Páginas

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Eu não morri!

Olá pessoal!
Eu passei rápidinho para avisar que eu não morri
Só não estou com tempo para ficar postando no blog
então estou devendo para vocês:
  • O 14º Capítulo da fic O Diário de Um Estudante de Alimentos
  • Resenha dos livros: 3 Animais, Revolução Em Mim e Dom Casmurro
  • Minha vida no retiro
E por falar em retiro, é sobre isso que eu vim falar, este fim de semana eu vou estar em retiro, e por isso eu vou estar far far away daqui :/
Mas eu posto assim que possível!

E mais uma coisa:
Se você quiser acessar o Platina JP pelo celular, já está habilitado o modo de visualição pelo celular!
Aproveitem!!!

Tchau!

sábado, 15 de outubro de 2011

O Diário de Um Estudante de Alimentos Capítulos 9, 10, 11, 12 e 13

Como pude deixar a fic tão desatualizada assim?

 
9 - #EpicFail ou #HugeSuccess?

12/9
            Hoje foi o resultado da prova diagnóstica do Léo, que GRAÇAS À MEU BOM DEUS não vale nota XD
            Mas o resultado – como diz minha professora do ensino médio – foi uma menstruação... A média da sala foi 2,5 de acerto, e eu estava nessa faixa, fiquei muito decepcionado comigo mesmo, pois eu queria me destacar e não estou conseguindo :(
            Mas enfim, vamos ver no que vai dar no futuro...

13/9
            Mais explicações chatas sobre Microbiologia, é meio difícil prestar atenção depois que você foi tão mal na matéria, sério, eu estou quase chorando aqui, mas vamos ver se a prova de Panificação – que será Formativa – não me anime um pouco...
            Depois do intervalo, teve a prova... Não foi muito difícil, consegui realizar as questões com facilidade, também, depois de umas dicas que a Élida deu... Umas dicas meio indiretas diretas... Tipo, latir no meio da aula rsrsrsrsrsrs

14/9
            Hoje foi o dia que COE ficou a aula extremamente mais chata do mundo inteiro! Fazer análise de não sei das quantas de um texto é extremamente cansativo... Para você ter noção, essa análise tem 8 passos:
1 – Leia o texto e fale do que se trata
2 – Sublinhe palavras ou expressões desconhecidas
3 – Descubra o significado dessas palavras
4 – Leia o texto
5 – Separe os parágrafos e suas idéias
6 – Faça uma síntese de cada parágrafo
7 – Explique o que cada parágrafo quer dizer
8 – Faça um resumo
Carinha feliz??? #not
ISSO É MUITO CANSATIVO!!!
E vai ter prova dessa joça!

15/9
            Para aliviar um pouco da tensão, tivemos aula prática do Léo para utilizar o pHgâmetro – não sei se é assim que se escreve – para determinar o pH de líquidos. Calibramos o equipamento e em seguida, fizemos os testes com água destilada (pH: 5,71), refrigerante de guaraná (pH: 3,93), vinagre (pH: 2,92), ketchup (pH: 3,94) e água potável (pH: 7,10)
            Em seguida o Léo explicou um treco de brix que eu não entendi muito bem, se isso cair na prova eu tô ferradíssimo! XD *eu tô rindo pra esconder o medo*
            Fizemos a nossa solução, mas antes disso a anta da Kibe resolveu beber o refrigerante direto do béquer... Ela nem sabe por onde passou o eletrodo do aparelho, mesmo que ele seja lavado, e já tá querendo beber as coisas? Não me surpreenderia – muito – se ela não aparecesse amanhã no SENAI, ou falasse olá para a privada da escola...

16/9
            E saiu os resultados da prova formativa de Panificação...
            Antes de falar a minha nota... As notas são: (Verde, Amarelo, Vermelho e Branco. Verde: o aluno atingiu as expectativas, Amarelo: o aluno atingiu algumas expectativas, Vermelho: o aluno não atingiu as expectativas, Branco: o aluno não foi avaliado)
            E a minha nota foi... VERDE!!! WOOOHOOO!!!! Um #HugeSuccess!!! >w<
            Depois para acabar com a nossa alegria, a Élida marcou uma prova pra valer nesta terça, sem falar a do Léo que é segunda e da Cássia que é quarta.
            A professora também marcou um seminário sobre microrganismos e fizemos o estudo de alguns gráficos...
            UFA.

10 – Maratona de Provas

19/9
            Hoje foi a prova de Frutas e Hortaliças, e de acordo com o Léo, a avaliação somativa seria bem parecida com a avaliação diagnóstica que foi praticamente um #EpicFail.
            Enfim, quando eu comecei a fazer a prova eu percebi que as questões eram levemente parecidas, mas foi um leve tipo, 2% de leveza... Nada parecido com a diagnóstica.
            Os cálculos saíram de maneira mais complicada, e tinha questões que eu não sabia muito bem como fazer, então eu fiz um trabalho, uma reza braba rezei bastante para tirar de 50 para cima nesta prova...
            Depois que eu terminei a prova, fiquei jogando ping pong com a Kibe e como a gente é ruim! Na verdade, como EU sou ruim! A Kibe pelo menos sabe dar cortada e eu que nem sei jogar direito :/
            Teve uma hora que eu saí correndo atrás da bolinha e nem percebi que tinha o banco aí eu trombei minha canela naquele bendito banquinho...
20/9
            O Léo explicou algumas das nossas falhas na prova, eu fiquei tipo, OMG! Tinha uma pergunta que tinha umas 6 respostas? Como? COMO???? Eu não me lembro de ter colocado seis respostas na minha pergunta :/ #tenso
            Depois teve a prova da Élida, que ao contrário da prova do Léo, foi bem parecida com a prova formativa! E dessa vez eu tenho certeza que fui super bem :3
Acho que posso trabalhar em alguma indústria que mecha com pães, biscoitos, bolos e massas alimentícias, me dou tão bem nesta matéria!!!

21/9
            Surpresa.
            Hoje era para ter uma prova de COE, mas quem deu a aula foi o Marcelo — mais conhecido como Chacom (nem sei se eu escrevi corretamente :/) — que nos ensinou como apresentar um seminário.
            Ele é muito engraçado, quando se tem aula com ele, parece que está vendo um show de Stand Up Comedy!
            Ele nos deu dicas bem preciosas sobre as apresentação, como evitar tique-tiques nervosos no meio da apresentação, o que fazer quando a pessoa está dormindo e como tornar sua apresentação mais interessante...
            Depois do intervalo, voltamos a ter aula com Cássia, como o tempo era curto de mais para ter uma prova, a gente acabou continuando a fazer os exercícios de intelecção de textos – oh coisinha chata!

22/9
            Sabe aquela aula que você não está a fim de ouvir? Aquela aula que todo o conteúdo entra por uma orelha, dá um jão no cérebro e saí pela outra?
            Pois é, foi assim que eu me senti na aula do Léo hoje sobre proteínas e enzimas, aquilo não entra na minha cabeça de jeito nenhum >.< grrrr que raiva!
            Pelo menos aprendi uma lição valiosa:
Manual de Sobrevivência do Curso de Alimentos
#6 – Falou, anotou
O único jeito para se dar bem na matéria do Léo, além de prestar atenção é anotar tudo o que ele falar, o máximo possível, pois somente nas palavras dele é que se encontram a chave para aquela maldita questão que te deixa com 49 na prova.

23/9
            Hoje a Élida fez uma coisa bem legal com a gente...
            Marcou as datas das aulas práticas do módulo 2 da matéria dela!!!
            Não me lembro muito bem as datas, mas ela disse que é um módulo bem rápido.
            Vamos fazer um seminário sobre Bicarbonato de Sódio e Bicarbonato de Amônio, para semana que vem, que, aliás, está me deixando louco!
            Depois vamos ter aula prática de Bolos, Pães e Massas Alimentícias!!!
            Já assistiu os primeiros minutos do anime NANA? Sabe quando a Nana Komatsu vê a mensagem no celular e pula feito uma louca? Ou quando ela chega na casa e faz um monte de coisas engraçadas como caras e bocas na banheira? Foi assim que eu me senti por dentro, e aposto que um monte de gente se sentiu também.
            Depois fomos todos para a biblioteca discutir sobre este seminário e no meio da conversa, como todo aluno, sempre se distraí com uma conversa ou outra, mas esta conversa que tivemos surgiu inúmeras verdades cabulosas, tão cabulosas que vão fazer você imitar aquele meme com uma cara estranha e um pescoço de 2m de altura longe do PC que eu esqueci o nome...
            Outro fato engraçado foi que entrou uma abelha na biblioteca e a Kibe a Dômenica se assustaram, se bem que a Kibe se assutou pela Domênica também tanto que ela se enfiou no meio das estantes e a Camilinha nem tchum para o inseto voando, quando ele pousa em cima dela, a menina fez a maior cena e saiu gritando pela biblioteca: EU TENHO MEL!!! O_o

11 – Se sentindo como a Nana Komatsu de novo!

26/9
            Ah... Monday, Happy Monday. Nada melhor do que ter assistido Premonição 5 nos cinemas dia 24, mas isso não vem ao caso, depois faço um post sobre isso.
            Porém, nem a aula chata do Léo estragou meu dia, por quê hoje é o dia de pagar o Hopi Hari no SESI! \o/
            Não lembro de uma virgula que ele falou, mas tentei anotar tudo o possível. Ufa.

27/9   
Mais uma aula chatérrima de enzimas e piriri pororó... Nada estava entrando na minha cabeça, vou fazer uma anotação mental: Não quero trabalhar em uma empresa de Frutas e Hortaliças e muito menos fazer um projeto que envolva esta área no 4º termo – todos os leitores deste diário são testemunhas disto.
Porém, minha angústia triplicou quando ele falou que somente 3 pessoas tiraram média na prova dele, então minha espinha gelou. Ele falou o nome Matias e Daniele, ambos tiraram 90, não vi a expressão de Matias, mas a expressão de Daniele com certeza esboçou um susto... E a 3ª pessoa que tirou 60 foi..................................EU!
Tudo bem não cheguei ao patamar das pessoas que tiraram 90, porém tirei acima da média, e tive o privilégio de estar entre os 3.
            O professor falou que vai começar a dar reforço na 5ª aula a partir desta quinta (Justo o dia do Hopi Hari :/) e até mesmo os 3 terão direito a fazer recuperação para obter uma nota maior, nem que seja 61! XD
            Antes que eu me esqueça, fizemos os cálculos das aulas práticas de pães também.

28/9
            Mais uma aula com Stand Up Comedy, o Chacom é muito engraçado, dessa vez ele ensinou como fazer uma apresentação pelo PowerPoint, foi muito 10 a aula dele!
            Depois do intervalo começou a prova de COE, que terminará semana que vem, para terem noção de como esta prova estava complicada, foi feita em grupo de 5 pessoas, o meu grupo era Eu, a Leidiane, Mariana, Daiane e a Nayara. Fomos bem até agora... Mas o que semana que vem reservará para nós?

29/9
            HOPI HARI!!!
            Curti muito e perdi um dia inteirinho de Frutas e Hortaliças!

30/9
            Hoje foi o dia da apresentação, foi muito legal até, mas o curioso foi que eu consegui apresentar direitinho! O problema é que acabamos pegando a 5ª aula para cobrir o tempo...

12 – Cake!

3/10
            Descobri que o que eu perdi de Frutas e Hortaliças não foi tão grande assim, já que o Léo ficou dando voltas e voltas na matéria :/
            Era sobre respiração de frutas e talz... Quanto mais rápido a fruta respirar, mais rápido ela irá se deteriorar.

4/10
            O Léo começou a falar sobre a respiração de novo, mas começou a entrar em outros detalhes, como o que fazer com a fruta depois que ela foi colhida, ou seja o processo de Packing House.
            E depois a Élida passou o roteiro da aula prática dela e ficamos fazendo as contas para saber certinho o que fazer na hora.

5/10
            Continuamos com a prova na aula da Cássia, e por incrível que pareça, ainda não terminamos, Intelecção de Textos é um saco >.<

6/10
            Prova prática do Léo, lembra daquela aula que tivemos no dia 15 de Setembro, sobre pH e Brix? Pois é agora está na hora de botar na prática. O Léo fez uma pegadinha com a gente, ele só havia ensinado a fazer o Brix com 10º e não com graus inferiores, mas era só fazer uma regrinha de três, ajustar o refratômetro e não é que deu certinho, bem em cima do risquinho no aparelho e depois para tirar o pH foi batata – como diria a Kibe e suas gírias de velha. Fiquei com 100 XD #LikeNanaKomatsu!

7/10
            O dia tão aguardado chegou... O dia de vomitar um arco-íris, pois foi o dia da nossa aula prática de bolos!
            Vou falar primeiro sobre a roupa que tem que usar na planta de pães (uma espécie de cozinha industrial): Toquinha bonita que esbanja beleza, camisa 100% branca, calça branca de brim, e sapato de segurança, tudo branco...
            Ah, mas fazer o bolo é tão legal! O bolo é industrializado, sabe tipo o Bolo Pulman?
            Pois é.
            Todo o processo é bem parecido com um bolo caseiro, pelo menos o nosso, por que foi em pouca escala. Só o forno que é tipo, muuuuuuito grande.
            O nosso bolo foi o primeiro a ir ao forno, ele tinha chocolate no meio XD
            E o mais legal, é que dá para fazer em casa esse bolo, só precisa de Ovos Líquidos e uma balança de precisão... Para compra os ovos só em mercados atacadistas e em casa minha mãe quebrou a balança :(
            Pelo menos o bolo da aula prática ficou bem gostoso.
            Eu queria levar para casa e a inteligência me obrigou a colocar dentro da touca :/

13 – Cookie!

10/10
            O Léo falou um pouco sobre uma matéria que eu fiquei totalmente boiando, era sobre usar a soda caustica (NaOH) no refrigerante ou algo do tipo...
            ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ = Eu na aula do Léo... :/

11/10
            O Léo continuou com aquela matéria esquisita que não entra na minha cabeça, Jesus me ilumina nessas aulas, por que do jeito que tá...
            Depois a Élida começou a passar uma explicação básica sobre biscoitos, que é a nossa próxima aula prática.

12/10
            Feriado... E a prova da Cássia???

13/10
            Aula prática do Léo sobre esta matéria, deu para dar uma esclarecida. Era para medir a quantidade de gás (ou H2CO3) no refrigerante, então primeiro a gente mergulha o refrigerante – que está em um béquer – em um banho ultrassônico, que faz um barulho estranho e vibra que dá até medo de dar choque – só na Kibe, por que comigo foi normal...
            Depois pegamos 20 ml de refrigerante, 50 ml de água e três gotinhas de Fenolftaleína, que é uma substância que indica se o produto é ácido ou alcalino.
            Aos poucos, gota por gota, pingamos a soda caustica, que ao entrar em contato com esta solução fica com a tonalidade rosa, em seguida, temos que mexer a solução para dissolver este rosa, porém chega um ponto que mesmo mexendo, ela continua rosa, e esse ponto tem que ser um rosa bem, mas bem clarinho mesmo... Meu grupo teve que fazer 4 vezes a mesma coisa, pois sempre erramos :/

14/10
            Aula prática de biscoitos! Queria fazer Cookies, mas acabei ficando com o biscoito amanteigado, o processo é meio parecido com o do bolo, só mudando algumas coisas, tipo, a gente põe a mão na massa. É legal, o problema é que fica muito pegajosa na sua mão.
            Depois pegamos o pedacinho da massa, fizemos uma “cobrinha” com a massa e cortamos em pedaços pequenos, em seguida com esses pedacinhos, fazíamos uma bolinha e enfiávamos o dedo fazendo um buraquinho. Depois disso, colocávamos doce de goiaba em cima do biscoito, depois de ir ao forno, jogamos em cima, açúcar e canela. Combinação perfeita, ficou uma delícia. Dessa vez eu não levei para casa ;D

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Encontro com autores

Olá pessoal!
Em primeiro lugar...
Feliz dia de Nossa Senhora Aparecida! Que ela continue intercedendo por nós!
Em segundo...
Feliz dia das Crianças!!!

OK, agora eu vou falar um pouquinho sobre uns encontros que eu tive por essa vida aí...


Recentemente inaugurou na minha cidade o Teatro do SESI, e sabe o que é mais legal? É que ele fica a uns... 12 passos da minha escola! Tipo, a minha escola fica depois do lado esquerdo da foto...

Enfim, durante o mês de agosto, o teatro fez uma coisa bem legal...
Um projeto chamado Literatura Viva, onde 3 escritores vieram para dar palestras e fazer um bate-papo.
E eu fui nos três dias.

Dia 1 - Marcia Kupstas
"Aventura de ler: literatura é arte de pré-requisito? Ou um bom livro salva a sua alma?"
Com mais de 20 anos de carreira, cerca de um milhão de livros vendidos e mais de 80 títulos publicados. Nascida no bairro da Vila Zelina, zona leste de São Paulo, é licenciada em Língua Portuguesa e Literatura pela Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras da Universidade de São Paulo. Começou a escrever na adolescência, participando de grupos literários no colegial.
Seu primeiro livro "Crescer é perigoso" publicado em 1986 recebeu o Prêmio Revelação no Concurso Mercedes-Benz de Literatura Juvenil (1988). Já seu livro "É precioso lutar!" além de receber o Prêmio Origenes Lessa da Câmara Brasileira do Livro (1988), foi selecionado para a Biblioteca infato-juvenil internacional de Frankfurt, na categoria de "exemplo cívico a ser seguido". Recebeu também o Prêmio Jabuti na categoria literatura juvenil com "Eles não são anjos como eu".

Marcia Kupstas é uma pessoa incrível, é só isso que eu posso dizer. Simplesmente isso. Ela é muito legal e gente fina, atualmente já li um livro dela, Três Animais e estou lendo agora Revolução em Mim. Mas na verdade o que eu quero mesmo é ler TODOS os livros dela. TODOS!
A pergunta que eu fiz para ela foi:
Quando você lançou seu primeiro livro, você teve aquele medo do tipo "Ah, será que eles vão gostar? Será que vão odiar? Como vai ser?"
Ela respondeu o seguinte:
Medo todo mundo tem, inclusive eu. Mas sabe Eduardo, eu acho que no momento você está vivendo na melhor época, digo, na época da tecnologia. Você pode lançar trechos do seu livro em um blog e sair por fóruns pedindo informações sobre ele. Desta maneira, você com certeza irá reduzir boa parte do seu medo.

Enfim, se quiserem opinar sobre o meu livro, a página dele está aqui, contém um resumo do primeiro livro, outros títulos da saga e alguns trechos.

Dia 2 - Telma Guimarães
"O processo de criação na literatura infantil e juvenil"
Nasceu em Marília (SP) e reside em Campinas (SP). Formada em Letras Vernáculas e Inglês pela UNESP, lecionou na rede estadual de Campinas até 1995, quando decidiu dedicar-se somente a literatura infantil e juvenil. Foi cronista do Jornal "Correio Popular" e também acessora cultural na Delegacia de Cultura de Campinas. Em 1988, publicou os livros "Cara de pai", "O sopão da Bruxalaca" e "Tarta-Luga". Em 1989, recebeu da APCA o título de "Melhor Autora em literatura infantil" com a obra "Mago Bitu Fadolento". Já publicou mais de 150 títulos infantis, juvenis em português, inglês e espanhol. É autora do dicionário bilíngue Português/Inglês, Inglês/Português em co-atuoria com Terrence Edward Hill e da coleção biblíngue "biclássicos", pela Editora do Brasil.

Telma Guimarães é um pessoa muito doce e atenciosa, ela é muito divertida e legal, fiquei feliz em saber que ela morava na mesma cidade que eu, outro fato curioso é que ela se dedicou inteiramente à literatura no ano em que eu nasci, não é a coisa mais legal? *-*
Quando eu tiver filhos, eu com certeza vou querer comprar boa parte dos infantis delas, especialmente o "Bichodário", eu me encatei por ele! rsrsrs
A pergunta que eu fiz para ela foi:
Na hora de mandar o livro para a editora, é mais recomendado mandar o livro por e-mail em um anexo, ou procurar uma gráfica para encadernar o livro e mandar pelos correios?
Ela respondeu o seguinte:
Sem dúvida, procurar uma gráfica para encadernar o livro e mandar pelos correios. Mesmo que hoje em dia com os e-mails fica tudo mais fácil, boa parte das editoras ignoram os pedidos de publicação pelo e-mail. 

#Fikadica
Dia 3 - André Vianco
"Suspense, Terror e Imaginário"
Considerado um dos maiores autores brasileiros da literatura fantástica na autalidade, André Vianco, por dois anos foi redator de uma rádio da capital paulistana, primeiro escrevendo para programas  humorísticos e depois para o departamento de jornalismo. Em 1999, produziu 100 cópias de seu primeiro best-seller: Os Sete, que foi re-publicado pela editora Novo Século. Com 13 livros publicados e mais 50.000 exemplares vendidos, Vianco aborda temas sobrenaturais, mesclando suspense e terror, com histórias protagonizadas por vampiros, lobisomens e outros seres.
Atualmente está adaptando suas narrativas literárias para o cinema.









O que eu posso dizer de André Vianco? Simplesmente um dos caras mais simpáticos e gente-fina que eu já vi na minha vida. Tenho que admitir que nunca ouvi falar da obra dele, mas no dia do teatro tinha uma feirinha com livros dele e o devorador de livros aqui, correu para comprar o último lançamento dele, O Caso Laura. Ainda não li, pois no momento, como sabem, estou lendo "Revolução em Mim" da Márica Kupstas, logo em seguida vou ler "Dom Casmurro" de Machado de Assis e "Elixir" de Hillary Duff. Um fato curioso sobre mim, é que eu nunca quero ficar esperando para ler um livro, sempre gosto de ter outro a mão na hora ;D
Mas voltando para o foco principal, ele contou sobre uma coisa que eu achei bem legal mencionar aqui.
Quando ele terminou seu primeiro livro, "O Senhor da Chuva", ele ficou tão animado que mandou para um monte de editoras, todas recusaram o trabalho dele dizendo "Esse tipo de livro que você escreveu, não é o que queremos agora". Em seguida ele escreveu "Os Sete", mas como foi mencionado ele produziu 100 cópias do Livro e foi distribuindo para livrarias. Ele ainda teve a cara de pau de escrever na biografia: Do mesmo autor de "O Senhor da Chuva" XD. O sucesso nas livrarias foi tremendo. E todas as editoras começaram a ligar para ele dizendo para publicar o livro dele, ele disse o seguinte, sendo seletivo: "Desculpa, os livros que a sua editora publicam, não se adequam aos meus"
A pergunta que eu fiz para ele:
Com livros desse tema, com certeza você deve ter pensado em inúmeros belos cenários. Qual foi o que você mais gostou?
Ele respondeu o seguinte:
É difícil dizer tal coisa... Mas eu digo que você provavelmente vai gostar dos cenários de "Bento", me empenhei bastante. Eu acho que quando você quer que a coisa fique bonita, para ser vizualisada pelos leitores, você faz com vontade.

No meu livro, tem um cenário que eu ainda não escrevi, mas morro de vontade de escrever. A Torre de Diamante, uma torre cristalizada que fica bem distante das rodovias de Campinas, porém ainda se encontra no território da cidade, é muito alta, dizem que no último andar, ela tem uma caichoeira de pedras brilhantes e que às vezes aparecem diamantes, misteriosamente. Ultimamente alguns exploradores mal intencionados morreram congelados na torre, mas qual seria a razão disso?

Espero que tenham gostado
=)

sábado, 8 de outubro de 2011

Hora do Horror 2011 - Parte 2


Como sabem eu fiquei devendo a melhor parte da minha ida ao Hopi Hari e agora vocês vão saber

Parte #5 - 6 horas da tarde
  Depois da experiência maravilhosa no Elevador resolvemos nos sentar um pouco e comer alguma coisa, acontece que ninguém estava com fome, só com sede, eu acho que só comi duas batatas Ruffles Honeymoonstard :/
  Aí deu aquela baita vontade de fazer xixi, eu tinha que ir ao banheiro, caso contrário acabaria acontecendo um acidente quando eu fosse correr dos monstros, mas o pessoal falou que as filas estava infernais, ao invés disso eu fui encher as garrafinhas de água com a Thaís, foi quase uma batalha para poder chegar no bebedouro, é muito pouco para muita gente, a minha sorte é que nessa hora eu pude me distraír com a música do Paramore, When The Lines Overlap que estava tocando nos auto-falantes.
No one is as lucky as us, we're not at the end but... Oh we've already won
Ninguém é tão sortudo como nós, não estamos no fim, mas... Oh já ganhamos

   Quando voltamos a Kibe estava tipo, super nervosa, a Fran estava falando no telefone com o pai, com a mochila no colo e o Oswaldo estava brisando. De repente uma orda de pessoas começaram a correr, a Thaís pegou a mão da Fran que largou a bolsa aberta em cima da Kibe e todo mundo saiu correndo. Quando finalmente resolvemos parar a Kibe estava quase morrendo com a bolsa aberta
   - Feeechaaa! Feeecchaaaa! - gritava a menina.

Parte #6 - O Drama da Kibe
   A gente ficou bem na frente na Roda-Gigante confortando a Kibe que estava chorando, sem mesmo ver o monstro, eu também não vi, mas o Oswaldo jura que viu um treco preto correndo, a menina estava chorando tanto que precisou ligar para a avó dela para acalmá-la. Não adiantou muito.
   Tentamos explicar para ela que são somente pessoas fantasiadas, mas vê se adiantou muita coisa, a menina ficou cada vez mais desesperada. 
   Então bateu na cabeça dela que ela queria ver a abertura da balada. Mas somente a abertura da balada. Somente.

Parte #7 - A Balada
   Quando chegamos a balada já havia começado, estava todo mundo apertado, suado e muito, muito calor. Sem falar que aquele lugar tava parecendo um puteiro, que horror gente.
   A Kibe começou a se soltar, aí eu percebi que não sairia tão cedo daquele lugar, aí tentei me entrosar, me divertir sem perder a linha. O DJ começou a tocar Born This Way e pediu para todo mundo cantar junto e pular, até a Kibe cantou... bem mal, mas cantou... Mai mama tou mi uén ai uas ian... 
   De repente eu percebi que estava tendo um mal estar por causa do calor e não era só eu, o Oswaldo também. Tive que sair pulando, era o único jeito, mas pelo menos eu saí... Deixando as meninas para trás.

Parte #8 - Que Assalto!
  Percebi que perdi um chaveiro da minha mochila... O meu anel de latinha XD. E também que a minha garrafinha se perdeu na multidao. Para piorar, o Oswaldo deixou o celular dele e a carteira na bolsa da Kibe! Mas ele nem se importou com isso...
   Estava morrendo de sede, queria beber algo imediatamente. Então fui para a entrada do parque aonde havia muitas lojas. No caminho percebemos os monstros... Se aquilo era monstro então pode falar que eu não sou Otaku. Pelo amor de Deus! Eles podiam fazer alguma coisa bem mais assustadora para comemorar os 10 anos do evento, não acham?
  Chegando na lojinha fui ver o preço das coisas... OMG! A água era importada da Itália, Refrigerante dos Estados Unidos, Lanche da Alemanha. Nada custava abaixo de R$4,50... MUITO CARO.... Pagar R$6,00 em uma garrafinha de água, de plástico é um crime!

Parte #9 - (Quase) Deixados para trás
  Já era quase 8 horas da noite, e encontramos os professores, e aos poucos os alunos íam chegando e nada das meninas, aí sim o Oswaldo começou a se preocupar com seus pertences. O pior foi quando a Jose - a coordenadora - falou que a gente ía embora, com ou sem o pessoal que ficou para trás. Tentei ligar para elas que nem um louco, mas não dava certo. A Domênica conseguiu ligar para elas e a Jose deu 15 minutos para ela o Nícolas buscarem as meninas, nisso a gente já estava no ônibus. Pouco antes de partir o ônibus as meninas entraram.
  Fiquei sabendo que cada coisa que só Jesus na causa, mas talvez a coisa que mais me chocou foi que um Travesti que tinha no parque teve uma baita convulsão no meio da balada que até levou os seguranças que estavam segurando ele para o chão...

E esse foi o meu maravilhoso dia no Hopi Hari...
O que eu ganhei com isso? Um corpo super cansado, mãos cheia de machucados por causa do bolso com ziper, gripe, tosse e dor de garganta.
Eu até voltaria, mas em uma temporada que não tivesse muita gente...

Na foto da esquerda para a direita...
Frente: Thaís Garrido, Francielle, Bia, Kibe, Thaís e Domênica
Fundo: Eu e o Nícolas
O Oswaldo tirou a foto.

sábado, 1 de outubro de 2011

Top 10... Filmes de Terror

Top 10... Filmes de Terror

Finalmente entramos em Outuburo... Sabe o que isso quer dizer? Duas coisas:
- O Top 10 mensal
- Que daqui a 30 dias é Halloween!
Então vamos lá para um Top 10 que fará você dormir de olhos bem abertos!

10. Nosferatu


  Para ser sincero, fiquei muito decepcionado ao saber que ninguém votou nesta obra prima do cinema Cult. Ele merecia pelo menos alguns votinhos básicos, não acham?
  O filme é de 1922 e veio da Alemenha, tem 94 minutos de duração. Dirigido por F. W. Murnau, Nosferatu é um clássico do cinema mudo. Ver este filme nos dias de hoje é praticamente impossível, pois foi processado por violação à direitos autorais e a justiça mandou destruír todas as cópias do filme, porém algumas cópias estão espalhadas foram reunidas pela viúva de Bram Stoker até o dia de sua morte. O roterio do filme é ligeramente semelhante ao Drácula: 
Em 1838, Hutter, agente imobiliário que mora em Wisborg (referência a cidade atual de Wismar), atravessa os Montes Cárpatos para vender uma casa em sua vizinhança ao proprietário de um castelo no Mar Báltico, o excêntrico Conde Orlock. Orlock é na verdade um milenar vampiro que, buscando por mais sangue, quer se mudar para a Alemanha. Ao chegar na propriedade que comprou, ele traz consigo grande terror e os habitantes acham que estão sendo vítimas da peste. A única que pode salvar as pessoas dos ataques do vampiro é Ellen, a esposa de Hutter, visto Orlock se sentir atraído por ela. Porém, no final, Hutter morre, o Conde Orlock desaparece no fogo e de desgosto morre também Nina, a esposa de Hutter.
O filme teve um Remake em 1979 porém o que era para ser apenas uma simples referência, acabou pegando o enredo de Drácula mudando somento o nome do filme para Nosferatu: A Simfonia da Noite.

9. Carrie, a estranha


  Originalmente adaptado do livro de mesmo título, lançado em 1974 pelo gênio Stephen King, que teve a honra de ser seu primeiro livro, Carrie ganhou uma adaptação para os cinemas em 1976 que foi um sucesso tremendo ganhando indicações para várias premiações. A história resumidamente é a seguinte:
Carrie White é uma jovem que não faz amigos em virtude de morar em quase total isolamento com sua mãe, uma pregadora religiosa fanática. A garota é menosprezada pelas colegas e Sue Snell, uma das alunas que zombam dela, fica arrependida e pede a seu namorado que convide Carrie para um baile no colégio. Mas Chris Hargenson, uma aluna que foi proibida de ir à festa, prepara uma armadilha para ridicularizar Carrie em público. O que ninguém imagina é que a jovem possui poderes paranormais e muito menos conhece sua capacidade de vingança quando está repleta de ódio.
  O enredo do filme serviu como base de muitos filmes e até mesmo novelas da Rede Globo e também foi a introdução de John Travolta no cinema, pela foto acima, me deu uma tremenda vontade de ver esse filme. Ele teve uma continuação em 1999 com o título de A Maldição de Carrie onde fala que o pai de Carrie se casa novamente e tem uma filha com as mesmas características paranormais de Carrie e em 2002 houve uma refilmagem para a TV.

8. Wrong Turn


  Antropofagia, mortes extremas e muito, muito sangue. Talvez essas sejam as palavras corretas para descrever a série Wrong Turn, mais conhecida como Pânico na Floresta e/ou Floresta do Mal. O que você faria se ficasse perdido em uma floresta e fosse submetido à ataques de tortura para ser o jantar de uma família de canibais deformados?
  Wrong Turn responde sua dúvida, com 3 filmes e o 4 pronto para sair do forno, esta série tem tudo para fazer as pessoas pensarem duas vezes antes de irem sozinhas em uma floresta.
  O prímeiro título da série, foi lançado em 2003 e o enredo é basicamente este: 
Um acidente acontece no meio a estrada e seis jovens ficam perdidos na floresta. Saem para procurar ajuda, antes que anoiteça. Numa rústica e fétida cabana, eles entram para procurar um telefone, mas, tudo o que encontram são evidências aterradoras de que a estrada é uma armadilha mortal para turistas desavisados. Eles percebem que podem ser as próximas vítimas dos horrores que tantas outras pessoas desaparecidas no local já foram submetidas. O terror se inicia com uma chacina que parece não ter fim.
   O segundo filme da série, teve o nome radicalmente mudado para uma coisa completamente diferente no Brasil - só o brasileiro mesmo para acabar com as traduções -, foi lançado somente 5 anos depois do primeiro, seu enredo é o seguinte:
Dale Murphy está conduzindo e produzindo seu próprio reality show para a TV, chamado "The Ultimate Survivalist", com seis competidores, soltos durante seis dias numa simulado deserto pós-apocalíptico. Localizada numa parte remota de West Virginia, os competidores terão que lutar realmente pela sobrevivência contra uma família de canibais que planejam transformá-los em seu jantar. O sucesso de Floresta do Mal foi tão grande que, poucos meses após seu lançamento, o diretor Joe Lynch divulgou que Wrong Turn 3 seria produzido. Apesar de tamanho entusiamo, o diretor não foi contradado para a continuação.
  O terceiro filme da série lançado em 2009, é considerado um dos mais sangrentos de toda a série: 
O terror de congelar o sangue continua neste filme com cenas muito chocantes. Three Finger e sua perturbada família de canibais estão vivos e bem alimentados nesta insana e aterrorizante viagem, dirigida por Declan O'Brien (Cyclops, Rock Monster), um veterano cineasta do Sci-Fi Channel. E a refeição está na mesa para a família sedenta por sangue quando um grupo chega para acampar por ali, só percebendo tarde demais que os insetos não são a única coisa que morde nessa floresta sombria. Mas, quando alguns dos piores assassinos da região foge de um ônibus de transporte da prisão, Three Finger e sua família encontram alguém do seu tamanho para lutar. Será feita a justiça para os assassinos condenados ou para os mutantes matadores? 
  O último filme da série, Wrong Turn 4 está para ser lançado este mês na terra do Tio Sam e em dezembro no Brasil:
Antes de Jessie e seus amigos se perderem na floresta, de Dale e seus participantes de reality show serem torturados e de Alex e os fugitivos da polícia sofrerem por armadilhas e canibalismo, descubra como tudo isso começou em "Floresta do Mal - O Início". Neste filme, Kenia (Jennifer Pudavick, de "O Mestre do Desejos 3") e seus amigos estão indo em motos de neve ao último torneio antes de terminarem a faculdade. Isolados pela tempestade de neve, decidem se refugiar em um sanatório abandonado. Lá, encontrarão algo terrível e a matança não para por aí. 
  E não é só isso, se o filme for bem sucedido, Declan O'Brien, o diretor do filme, promete um quinto filme. 

 7. A Hora do Pesadelo

Se Nancy não acordar gritando, ela não vai acordar de jeito nenhum
  Uma das maiores franquias de filme de terror que já existiu com certeza foi A Nightmare On Elm Street conhecida como Pesadelo em Elm Street ou A Hora do Pesadelo. A série de 1984 é com certeza uma das maiores criações do terror de todos os tempos, nos apresentando o terrível Freddy Krueger, que naseu do estupro de uma freira em um manicômio e brutalmente espancado pelo pai adotivo, é o culpado pelo assassinato de pelo menos vinte crianças, os pais delas querem vingança e o matam queimado em um caldeirão em sua casa, antes de morrer, Freddy invoca os demônios do sonho. Devido a essa invocação, Freddy consegue assombrar o sonho dos filhos que sobreviveram a esse massacre dos pais que o queimaram. Uma dessas pessoas é Nancy, que tenta à todo custo evitar a morte das outras pessoas devido à esses pesadelos. O filme se extende por mais 5 continuações: Freddy's Revenge (A Vingança de Freddy), Dream Warriors (Os Guerreiros dos Sonho), The Dream Master (O Mestre dos Sonhos), The Dream Child (O Maior Horror de Freddy o_O?), e Freddy's Dead: The Final Nightmare (A Morte de Freddy) Isso se extendeu por 7 anos.
  Depois de muita repetição, Wes Craven decide fazer o retorno de Freddy no Wes Craven's New Nightmare (O Novo pesadelo de Wes Craven) em 1994, 10 anos depois do primeiro filme e o sangrento confornto de Freddy vs. Jason
  Em 2010, foi mudada completamente o contexto da história, Freddy era um jardineiro que abusou sexualmente de Nancy... Então não faz muito sentido :/ se quiser ver esse horror de filme o título é o mesmo do primeiro.

6. Premonição


  E se por alguma razão do destino, você descobrisse que após alguns minutos haveria um terrível acidente matando a todos e você conseguisse avisar e salvar algumas pessoas antes disso? É essa pergunta que a franquia de filmes Premonição nos tenta responder desde 2000. A franquia tem 5 filmes, sendo que cada um deles tem enredos parecidos, no primeiro, Alex está prestes a embarcar no voo 180 quando tem a visão do avião explodindo, algumas pessoas saem junto com ele e a premonição se concretiza; Kimberly tem a visão de um terrível acidente na rodovia e para o transito, minutos depois a premonição se concretiza; Wendy vai andar de montanha russa quando tem uma visão que o brinquedo vai cair, matando a todos, algumas pessoas se salvam e o acidente acontece; Nick tem a visão de um terrível acidente no autódromo e tenta salvar as pessoas, depois o acidente ocorre; Sam tem a visão que a ponte vai cair e tenta salvar seus colegas de trabalho, depois a ponte caí. 
  O pior é que depois dessas visões, os sobreviventes começam a morrer na mesma ordem que morreriam se tivesse ficado no acidente. Porém a morte tem algumas regrinhas básicas:
- Se a pessoa for salva de sua morte, a morte prossegue para a próxima na lista
- Se a morte concluír sua lista, mas houver alguém vivo, ela retorna
- Se uma vida nasce no meio da lista da morte, a morte é interrompida
- Se uma pessoa fora da lista interfere na morte ou seu destino é alterado devido á morte de outra pessoa, ela entra na lista
- Se uma pessoa que está na lista da morte matar alguma pessoa fora da lista, ela está salva.
  Na minha opinião o melhor filme da série até agora é o 5 que está em exibição nos cinemas, eu garanto que se vocês acompanham a franquia e assistirem se surpreenderam bastante!

5. Pânico



 O que você faria se recebesse uma ligação no meio da noite e um cara comessasse a fazer perguntas sobre filmes de terror? Esse é o drama que assombra a jovem Sidney Prescott. Um fanático por serial killer liga para as pessoas fazendo perguntas sobre os filmes e caso elas errem, ele invade a casa delas e mata as pessoas à facadas, abrindo-as de baixo para cima. Com muita sorte Sidney escapa, porém o assassino Ghost Face se fixou em Sidney e quer matá-la a qualquer custo. Um fato curioso é que a mãe de Sidney foi assassinada do mesmo jeito um ano atrás. Depois de um ano, resolvem fazer um filme sobre esses assassinatos o que preocupa Sidney um pouco mais, pois aparece um novo assassino determinado à matá-la. Alguns anos depois resolvem fazer a continuação do filme sobre os assassinatos, porém dessa vez, quem está morrendo são os atores e atrizes e ainda como lembrança, a foto da mãe de Sidney sobre os corpos, ele exige que Sidney vá para Hollywood acertar as contas.
  Para muitos a triologia Pânico (Scream) teria acabado por aí, porém em 2011 o medo retorna. Sidney lança seu livro Saindo da Escuridão, mas o que ela não percebe é que o dia em que ela volta é o aniversário dos assassinatos e de repente o assassino surge novamente, atrás da família e dos amigos de Sidney.
  Será que esse é o fim de Pânico? Ou será que poderia ser feito um Pânico 5 que conta a história da mãe de Sidney, já que histórias de terror ganham uma volta ao passado antes do filme principal...

4. Poltergeist


  O único conselho que eu posso lhe dar é... Se sua TV sair fora do ar e começar à chiar corra imediatamente à procura de um padre ou médium, pois sua casa está com um espírito que causa o fenômeno chamado Poltergeist. Em 1982 foi lançado um dos filmes de horror que mais assustou as pessoas na época.
  Steven e Diane Freeling , um jovem casal da Califórnia, juntamente com os filhos Dana , Robbie e a pequena Carol Anne, representam a típica família norte americana da década de oitenta. Tudo começa com a menina conversando com o aparelho de TV e móveis que se movem sozinhos, até que em uma noite, durante uma tempestade, Carol Anne desaparece dentro do armário de seu quarto. Por acaso, em um canal de TV sem sinal, a família pode ouvir sua voz e se comunicar com a garota. Os Freeling procuram uma equipe de parapsicólogos e uma poderosa médium para trazer Carol Anne de volta, mesmo tendo que enfrentar um mundo desconhecido, espíritos furiosos e manifestações demoníacas dentro da própria casa, que esconde um segredo terrível.
  Quatro anos depois foi lançado Poltergeist II - O outro lado onde o espírito persegue a família e se encarna no corpo de um reverendo, responsável pela morte de seus seguidores o objetivo do espírito é Carol Anne, porém ele deve vencer a barreira criada pelo amor da família com a garota.
   Depois de dois anos, foi filmado o último capítulo da triologia, Poltergeist III - O capítulo final, a família deixa Carol Anne com seus tios, onde pudesse estudar em uma escola para crianças com problemas emocionais, porém a garota começa a se lembrar do reverendo e o espírito retorna a assombrá-la.
  Infelizmente Heather O'Rourke, que fazia o papel de Carol Anne morreu um pouco tempo depois do lançamento do filme devido a um choque séptico, então o 3º filme foi dedicado em sua memória, 25 anos depois os criadores pensam em fazer um remake da série só que com a irmã de Heather, que de acordo com eles a semelhança é notável.

3. Chucky


  Já imaginou sua mãe comprar um boneco no seu aniversário de um mendigo e descobrir que ele tem vida e que mata todas as pessoas à sua volta? O coitado do Andy Barclay teve essa experiência. Na verdade Chucky era um criminoso conhecedor da magia negra e antes de morrer transferiu sua alma para o boneco.  O boneco faz inúmeras vítimas e tenta, é claro, matat Andy. O filme foi um sucesso esmagador em 1988,  tanto que teve mais uma sequência dois anos depois: Brinquedo Assassino 2 onde a empresa remonta o boneco, fazendo-o reviver e realimentando o desejo de matar Andy novamente. Um ano depois foi lançada a terceira sequência: Brinquedo Assassino 3, o roteirista estava com tanta má vontade de escrever esta sequência sob pressão da Universal, tanto que o retorno de Chucky foi exatamente igual ao filme anterior, só que depois de oito anos, quando Andy está no exercito e o boneco resolve assombrar Tyler.
  Quando todos pensaram que Chucky havia acabado, ele retorna em 1997 com A Noiva de Chucky, onde se é introduzida para o pessoal Tiffany, a namorada do boneco, que o reconstrói com a magia voodoo, porém ele não quer se casar com ela. Porém ele quer ficar junto com ela novamente, e explica que para eles poderem transferir suas almas para corpos humanos novamente, eles vão precisar do Coração de Damballa, um amuleto que Chucky usava na noite em que foi morto pela primeira vez. O problema é que o medalhão está enterrado com o cadáver humano de Chucky, logo, os dois bonecos dão um jeito de serem transportados por Jesse, o vizinho de Tiffany, e Jade, a namorada de Jesse, até o cemitério onde está o medalhão.
  Em 2004 foi lançado o último filme da série, O Filho de Chucky, onde conta a história do filho do casal, que não quer ser um assassino e da ultima tentativa de fazê-los retornar à corpos humanos, desta vez, eles utilizam como refém, uma atriz de cinema onde Chucky a engravida e percebe que Tiffany só estava fazendo aqui para ela e para Glen (o filho dele), então decide matá-la, porém é morto pelo próprio filho. A atriz teve gêmeos bivitelinos e a alma de Glen passou para os dois e de Tiffany para a atriz. Porém no aniversário de 5 anos de Glen e Glenda (a outra metade da alma de Glen), ele recebe de presento o braço de Chucky que o estrangula.
  Está correndo solto que um remake do filme está sendo feito para ser lançado em 2012, será que isso seria verdade?

2. O Chamado


  Qual seria a sua reação se visse uma fita de vídeo muito estranha, contando a história de uma garotinha e logo depois alguém te ligasse dizendo que morreria em 7 dias?
  E foi isso que a repórter Rachel Keller passou ao investigar a morte de sua sobrinha que morreu desta maneira, pensando que era uma lenda urbana, foi assistir a fita e o medo se concretizou.
  A garota no vídeo é Samara Morgan, que por ter poderes psíquicos foi morta e jogada em um poço pela própria mãe adotiva, que se matou logo em seguida, o que ninguém imaginava é que Samara estava viva e tentava saír escalando pela ponte, porém perdeu as unhas nesta tentativa... No poço onde havia morrido, foi construído um chalé de um resort e durante a gravação de um jogo o espírito de Samara se transportou na fita VHS.
  O Único jeito de escapar desta maldição é copiando a fita e passando para outra pessoa ver. E este foi o enredo de O Chamado, que ficou famoso em 2002, adaptado de um livro chamado Ringu de Koji Suzuki.
  Em 2005, foi lançado O Chamado 2, onde Rachel Keller se muda de cidade, porém é perseguida novamente por Samara e percebe que está no novo ciclo.
  Está para ser lançado em 2012 o terceiro filme da série: O Chamado 3D, onde Samara aterroriza a vida de outra repórter... Meio repetitivo não acham?

1. A Casa de Cera


  Na verdade, a casa de cera, como todos conhecemos não é o filme original... O filme original de todos mesmo foi: Crimes do Museu de 1933, onde um artista plástico que esculpe com cera é dono de um museu que explodiu, dando graves queimaduras à ele e dado considerado como morto, porém, deformado, 12 anos depois ele retorna e cria um novo museu, a diferença é que por dentro das esculturas, existem pessoas vivas - ou mortas. Um outro remake desse filme foi feito em 1953 sob o título de Museu de Cera e teve o mesmo enredo do filme anterior, só que com nomes diferentes de personagens.
  Já o filme como conhecemos hoje, de 2005 com o título de A Casa de Cera é um remake mais independente dos anteriores, onde fala a história de alguns jovens que vão assistir a um jogo, porém no meio do caminho decidem acampar e ao acordarem perceber que um caminhão alterou completamente o estado do carro. Esses acontecimentos o forçam ir para Ambrose, uma cidade um pouco deserta, porém ao visitar o museu de cera da cidade, eles decobrem por que a cidade está tão vazia...

E esse foi o Top 10 de outubro!
O próximo Top 10 será...
Videoclipes estranhos!
Então comecem á votar na enquete ao lado direito do blog entre " + blogs"  e "top 5 semanal"!
A votação acaba dia 5 de novembro às 12:00 horas - horário de Brasília.