Páginas

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Tag! Os Blogueiro Pira!

Oi Pessoal!
Recebi a Tag do 11 da Bárbara e vamos logo ás regras...

  • Cada pessoa tem que postar 11 coisas sobre si mesma no seu blog.
  • Responda as perguntas de quem te passou a TAG no seu post e faça 11 perguntas diferentes para passar adiante.
  • Você tem que escolher 11 pessoas para dar a TAG e colocar o link delas no seu post.
  • Ir para a página dessas pessoas e avisa-las que você as indicou.
  • Não indique a TAG para quem te indicou.
Perguntas da Bárbara:

1- Se não tivesse o seu nome, qual nome gostaria de ter?
Hum... Não sei... Eu gosto tanto do meu nome :3 Mas enfim, vamos lá, *pensativo...* Adam, talvez...
 
2- Qual seu monstro favorito?
O Testrálio n_n
 
3- O que acha de pessoas com falta de educação?
Devem lavar a boca com sabão XP
 
4- Gosta da cor roxa?
*Olha o layout do blog* Acho que sim..........
 
5- Sol ou Lua?
Lua
 
6- Qual inseto favorito?
Borboletas e Joaninhas :3
 
7- Tem Twitter?
@eduardo_macena
 
8- Já foi mordido?
Por animais e seres humanos =/
 
9- Explique uma das suas cicatrizes
Uma misteriosa queda em um chão que não tinha nada. *Misteriosa nada, eu sou estabanado mesmo XD*
 
10- Resuma seu sonho mais doido
Tem um vulcão na minha cidade, ele se enche de cinzas e começa a explodir, e eu nunca saio de casa e se acabo saindo, volto de novo =/ Todo ano tenho esse sonho...
 
11- O que tem no google quando digita a letra "H"?
hotmail
haboo
horóscopo
hsbc

Minhas Perguntas
1. Qual é a sua frase mais falada?
2. Qual é o melhor livro que você já leu?
3. O que você diria ao seu pior inimigo?
4. Se escrevesse uma música, sobre o que seria?
5. Que comida você sabe fazer?
6. Qual foi a última música que você escutou?
7. Como foi o seu tombo mais esquisito?
8. Sol ou Chuva?
9. Depois dessa notícia, você andaria neste brinquedo?
10. Qual seu personagem de ficção favorito?
11. Se pudesse atear fogo em algo, o que seria?

11 Fatos sobre mim
1. 85% da minha sala tem algo contra mim =(
2. Sou viciado em Antena 1
3. Todos os meus amigos sempre se mudam ou vão embora =(
4. Até hoje tenho CDs e Discos de Vinil da Xuxa =/
5. Já quis socar muita gente
6. Já dormi nas aulas de Carnes
7. Por causa disso, a professora fez todo mundo pular 1 minuto
8. Gosto de núvens
9. Quero arrancar o cérebro de Antonio Dyggs e Sharon Acioly
10. Tenho horror à Abercrombie Fitch
11. Chocólatra assumido

Quem quiser o tag pode pegar, ok? ;)

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Nanashi-san: O Fim da Saga

Fiquei impressionado com a quantidade de pessoas que se importaram com o que aconteceu com o pobre Nanashi
E acho que merecem ouvir na íntegra, o que aconteceu depois que cheguei da minha segunda escola.


  De acordo com a minha mãe, elas tentaram dar mais leite para ele, e ele tentou ingerir um pouco o líquido. Ela disse também que ele ainda saiu da caixa e deu alguns pequenos passos para fora e depois retornou para a caixa. De acordo com ela, ele também fez uma pequena competição de miado com com Neko-chan. Isso me assustou um pouco pois, o Neko-chan poderia ir até ele e tirar alguma satisfação. Graças à Deus isso não aconteceu.
  Meu pai chegou e quando soube do gato, bem, ele falou um monte para mim. Na hora fiquei tão irritado que acabei gritando para ele: Se você não tem nada de bom a acrescentar, sugiro que você fique calado. É estranho afrontar o meu pai, mas é o que eu não aguentava mais ele falando para mim: PRA QUE VOCÊ FEZ ISSO? NÃO TINHA NECESSIDADE! DEIXASSE ELE LÁ!
  Aos poucos, meu pai aceitou o fato de que aquele gato estava lá. 
  Contra a minha vontade, tentei me afastar dele, para que ele não se apegasse muito a mim e quisesse ficar, caso ele melhorasse. Afinal, eu já tinha um gato e os dois não poderiam se dar muito bem... 
   Fui dormir com aquele peso na consciência.

   No dia seguinte, quando acordei, a caixa onde Nanashi-san estava não se encontrava mais. Perguntei á minha avó se ela tinha visto o gato, e ela disse que não. 
   Concluo que ele se sentiu um pouco melhor e foi para a rua. Não sei se ele vai durar muito. Nunca se sabe o que ele pode encontrar. Além do mais, ele não estava totalmente recuperado. Nanashi-san, com certeza me marcou, e apesar de não ter ficado muito tempo com ele, aqueles olhos azuis piedosos e penetrantes sempre ecoam na minha cabeça.

  Em um dos comentário, a Lechu-chan, deixou um link muito interessante que eu gostaria de compartilhar com todos: Como tratar um gato envenenado, são algumas precauções que você pode fazer antes de levar a um veterinário. Se eu não tivesse tido aula à tarde, talvez estaria mais aliviado, pois teria conseguido levar o Nanashi em algum veterinário, ou ligado para UPA, pedindo para buscá-lo...

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Dilemas, arrependimentos e peso na consciência...

Gente, hoje talvez foi um dos dias mais tensos da minha vida até agora nesse ano.


  Eu estava voltando do SENAI hoje com a Carol, quando a gente ia passando por uma árvore, e uma mulher fez um comentário: Que dó do gatinho, está doente.
  Embaixo da árvore, em uma caixa de sapato, estava um gato siamês, de olhos azuis, uma fofura. O que deu a maior dó, foi o fato dele estar tremendo constantemente. Eu não sei como vocês reagiriam, mas foi como se um peso de uma tonelada estivesse no meu coração e na minha consciência.
  Tentei prosseguir meu caminho, mas não deu. Eu fiquei naquele dilema: Volto, não volto, volto, não volto. 
  Acabei ligando para minha mãe, para avisar o que estava acontecendo, ela não atendeu o telefone, então liguei para a casa da minha avó e expliquei o ocorrido. Retornei àquela árvore, peguei a caixa de sapato e fui andando todo o caminho com aquele gato, chamando a maior atenção, não estava nem aí com o que as pessoas estavam pensando, eu sabia que estava agindo corretamente.
  Meu plano era o seguinte, procurar alguma pet shop, para eles poderem encaminhar o animal até um veterinário. Ao chegar em uma pet shop, descobri que eles não iriam fazer porcaria nenhuma a respeito disso, a única coisa que o cara disse, foi aumentar ainda mais a minha preocupação, do jeito que o gato aparentava estar, ele havia sido envenenado.
  Eu acho o cúmulo como esse pessoal é cruel, envenenando pobres animais, e até chegar em casa, fiquei pensando, esse é apenas um dos milhares casos de envenenamento de animais. Tudo por causa de vizinhos chatos e "passarinheiros" que não gostam de gatos e os envenenam. Eu fico pensando, e se um dia isso acontecer com o Neko-chan? Aí meu mundo desaba.
  Ao chegar em casa, minha mãe ficou um pouco nervosa, mas depois que percebeu a situação do animal, tentou fazer o máximo para ajudar. Quando eu estava na aula à tarde, minha prima ligou e minha avó comentou a situação. Ela disse para procurarmos a U.P.A. (União Protetora dos Animais), que eles pegariam o gato e encaminhariam o coitadinho para um veterinário.
  Quando cheguei da aula não adiantava mais ligar, pois estava muito tarde, mas a primeira coisa que vou fazer é ligar para eles.
  Batizei, o bichano de Nanashi (ナナシ) que do japonês quer dizer Anônimo, já que não sei seu verdadeiro nome. Ele ainda está na caixa, com aqueles olhos azuis bem arregalados e tremendo compulsivamente ainda. Espero que até amanhã, o Nanashi-san ainda esteja vivo...

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

O Diário de um Estudante de Alimentos - Capítulo 21

Antes de começar o post...
Pessoal: EU VOU COMENTAR NO BLOG DE VOCÊS! Sério mesmo!!! É que agora estou meio sem tempo para fazer essas coisas...

21 – Cão que late...

6/2
    Antes de começar a falar sobre meu dia... Eu quero que saibam de uma coisa.
    Todos se lembrar que a Kibe está namorando com o Marcelo certo??? Acontece que no meio da semana passada, duas alunas passaram da tarde para a manhã, as irmãs Célia e Daiana.
    Estaria tudo bem para a Kibe, se a Daiana não ficasse rindo pra cima do Marcelo... =/
    Então já deu pra perceber que o salgadinho árabe é ciumento...
    Fizemos uma sensorial de balas hoje.
    Provamos algumas balas, o pior foi ter que fazer uma análise sensorial de balas duras, a gente teve que morder o doce, aí o nosso dente foi pro espaço...
    Mas aprendemos uma coisa bem interessante: Muitas balas, não vem com os ingredientes na embalagem e sim no saco onde são vendidas e quando as informações vem escritas em outras línguas. Prestem atenção aí pessoal!

7/2

    A aula de GEP foi um pouquinho tensa, porém legal. Fizemos duas dinâmicas. Uma que esqueci de falar da última vez... #sorry. A dinâmica era do T, tínhamos algumas peças em acrílico e tínhamos que montar um T com todas as peças, sem ficar ponta nenhuma pra fora. Apanhamos tanto que no fim, ficou pra semana que vem. A semana que vem chegou e apanhamos tentando... Eu era o supervisor e fui demitido de novo... Aliás, todos os supervisores foram... Porém no fim conseguimos montar o bendito T...
    A próxima dinâmica era sobre planejamento. Acabei me separando da Kibe e ela acabou indo parar no grupo da Daiana. Para piorar a situação, a menina não parava de fuzilar a garota com os olhos...
    Voltando ao assunto... O Chacom nos deu umas peças de lego. E disse:
    — Vocês tem 15 minutos para montar um produto.
    Pensamos em montar uma mochila e no fim acabamos montando uma cesta, que parecia uma bolsa feminina, que parecia um poço... =|
    Depois do nosso esforço, ele nos ensinou o que era fazer um planejamento. E pediu para fazermos outro produto. E para isso nos deu 45 minutos. Fizemos um trem, com direito a trilho e tudo mais. E terminamos tudo em 25 minutos! Viu gente, como é bom fazer um planejamento? #fikadica

8/2
    A aula de Carnes foi extremamente exaustiva.
    A Priscila passou um ditado extensivo sobre contração muscular, do qual ninguém entendeu nadica de nada...
    Pelo menos foi um alívio para a Kibe, já que a Daiana não ficou encarando nem ela, nem o Marcelo...

9/2
    A Ju passou uma pincelada final no assunto ordenha e nos fez uma situação de aprendizagem. As perguntas eram fáceis, e eu já havia respondido em alguma pergunta pessoal...
    Porém, hoje foi o ápice dos nervos da Kibe. O Marcelo foi falar com a Anita sobre o leite e a Daiana estava no grupo dela. Então, mordiscando uma caneta, fazendo uma cara bem sécsi ela disse: Eu como capim, mas não produzo leite.
    ...
    PARA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!
    PQP! O que ela acabou de dizer? Ela se auto chamou de vaca? Ela bate bem da cabeça? Jesus...
    O pior foi depois da aula...
    A menina olhou para o Marcelo pela janela de vidro e ficou mostrando a lígua pra ele! Como se fosse aquela menina do Exorcista parodiada no Todo Mundo Em Pânico 2 (primeiros minutos do filme)
    Aí eu pensei: Agora a Kibe roda a baiana...

10/2
    Terminamos de copiar o ditado extensivo e exaustivo da Priscila sobre contração muscular.   
    Ela pediu pra Dani desenhar na lousa e depois foi explicando pouco a pouco para a gente. Caraca, como o músculo é complicado gente! Eu não estou com a imagem no momento, mas quando estiver eu falo para vocês por meio de um extra, OK?
    Teve uma hora que eu simplesmente falei no meio da explicação: Deu Tilt.
    E foi justamente isso que levou a mais uma...
Histórias da Priscila
#4 – Tilt

A Priscila e o marido dela, estavam comemorando uma data especial no Shopping e tiveram um baita almoço. E como era uma data especial ela decidiu deixar o marido escolher o que comer de sobremesa. As opções eram: Bolo Trufado ou um Petit Gateu. Nesse instante o marido dela ficou parado, pensativo.
“O que foi?” Ela perguntou
“Deu Tilt... Não sei o que escolher!”
#PokerFace

    No fim, a Daiana acabou não fazendo nada, e a baiana da Ágata foi rodar lá nas alas das baianas no Carnaval... *Desculpa a piada ruim, mas eu não resisti.... =D*
    Moral da História: Cão que late não morde.


sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Raise Our Ballons!


Se há uma coisa que toda 8ª série e todo 3º ano quer fazer no ano é causar.
Querem ser impactantes, os fodões, os reis do pedaço.
E com a minha sala, não podia ser diferente.
Desde o fim de 2010 sempre imaginei a minha sala como um mini inferno, cheio de gente chata, aonde algumas pessoas foram jogadas lá por engano (eu e meus amigos - modesto e humilde??? #not!)
Mas se uma coisa eu aprendi foi que:
Se a vida te dá uma semente japonesa, plante uma cerejeira.
Não faz sentido... - mas alguma coisa nessa curta vida faz? - Mas eu gosto de usar essa frase, tá claro que não é um dos meus bordões favoritos como OMG ou Tenso, mas não custa nada ter uma frase de efeito, não é?
Hoje no SESI decidimos fazer uma guerra de bexigas de água. 
Imaginem: 3º Ano pirando pra causar + 400 (ou muito mais) bexigas de água...
Enfim, para hoje eu só vim preparado com uma toalha, caso alguém me meta nessa confusão...
E no fim, acabei saindo completamente ensopado!
Gente, imaginem: não tinha uma roupa extra e estava com uma calça jeans que se enxarcou completamente!
*Relembrando: Essa Guerra foi no intervalo!!!*
Foi uma loucura total e eu pude ver a cara verde de inveja daquele povinho do 1º ano, olhando a gente como se fosse um zoológico kkkkkk
Foi incrível!
Cheguei até escorregar e deslizar no chão!!!

Talvez minha opinião da minha sala monstro não seja tão ruim assim. Curti o momento.
Eu quero, daqui a dez anos, ver uma foto e dizer: Só tinha gente retardada e idiota na minha sala, mas foi a melhor época da minha vida.
A vida é uma caixinha de surpresas!

Consegue me achar no meio desse povo todo?

domingo, 5 de fevereiro de 2012

O Diário de um Estudante de Alimentos Parte II - Capítulos 18, 19 e 20

Olá povo!
E como prometido à vocês!
A 2ª Temporada da Fic estréia hoje com 3 capítulos!!!
Aproveitem!


O Diário de um Estudante de Alimentos Parte II

18 – Recomeço

18/1
    Olha, vou te contar. Tentei aproveitar as férias bonitinho, escrevi uma tonelada de páginas do meu livro *eu não paro de falar isso, daqui a pouco as pessoas vão me achar lelé se já não acham*, ouvi bastante música, vi filmes... Tentei fazer de tudo o melhor.
    Mas vou te contar, acordar todo dia 8:00, 9:00, 10:00, 11:00 horas era incrível... Nem acredito que amanhã vou ter que acordar 5:35! Na verdade eu poderia muito bem acordar às 6:00 mas como sou muito enrolado para fazer minhas coisas, especialmente a essa hora, decidi acordar um pouco mais cedo....
    Amanhã começa o novo desafio, o 2º termo. Ai, ai...

19/1
    Bom pessoal... Aqui estou, de pé, às 5:35... Quando me olhei no espelho achei que era um monstro, mas era só eu *PIADA MAIS MAINSTREAM DO QUE A LUIZA DO CANADÁ*
    Acho que posso começar o dia, com uma musiquinha editada da Rebecca Black:
5:35 a.m. waking up in the dawn
Gotta be fresh, gotta take a cold shower
Gotta have my…
*abre a porta do armário da cozinha e faz vista panorâmica*
Gotta have my few cookies, gotta eat them...
Sleeping in everything, the time is goin’
Tickin' on and on, everybody's still sleeping
Gotta get down to ( )the bus stop (x)a freaking long journey on foot
Gotta run fast, I see my friends (My friends)
Riding on the bus
Going by car
Gotta make my mind up
Why am I too young to drive?
It's Thursday, Thursday
Gotta start studies on Thursday…
    Acho que eu dispense traduções dessa música...
    Cheguei no SENAI, tudo bonitinho, passei pela portaria, tudo bonitinho, esperei o pessoal, tudo bonitinho, fomos à nossa sala, tudo feinho.
    Não creio que a gente vai ficar naquele muquifo! A sala é muito pequena... Bom, fazer o quê, né?
    A primeira professora que se apresentou para nós foi a Ju, ela ensina duas matérias ao mesmo tempo: Leites e Derivados e Balas, Confeitos e Chocolates. É pessoal. CHOCOLATES! *Todos pula de alegria e As Mina Pira + um bando de meme do Facebook*
    Pois é, estava tudo a mil maravilhas, até que... Algo afligiu o coração da professora...

Manual de Sobrevivência no SENAI
#10 – Aflições do coração da Ju
Se tem um professor que nunca vai te dar tudo mastigado, vai ser a Ju. Se você por acaso tiver aula com ela, e acabar escutando a seguinte frase: “Pessoal... Tenho uma pergunta que está afligindo o meu coração *-*” = Pesquisa pra você fazer...
   
    A pergunta se dividia em quatro, tudo sobre as vaquinhas :3. Idade, ordenha essas coisas assim... E o que eu achei?
    Uma vaca consegue viver por volta dos 18-20 anos e consegue dar 30 a 45 litros de leite por dia. Geralmente são ordenhadas em 4 a 5 minutos e é recomendado que ela seja ordenhada duas vezes ao dia, para que ocorra maiores produções na lactação.
    Uma vaca pode ter um filhote por ano, a partir dos 2 anos de idade, ou seja, uma vaca pode chegar a parir 18 filhotes durante sua vida. A produção de leite vai aumentando da 2ª a 7ª cria, do 7º ao 10º bezerro a produção se mantém estável. Em geral do 10º filhote em diante, começa a diminuir a produção, ocasião em que a vaca tem que ser substituída. #QUEDÓ!
   
    A Ju é uma ótima professora, é atenciosa e calma, não é a toa que muita gente vomita arco-íris nas aulas dela *TUMBLR FEELINGS*

20/1
    Eu ri muito hoje... O 3º termo e a minha classe, torcaram de sala... Eles voltaram para o muquifo! Já passaram um semestre inteirinho lá, e agora vão voltar... #QUEDÓ!: ( )Sim ( )Não *Você decide*
    Hoje a aula foi com a Priscila, e é aula de Carnes!
    Analisando a situação, a Priscila é bem animada, divertida e direta. Sem falar que no meio do nada na aula ela conta histórias que vivenciou... *Eu não me lembro se ela contou uma história esse dia...*
    Fizemos... Dinâmicas D=
    Plaquinhas com nome, apresentações, figura que mais se identifica foram uma delas... E logo depois disso tudo ela nos deu umas revistas para ler um artigo e apresenta-lo na frente de todo mundo... D=²

Manual de Sobrevivência no SENAI
#11 – Mini Seminários
Em quase toda a aula da Priscila, você vai ter que fazer, o que eu chamo de mini seminários. Vish.


19 – É Punk...

23/1
    Aula da Ju, só que dessa vez de Balas, Confeitos e Chocolates. Uma das minhas resoluções para esse ano no SENAI seria escrever tudo que puder... Mas é meio punk copiar uma info enquando a professora passa outra... No final eu consegui acumular... 7 pesquisas pessoais (Pesquisas pessoais são pesquisas complementares só para mim, para poder entender a matéria melhor) sem falar de outras duas que afligiram o coração da coitada... =/
    Ah! Mas o momento mais tenso da aula foi: A Ju já marcou um seminário. Meu grupo vai falar sobre balas duras.
    Essa foi punk também, assim que a professora falou para fazer grupos. A Isadora e a Thaís pularam em cima de mim, como uma Kibe que pula ao ver um chiclete. Não culpo elas, afinal, o grupo interior delas ficou com outras pessoas e no final o grupo ficou formado assim: Eu, Isadora, Thaís, Domênica e Kibe *alguém tem que se lembrar do ser da menina não é?*

24/1
    Se tem uma aula que mais foge de todos os assuntos, com certeza é GEP: Gestão de Pessoas. O SENAI está nos preparando para sermos líderes *vomita muito arco-íris*
    O professor é ninguém mais, ninguém menos que a figura: Marcelo Chacom.
    A aula dele foi um blá, blá, blá intenso antes do intervalo... DEPOIS.
    DI-NÂ-MI-CA!
    Ele nos fez formar um círculo, entregou um pedaço de barbante para o Matias, que segurou um pedaço e jogou o rolo para outra pessoa. O objetivo era criar uma teia. A Jennifer jogou pra mim e eu joguei para a Janaína. Em instantes, teia pronta.
    Então, com uma bexiga, ele disse: Isso aqui é a minha empresa, se ela cair, está falida.
    Aí todo mundo pensou: Agora a p0rr4 ficou séria. Nossa teia tava cheia de buraquinhos. Ele atirou o balão e ele quase caiu em um buraquinho, tivemos que fazer a bexiga ir pelos ares, o Chacom ficou furioso! Estão brincando com a minha empresa?
    OK, segunda tentativa: Buracos reforçados e bexiga parada. De repente o Matias relaxou um pouquinho e o Chacom falou que nem o Roberto Justus do Aprendiz: VOCÊ ESTÁ DEMITIDO! Larga essa linha. E é assim que a dinâmica andava. Será que a empresa se mantém com o pessoal sendo demitido?
    Aí eu pensei: Agora a p0rr4 ficou punk. Meu barbante é um dos que estão segurando a bexiga no lugar.
    E um por um, o Chacom foi demitindo, até que chegou a minha vez...
    — EDUARDO! — *Trovões passaram pela janela na minha cabeça nesse instante*
    A Anita até tentou me defender...
    — Não, o Eduardo é gente fina... — *Me senti importante pelo menos uma vez na vida...*
    — Então tá... Eduardo, você fica mais um tempinho...
    Fiquei aliviado... UFA!
    — Seu tempinho acabou. Tá DEMITIDO. *Troll face*
    TU TÁ DE SACANAGEM COM A MINHA CARA RAPÁ?




    Não demorou muito e a bexiga caiu... Moral da história: Cuidado com as suas decisões... Elas podem te ajudar ou te ferrar.

25/1
    Carnes.
    Não aprendi coisas tão relevantes. Somente alguns dados a respeito do mercado Bovino e algumas histórias...

Histórias da Priscila
#1 – Amor ao primeiro... Queijo?
O queijo foi o artefato principal para que ocorresse o casamento da Priscila. Quando ela ainda trabalhava em uma indústria de queijos. O futuro marido dela a ajudou a carregar um queijo super pesado. E de lambuja, ganhou algumas raspinhas do produto...
O Amor é lindo!
#2 – Alma Penada
Quando a professora trabalhou em uma indústria de carnes, o seu amigo teve que fazer um abate de um frango, coisa que ele nunca fez. A professora não pode ajudar ele, mas deu o maior apoio moral.
O cara cortou o pescoço do animal e advinha... O bicho saiu correndo sem cabeça!
Resultado: +1 Vegetariano no mundo...


    Ah, a Priscila também passou um seminário para a gente. Vamos falar sobre a nossa opinião a respeito do mercado de carnes...

26/1
    Leites.
    A Ju nos apresentou o panorama geral do Leite, em relação a seu comércio e também nos apresentou 4 raças de vacas leiteiras: Holandesa, Jersey, Simental e Gir. Agora quando você quiser xingar uma amiguinha de vaca, você tem essas opções!
    Também aprendemos um pouco sobre a formação do leite. Mas não tudo... =/

27/1
    Carnes de novo.
    Priscila nos apresentou o panorama da carne de frango e da suína. O que rendeu outra história totalmente a ver com o conteúdo abordado em sala de aula.

Histórias da Priscila
#3 – Salada, saladinha, bem temperadinha...
Priscila foi almoçar em um restaurante que tinha perto do seu trabalho e decidiu pegar um pouco de salada. Prático e normal. Ela salpicou o sal e deu umas três garfadas do prato... Foi quando ela viu... UM CARAMUJO andando pela salada...
“Não quero tratamento VIP”

    Então tivemos a apresentação do mercado de Carnes. Eu peguei tudo do caderno da Carol – por motivos de falta de tempo...
    Nossa apresentação foi supimpa! Até a hora da Priscila perguntar quais eram as referências...
    De repente, a Domênica começou a falar, parece que baixou o santo na menina, e para ajudar falei também...
    Depois disso, a Domênica falou que a gente fez um Chapeleiro Maluco. É que ano passado tivemos uma apresentação de Pilhas e no grupo da Domênica, tinha uma doença chamada Chapeleiro Maluco, e ninguém sabia o que era, até o momento em que o professor perguntou. Aí ferrou tudo, se não fosse pela Bia no embromation, a menina conseguiu inventar uma história toda maluca dessa doença e o professor acreditou...

20 – Trauma

30/1
    Tivemos aula de Leites.
    Aprendi coisas a respeito do Leite da Vaquinha :3
    Sabiam que é necessário 400 Litros de Sangue correndo para que a vaca consiga excretar 1 Litro de Leite? E que a vaca não tem tetas e sim tetos? E também que ela tem 4 tetos, devido à quatro compartimentos no úbere? – onde os tetos ficam.
    Pois é gente, vivendo e aprendendo...

31/1
    Gestão de Pessoas.
    O Chacom faltou e quem deu a aula para gente foi a Angélica, se você se lembrar bem, foi ela quem nos deu as boas vindas.
    Revisamos os conceitos da aula passada e aí ela perguntou para gente o seguinte:
    “O que a empresa espera do colaborador” e “O que o colaborador espera da empresa”
    Juntamos nossa resposta em um grupo para fazer um cartaz com elas. O cartaz tinha que conter as respostas e um nome envolvendo o assunto.
    Como sempre, meu grupo foi o último a terminar e por isso, fomos obrigados a dar um nome o mais rápido possível. E adivinha qual foi o escolhido?
Diamante *Poker Face*
    É... Estaria tudo bem, se a Angélica não pedisse para cada grupo explicar o nome. Vish...
    A hora fatídica chegou e como se baixasse um santo, chamado Chapeleiro Maluco *XD* expliquei a razão do nome Diamante.
    Escolhemos esse nome, pois o que está no cartaz são valores que devem acontecer nas empresas e que valem muito, como um diamante.
    E não é que deu certo? Chapeleiro Maluco foi super efetivo!

1/2
    Carnes.
    E foi por causa dessa aula que eu decidi tirar o título do capítulo.
    A professora explicou os tipos de raça bovina, que são enormes. E basicamente dá para resumir que 20% do gado aqui no Brasil é Europeu contra 80% que é da Índia, isso mesmo, de onde veio o boi Zebu, que aliás, é o único que apresenta o corte Cupim. Raças europeias não tem esse corte.
    Estava tudo lindo até a professora decidir passar um vídeo de abate.
    Gente, se você tem estômago fraco, não assista um vídeo de abate, ainda mais se for clandestino, que é 10 vezes pior que um abate legalizado...
    Não vou entrar em detalhes profundos para não deixar mais pessoas traumatizadas, mas essa é a pura verdade...
    Não fiquei exatamente traumatizado, mas estou pensando duas vezes antes de consumir uma carne bovina... Será que estou me tornando vegetariano?
    Quase no final da aula, a professora pediu para a gente elaborar o fluxograma do abate, eu resolvi fazer com a Kibe, porém olha só a abobrinha que saiu...
    — OK, Kibe, próxima etapa...
    — Pode falar.
    — Eu vou ditar, por que é um nome difícil.
    — Tá bom...
    — E-V-I-S-C...
    — Huhum...
    — “Eração”
    Estava tudo perfeito quando vi na folha o seguinte: Eviscão. *Are You Kidding Me Face*
    Devido a esse erro grotesco, e várias canetas que falhavam constantemente, fomos um dos últimos a sair da aula...

2/2
    A Ju terminou de explicar algumas coisas a respeito da formação do Leite e partiu para a Ordenha.
    Sabe por que muitas criancinhas nunca conseguem tirar o leite da vaca quando vai a um passeio em uma fazenda? Além de apertarem o teto do animal incorretamente, para fazer o leite descer no caso da ordenha manual é necessário pegar o teto com cuidado e gentileza, gerando assim impulsos nervosos que vão até o cérebro do animal, onde ele bombeia o sangue que chega aos alvéolos para liberar o leite que desce até encher os compartimentos do úbere e assim, sair pelo teto. Porém nesse caminho existe uma glândula que libera adrenalina e é justamente essa glândula que contraí a saída do teto para que não vaze leite. Por isso é necessário esse estímulo.
    No caso da ordenha automatizada, as teteiras – é, o nome daqueles tubinhos que vão nos tetos da vaca se chama teteiras... – eles fazem a sucção, que é semelhante ao bezerro quando vai tomar o leite da mamãe vaquinha, e isso é bem parecido com o estímulo que libera os impulsos nervosos.
    Puxa... Parece tão difícil, mas não é...

3/2
    Para essa aula, a Priscila pediu para que a gente fizesse uma pesquisa sobre os tipos de abate Halal e Kohser.
    Mas antes fizemos um mini-game para adivinhar o nome dos cortes do boi... De 23 tipos de corte... Eu, a Kibe e a Dômenica acertamos... 8. *Tá sabendo legal*
    Depois veio a apresentação, para não ficarmos naquele nervosismo, decidi que seríamos o 5º grupo. Afinal, todos iriam falar da mesma coisa...
    Cada vez mais a coitada da Kibe ficava muito ansiosa e nervosa.
    Quando era nossa vez, outro grupo se levantou primeiro. E depois a Kauane e a Daiane pediram para apresentar na nossa frente... Por fim, fomos o último grupo a apresentar...
    Dei uma pré-introdução para o pessoal e a Kibe começou com a verdadeira introdução, porém teve uma palavra em que ela travou. Ela lia certo, mas parava e dava chilique lá na frente. A coitada tentou umas 4 vezes, aí percebeu que não ía pra frente e passou o papel para mim, eu li a parte dela e ainda falei a minha. Resumindo...
    Halal e Kosher são ambos rituais de abate de animais. Acontece que o Halal é islâmico e Kosher é judaico. Tirando alguns pequenos detalhes os dois são bem similares, a intuição desses abates é degolar o animal vivo, para que ele não sofra muito. Porém estudos dizem que o animal sofre muito mais do que o abate convencional, no qual ele simplesmente é tranquilizado com uma pistola que dá uma espécie de porradas no crânio do animal, então eles cortam a jugular do animal realizando uma sangria e matando-o inconsciente.
    É gente... Abate é trash, tenso e punk.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Top 10... Volta ás Aulas

Top 10...
Volta às Aulas

É pessoal... As férias já acabaram e estamos voltando todos de cabeça baixa para a escola, marchando em direção ao conhecimento.
Porém existem algumas coisas que acabam prejudicando o nosso ensino, e até mesmo o gosto de ir a esse lugar.
Enumerei 10 itens e o pessoal votou, está na hora de saber o que atrapalha a nossa estadia feliz na escola.

10. Garotas "Marmitas"



  Traduzindo para uma linguagem mais vulgar e mais popular: Biscates. Garotas Marmitas recebem esse nome pelo devido fato de: Todo mundo comer, se é que me entendem. São meninas precoces que se vestem ultrajadamente a fim de conseguir um namorado, mas só acaba conseguindo uma amizade colorida - que nem chega a ser amizade... 
  Acontece que elas gostam tanto que repetem inúmeras vezes a dose e recebem esse fatídico apelido... Geralmente tem tendências de serem mães aos 14 anos e vó aos 30 se a filha seguir o exemplo...

9. Funcionários Carrancudos


  Imagine a situação: Você acorda de bem com a vida, se arruma para ir a escola, segue seu caminho todo feliz e por alguma razão decide comprimentar o porteiro. "Bom dia!" "O QUE É QUE HÁ DE BOM?"
  Resultado: O Mal humor do funcionário passa para você e o seu dia perfeito se estraga na mesma hora. Parece um tópico realmente inútil a ser discutido. Mas TODA escola sem excessão tem pelo menos um funcionário que se enquadre nessa categoria.
  Agora, uma experiência minha: Eu tinha faltado na escola e entregaram um bilhete sobre a reúnião de pais no dia anterior, perguntei para a secretária se ela poderia fazer uma cópia para mim, advinhem o que ela respondeu... "SE VIRA!"

8. Comida Ruim


  Isso não chega a se aplicar a todas as escolas, mas cá entre nós: tem umas que pelo amor de Deus. 
  Você chega no refeitório, pega seu prato e... olha aquilo e fica se perguntando, o que é. Aí na sua mente dispara um sinal: ONI [Objeto Não Identificado], mais conhecido como a merenda de muitas escolas.
  Que o governo já é sacana com a merenda escolar, todo mundo sabe, mas tem vez que a própria escola se supera. 
  Exemplo de vida: Teve um dia que todo mundo estava animado para comer, afinal, falaram que era pudim de chocolate! Fizeram uma fila enorme e todo mundo com o pratinho na mão. Veio a merendeira com uma colher e... Ploft! Uma coisa marrom no meu prato... Nem vou mencionar o gosto... 

7. Patricinhas

  
  São da família animal Papis Tens Dinheirus Et Compra Tudos Para Mim. OK, piadinhas a parte, porém é verdade. 
  Raramente você verá esse pessoal de uma cor que não seja rosa. São as primeiras pessoas da sala que tem algo de inovador e chique e adoram se exibir por isso. Podem ser também marmitas, mas com categoria, segundo as próprias... Acima de tudo, elas amam dizer que são melhores que você e querem te derrotar em tudo...

6. Infra Estrutura


  Portas que rangem, janelas quebradas, paredes rachadas e mofo em todo o canto. Outro dos mais de mil deslize do governo.
  Seu fosse falar cada escola que tem um problema você iria presenciar o fim do mundo lendo esse post. Mas essa é a triste realidade. Quando não é pela a idade, é devido ao vandalismo. Os próprios alunos não respeitam a própria escola e acabam fazendo a maior zueira. 
  A situação não é nada agradável... Tem que ver isso direito aí...

5. Ensino de Baixa Qualidade


   De acordo com a legislação brasileira, o ensino é direito de todas as crianças e adolescentes. Mas uma triste realidade do Brasil é que: Tudo que é para todos é de baixa qualidade.
   E agora, como vamos achar um ensino de qualidade para nossos jovens? Ma$ é muito fácil achar, pe$$oal! Escolas particulares que custam uma nota, só para que tenhamos certeza de que a próxima geração seja consciente. 
  E por que o ensino é de baixa qualidade nas escolas públicas? Por que o professor é banalizado, perdeu seu posto de autoridade e está sendo dominado por alunos ridículos que acham que mandam em alguma coisa. =/

4. Provas em excesso


  Sabemos que provas são importantes para que você consiga uma nota e passe de ano, porém tem alguns professores que abusam do poder autoritário e metem uma prova atrás da outra. 
  Alunos de 8ª série, 3º Ano do Ensino Médio e de faculdade sofrem em dobro com esses professores maléficos, pois além de se descabelarem com provas normais da escola/curso tem que prestar provas para escolas técnicas, universidades e também trabalham. 
  Não somos super humanos e com isso, os professores só estimulam o ato de decorar, que é esquecido em duas semanas no máximo, ou seja o aluno não absorve o conteúdo 100%.
3. Playboys


  Podia pegar uma foto de um Playboy mesmo, mas eu decidi pegar essa, o tal do Evandro, o bicho esquisito que assustou milhares de membros do orkut quando a rede estava no auge.
  Playboy é algo que se divide em dois: O Playboy, que é o novo Mauricinho na linguagem popular, e o Mauricinho é a versão masculina da Patricinha... Então dispenso comentários.
  Porém a segunda parte é o Preibói, aquela pessoa que não tem onde cair morta e quer pagar uma de rico, descolore todos os pelos do corpo, usa e abusa de Oakley e adora imprimir dinheiro na impressora para tirar uma foto na rede social decadente orkut. 
  É quase impossível uma escola não ter um exemplar de cada subespécie de Playboy...

2. Funkeiros


  De todos os tipos de pessoa que tem um gosto musical questionável, o Funkeiro supera os Pagodeiros. Esse tipo de pessoa não escuta Vicki Anderson, Frakie Beverly e muito menos Jimi Hendrix, mas escutam Os Avassaladores, Mulher Melão e amam dançar Surra de Bunda...
  Além de querer converter as pessoas ao seu redor com músicas prejorativas, palavras chulas, banalização da mulher e letras horrívelmente pegajosas, eles desconhecem o item Fone de Ouvido e torturam pessoas em ônibus e metrôs. Um Funkeiro que quer o seu som só para si ainda está para nascer.
Ignorem o erro GRO-TES-CO e apoiem a causa

1. Falta de Limpeza


  Acreditem, isso é a fachada de uma escola após um dia de eleição... Realmente o grande problema das escolas é a falta de limpeza. Gente do céu, eu já vi muita escola suja na minha vida e posso dizer que isso é um problema universal nas escolas.
  Agora imagem a equação: Escola com Infra Estrutura péssima + Vândalos + Funcionários Carrancudos, essa escola deve ser linda em termos sanitários. Mas nesse caso a culpa é mais dos alunos do que dos funcionários da limpeza. Afinal, se eles não dão conta do recado, é por que a gente suja de mais, não é?

É gente, e o que podemos tirar de lição disso? Podemos mudar poucas coisas, mas se conseguimos mudar pelo menos uma coisa já é um grande avanço...
O próximo Top 10 é:
Garotas de Vídeo Games.
A votação vai até o dia 3 de Março às 12:00 horário de Brasília.
Para votar é só procurar a guia Top 10 ao lado direito do blog!
VOTEM!!!

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Começa com V e termina com R

Pessoal...
Infelizmente as postagens do blog vão sair com muito menos frequência do que antes...
Razões?

Isso mesmo pessoal.
O temido
VESTIBULAR
E esse bendito não vai só atrapalhar o meu blog, como meu livro e outros projetos também...
Mas não se preocupem, eu vou - tentar - postar aos sábados, OK ;)
Então até sábado!!!