não é própria para o consumo. Fizemos isso com alguns exemplos. Foi até legal e então continuei a entender, acho que eu só entendo as coisas quando eu faço na prática :D

2/9
            Continuação da aula prática.
            Fizemos a atividade 1 que é a mesma coisa que a atividade 2 só que com outro tipo de farinha.
            Já na atividade 3 fizemos a mesma coisa só que mecanicamente, com equipamentos de ponta e tudo mais...
            No fim lavamos a louça, literalmente...
            Ah, o pessoal do 4º termo estava fazendo projeto deles lá... E o deles era CERVEJA AMANTEGADA! Que raiva! Quando eu estiver no 4º termo vou fazer feijõezinhos de todos os sabores! òuó

8 – E o diagnóstico é...

5/9
            + Microbiologia....
            Me perdi de novo D: WAAAAAAHAHAHAHAH
            Que saco!!!
            E para piorar ele marcou uma prova com todo o conteúdo do semestre até agora... Só se passou o mês, mas ele já deu uma porrada de coisas para a gente...  Será uma avaliação diagnóstica :P
            #TENSO!

6/9
            A Élida fez algumas reclamações sobre a turma B... Não me senti fodão só por que estava na turma A, mas é meio ruim... Também fiquei sabendo que a sala em geral tinha 5 reclamações :/
            Depois ela fez uma dinâmica com balas *yum* e pediu para escrevermos duas dinâmicas.
            Ehehehehehe :D
            Depois tínhamos que resumir a matéria em uma música...
            Abre a porta glutenina! Eu não abro não! Você vem da rede de glúten então saia fora com essa gliadina elástica do meu colchão
HAUSUHAUSHAUSHAUSHUASH

7/9
            FERIADO! \o/

8/9
             Alguém se lembra do que eu falei no título??? Pois é... Hoje foi o dia do “diagnóstico”
            Só para deixar claro, eu fiz uma pesquisa enorme, imprimi um monte de folhas, tanto que a minha tinta preta acabou :/
            Hora da prova... Não havia questões muito difíceis, mas quando eu olhei acima na folha... Estava escrito Avaliação Somativa. SOMATIVA? Mas perae... Não era Diagnóstica, que não valia nota nem nada? Pois bem, Somativa vale nota.... T^T
            Fiz a prova bem tranquilo e acabei no horário do intervalo... Infelizmente já fiquei sabendo de cara que errei 3 questões... :/ PUTA FALTA DE SACANGEM!!! Mais uma prova #EpicFail Waaaaaahahahahaha

9/9
            Hoje foi quase um #EpicFail na minha vida no SENAI....
            Pelo menos a prova foi marcada para terça e quinta.
            Hoje a Professora Élida, nos separou em grupos para discutir sobre pragas que acabam deteriorando a qualidade da farinha de trigo... Vai por mim, é cada verdade cabulosa que chega a dar medo :/
           

domingo, 4 de setembro de 2011

+ Um desafio! :3

Olá pessoal!
Fui desafiado pela Flávia do Blog Tudo que Penso

#Regras
1. Colocar o selo
2. Negritar as verdades sobre você
3. Passar para 3 blogs

#1 - Selo

#2 - Verdades

Adora café
• Adora suco 
• Odiea Jiló
 Odeia emprestar fone de ouvido
• Gosta do seu signo
Se importa até com as mínimas coisas
Ama alguém da sua escola
• Gosta de ter tanto amigos quanto amigas
 Adora pintar unha
 Tem piercing
 Tem tatuagem
 Já tentou se cortar
• Já pensou em se cortar
Já se cortou (Foi acidentalmente... PEGANDO UM MANGÁ DA PRATELEIRA O_O)
 Risca o pulso
• Escreve o nome de quem ama no caderno
 Não presta atenção nas aulas
 Fuma 
• É desconfiado
• Se apaixona por sorrisos
 Queria namorar
• Tem um namorado(a)
 Gosta de nutella
• Nunca comeu nutella
• Come nutella pura
Não é preconceituoso
 Já tem seu destino formado na cabeça 
 Quer ter mais de 2 filhos 
Gosta de assistir desenho
 Prefere normalmente os vilões do que os bonzinhos
• Prefere postar gifs do que fotos
Já sabe qual profissão quer exercer quando crescer
• Gosta de nescau
• Gosta da banda Restart
• Gosta do Justin Bieber
 Gosta da Miley Cyrus
 Gosta da Demi Lovato 
 Gosta da Selena Gomez
• Gosta da Jessie J 
 Gosta da Lady Gaga (Só do álbum Born This Way)
 Gosta da Katy Perry
 Gosta da banda Stevens
 Gosta da Manu Gavassi
• Gosta do Luan Santana
• Não gosta de nada citado acima.
• Prefere Sertanejo do que Rock
• Prefere Rock do que Sertanejo
Gosta de legumes e verduras 
 Gosta mais de carne do que frango (mas frango também é carne - Concordo também, Flávia).

#3 - 3 Indicados
E você que está lendo o post!

---

NÃO ESQUEÇA DE VER O TOP 10!!! AQUI!

sábado, 3 de setembro de 2011

Top 10... Protagonistas de Final Fantasy

10... Protagonistas de Final Fantasy

Provavelmente se você é gamer e/ou otaku já deve ter ouvido falar sobre Final Fantasy. 
Final Fantasy é um jogo de RPG produzido pela Square Soft (Antiga Square Enix) no fim de 1987 como última tentativa de salvar  a empresa da falência, que ainda bem, o plano funcionou. Final Fantasy foi um jogo revolucionário para os RPGs da época, pois em uma batalha mostrava os protagonistas do lado direito, seprados por uma barra dos inimigos que se encontravam do lado esquerdo...
Entenda melhor com essa imagem:
FBS (Front Battle System), onde voce só vê os inimigos, praticamente visão em primeira pessoa
SBS (Side Battle System), apresentado pela primeira vez em Final Fantasy I para o Nintendo 64
E jogos incríveis, geram personagens incríveis com carisma, originalidade e personalidade... Nesse Top 10 você verá os melhores protagonistas da série!

10. Zidane Tribal


  Zidane apareceu em Final Fantasy IX para o PlayStation em 2000. Foi um jogo tanto interessante, pois seus três antecessores se passavam em um ambiente futurístico e Final Fantasy IX trouxe devolta o mundo proposto pelos 5 primeiros jogos da série, um clima meio medieval e fantástico.
  Zidane Tribal é um ladrão que trabalha para Talantus Teather Group, é o típico homem mulherengo, não pode se conter ao ver um rabo de saia, isso é provado pelo fato de ele estar sempre flertando com a Princesa Garnet e outras mulheres do jogo. Zidane pode até passar a imagem de que é uma pessoa confiante, mas por dentro ele é completamente inseguro sobre seu passado, apesar de que ele valoriza muito a amizade, ele prefere guardar seus problemas para si mesmo. A verdad é que Zidane não é humano, ele faz parte de uma raça chamada Genome. Depois desta descoberta, Zidane começa a se tornar um pouco hostil com o grupo, especialmente depois de tentar atacar constantemente o holograma de Garland. Apesar de toda essas confusões, Zidane começa a desenvolver um amor verdadeiro com Garnet. 
  Zidane além de Final Fantasy IX, já apareceu no Itadaki Street Portable, Dissidia Final Fantasy e Dissidia 012 Final Fantasy.

9. Vaan


  Vaan apareceu em Final Fantasy XII em 2006 para PlayStation 2. O jogo foi uma grande quebra de paradígma no quesito de batalhas - se desconsiderarmos o Final Fantasy XI, que poucas pessoas tiveram a oportunidade de jogar, devido à custos, servidores e comunicação - pois todos os jogos antes de Final Fantasy XII, eram o sistema de batalhas lateral, que era cada vez mais aperfeiçoado, em Final Fantasy XII, você pode correr livre pelo campo de batalha.
  Na verdade, Vaan não é o protagonista de Final Fantasy XII, mas como a história é contada pelo seu ponto de vista, nada mais justo do que considerá-lo um protagonista. Vaan perdeu seus pais à uma praga, ele e seu irmão Reks foram morar junto com Penelo e sua família, infelizmente os pais dela morreram durante a Guerra de Archadia e Rozarria. Para proteger Vaan e Penelo, Reks entra na guerra mas acaba morrendo também. Dois anos depois da morte de seu irmão, Vaan e Penelo trabalham para Miguelo, fazendo pequenos bicos e nesse meio tempo, Vaan vai para os esgotos e luta contra ratos. Seu maior sonho é se tornar um Pirata dos Céus, para poder ser livre e procurar tesouros ao redor de Ivalice.
  Vaan também aparece em Itadaki Street Portable, Final Fantasy XII: Revenant Wings, Final Fantasy Tactics A2: Grimoire of The Rift e Dissida 012 Final Fantasy.

8. Squall Leonhart


  Squall apareceu em Final Fantasy VIII em 2008 para PlayStation. Na minha opinião o jogo tentou ser uma espécie de superação à Final Fantasy VII, mas não deu muito certo :/
  Squall é o tipo de pessoa fechada, introvertida e que não gosta de falar muito com as pessoas, geralmente bem sério. Ele utiliza uma Gunblade, equipamento que é uma mistura de espada com arma, mas não dá tiros. Seu maior rival é Seifer, que durante uma batalha, cada um fez uma cicatriz em seu rosto. Apesar dessas brigas, Squall é centrado no que faz e também é muito responsável. Ele, assim como Zidane, aos poucos se apaixona pela mocinha, que no caso é Riona Heartilly.
  Durante o jogo, Squall vai se inibindo e se apaixonando por Riona. Ele fica mais aberto às pessoas e isso pode ser visto durante sua aparição em outros jogos: Dissidia Final Fantasy, Dissia 012 Final Fantasy, Chocobo Racing, Kingdom Hearts, Kingdom Hearts: Chain of Memories, Kingdom Hearts II, Kingdom Hearts Mobile, Dragon Quest e Itadaki Street Special.

7. Cecil Harvey


  Cecil apareceu em Final Fantasy IV em 1991, o primeiro jogo de Final Fantasy a ser lançado no Super Nintendo e também conhecido como Final Fantasy II no ocidente.
  Cecil aparece como um cavaleiro negro forte e talentoso, sendo respeitado e admirado por seus homens quando comandava os Red Wings. Apesar disso, Cecil é modesto e muito tímido para aqueles ao seu redor, por isso tem uma grande dificuldade de mostrar suas verdadeiras emoções. Para seus amigos, Cecil é leal e extremamente piedoso. Cecil se transforma em um Paladino após achar o primeiro dos quatro monstros elementais, o que é praticamente o oposto de ser um Mago Negro. A história de Cecil é mais trabalhada durante continuações e Remakes do jogo.
  Cecil já apareceu em Dissidia Final Fantasy, Dissidia 012 Final Fantasy, Virtual World, Secret of Evermore e Final Fantasy IV: The After Years.

6. Bartz Klauser


  Bartz apareceu em Final Fantasy V em 1992, para o Super Nintendo, foi o 3º jogo da série a apresentar um sistema de Jobs, dessa vez melhorado.
  Bartz começa sua aventura sem muito rumo, apenas viajando pelo mundo, afirmando que esse era o desejo de seu pai e por causa desses princípios recusa primeiramente a oferta de Lena para ajudar à achar o Rei Tycoon. Porém, sua consciência o trai e ele resolve ajudar Lena após salvar ela e Galuf de um ataque de Goblins, quando decide ajudá-los. Ao perceber que o curso da aventura muda de simplesmente querer ajudar o Rei Tycoon para proteger os 4 cristais elementais (Coisa que, na minha opinião estava começando a ficar um pouco repetivia de mais para a série), ele acaba notando que há muita responsabilidade em suas mãos, o que o faz amadurecer através das dificuldades que o grupo encontra.
  Bartz também apareceu no fim do anime Final Fantasy: Legend of the Crystals, seu nome é quase pronunciado por Gilgamesh em Final Fantasy VIII, seu nome também é mencionado após a derrota de Gilgamesh em Final Fantasy IV: The After Years. Sem falar de sua aparição em Dissidia Final Fantasy e Dissidia 012 Final Fantasy.

5. Tidus


  Tidus apareceu em Final Fantasy X em 2001, o primeiro jogo da série para PlayStation 2, é um típico protagonista determinado, porém quase sem ideiais do que está fazendo no começo quando diz que: É a coisa certa a se fazer.
  Tidus é um popular jogador de Blitzball - jogo oficial do mundo de Spira - em Zanarkand, durante um de seus maiores jogos, a cidade é atacada por um monstro chamado Sin, ao entrar em contado com este monstro, Tidus acaba indo parar em ruínas e é descoberto pelos Al Bhed, que usufruem de suas habilidades para fazer um reator funcionar, ele acaba conhecendo Rikku, a única garota da tribo que consegue falar sua língua. Após uma explicação sobre Sin, Tidus descobre que aparentemente, foi trazido para o futuro, mais especificadamente, 1000 anos, quando Zanarkand foi destruída pelo mesmo monstro. Sin acaba atacando o navio da tribo e Tidus acorda novamente em uma praia, Besaid Island, onde ele conhece Wakka, Lulu e Khimari, guardiões da invocadora Yuna. Aos poucos Tidus vai conhecendo um pouco mais sobre o que aconteceu com Zanarkand e sobre o mundo de Spira. Aos poucos Tidus acaba se apaixonando por Yuna, o beijo entre os dois é considerado o mais belo de toda a série. Uma coisa curiosa é que Tidus vem de Tida que significa Sol em Okinawan e Yuna signifinca Lua na mesma língua.
  Tidus já apareceu em Final Fantasy X-2, Dissidia Final Fantasy, Dissidia 012 Final Fantasy, Kingdom Hearts, Kingdom Hearts: Chain of Memories, Kingdom Hearts II - onde apenas seu nome é pronunciado por Selphie, Kingdom Hearts Mobile, Kingdom Hearts Re: Coded, Dragon Quest e Itadaki Street Special.

4. Lightning


  Lightning apareceu em Final Fantasy XIII em 2009 para PlayStation 3, é a mais recente protagonista da série principal, e parece uma versão feminina de Cloud e Squall.
  Lightning é determinada, concentrada e independente. Inicialmente é uma pessoa fria e distante dos outros, até mesmo de seus próprios companheiros. Isso vem pelo fato de aceitar que sua irmã Serah está seguindo seu mesmo caminho. Boa parte de sua motivação é abastecida a partir do que ela percebe, como a falta de proteger adequadamente Serah e querer fazer as coisas direito, que a leva a lançar-se naqueles que ela acredita serem responsáveis ​​por isso e os Purge subsequentes: a saber, o Sanctum, a sua fal 'Cie e, até certo ponto, Snow Villiers, devido à sua relação com Serah e seu próprio fracasso para protegê-la, como prometeu. Solução início relâmpago para as coisas que incomodam ou perturbar-la é distanciar-se deles, tanto emocional como fisicamente. Ao longo do tempo, no entanto, Lightning  começar a mostrar compaixão e ver os erros em sua abordagem.
   Lightinig já apareceu em Final Fantasy XIII -Episode i-, Final Fantasy XIII-2, Dissidia 012 Final Fantasy, Itadaki Street Mobile, Kingdom Hearts Re: Coded - um avatar no jogo e  The 3rd Birthday - roupa para a personagem Aya Brea.

3. Yuna


  Yuna apareceu em Final Fantasy X em 2001, mas só se tornou a protagonista principal em Final Fantasy X-2 em 2003 para PlayStation 2. O jogo foi uma grande quebra de paradigma, pois desde aquele momento, nunca havia sido feita uma continuação para os jogos da série, após Final Fantasy X-2.
  Dois anos após os acontecimentos de Final Fantasy X, Yuna vira uma Sphere Hunter após ver uma Sphere onde mostrava Tidus. Determinada a achar seu amor, Yuna viaja por Spira inteira á procura de Spheres que possam lhe dizer onde está o seu amado. Uma coisa que pode ser claramente percebida é a mudança de atitude de Yuna, que passou de Santinha para Pop. Outro mistério ronda Yuna, o romande de Shuyin e Lenne que tem uma incrível conexão com Yuna e Tidus.
  Yuna já apareceu em Dissidia 012 Final Fantasy, Kingdom Hearts II, Kingdom Hearts Mobile, Dragon Quest, Itadaki Street Special.

2. Terra Brandford


  Terra apareceu em Final Fantasy VI em 1994 lançado para o Super Nintendo, mais conhecido como Final Fantasy III no ocidente. Terra ganhou o título de primeira protagonista feminina de toda a série, sem falar que ela não faz o estilo mocinha indefesa.
  Como uma pessoa, Terra é uma jovem mulher confusa. Ela muitas vezes pergunta sobre suas emoções, ou a falta delas. Ela é facilmente confundida e assustada no início do jogo. No entanto, como Terra aprende mais sobre si mesma, ela se torna mais assertiva e determinada. Depois que ela descobre que seu verdadeiro passado, ela é insegura sobre seu património único e perguntas se ela pode sentir o amor. No final, no entanto, a Terra é corajoso e disposto a lutar por aquilo que ela sabe que está certo, especialmente na segunda parte do jogo onde ela reencontra o partido para ajudar a tornar o mundo um lugar melhor para os outros. Um fato curioso é que Terra é meio humana, meio esper - espécie de invocação.
  Terra já apereceu em Dissidia Final Fantasy e Dissidia 012 Final Fantasy em uma versão mais feminina, porém original, já que nos Concept Arts dela, Terra nunca teve o cabelo verde e sim loiro. Ela também já apareceu em Secret of Evermore.

1. Cloud Strife


  Para fechar o Top 10... Cloud apareceu em Final Fantasy VII em 1997 para PlayStation, foi o primeiro jogo da série para esta plataforma, e como muitas das pessoas que votaram nele e o boa parte dos jogadores da saga dizem: Ele é o melhor protagonista de todos.
 Devido ao efeito combinado de Mako e da influência das células de Jenova em seu corpo, Cloud inconscientemente detém um personagem falso criado pelas células Jenova misturando suas memórias da personalidade de Zack com a atitude um pouco arrogante e egoísta, ele acredita que é um SOLDADO Classe 1. No entanto, durante os eventos do jogo ele finalmente recupera sua personalidade original, e mostra uma verdadeira preocupação pelo destino do planeta, um nítido contraste com sua personalidade no início do jogo, onde ele alegou que não se preocupam com o planeta e só concordou em ajudar AVALANCHE pelo preço certo. Uma das coisas que entristeceu boa parte dos jogadores é que quando a saga avança, Cloud se demonstra mais frio e sério, o que é um pouco diferente do que é mostrado no jogo original.
  Cloud já apareceu em Before Crisis -Final Fantasy VII-, Final Fantasy VII: Advent Children, Dirge of Cerberus -Final Fantasy VII-, Crisis Core -Final Fantasy VII-, Final Fantasy VII: Avent Children Complete, Final Fantasy Tactics, Chocobo Racing, Dissidia Final Fantasy, Dissidia 012 Final Fantasy, Ehrgeiz: God Bless The Ring, Kingdom Hearts, Kingdom Hearts: Chain of Memories, Kingdom Hearts II, Kingdom Hearts Re: Coded, Kingdom Hearts Mobile, Itadaki Street Mobile, Itadaki Street Special.

É isso aí pessoal!
O próximo Top 10 será...
Melhor filme de Terror!
Em Homenagem ao Halloween!
Você poderá votar em mais de uma opção e a votação termina dia 1º de Outubro às 12:00 horas (horário de Brasília)