Páginas

domingo, 26 de agosto de 2012

Última Chance


Antes de começar esse post, eu queria me desculpar, por não poder visitar e comentar em seus blogs, aqui está uma correria maluca! Vocês nem imaginam... TT^TT

Última Chance

  Exatamente quinta-feira passada descobri que minha sala fará algo inusitado no Interclasses 2012. Iremos cantar na abertura. OK. Tenho dois pontos para observar diante desta informação:

1 - Paticipei diretamente nos Interclasses 2006 e 2007 no show de talentos *cantei... que vergoooooonha* e nos Interclasses 2008 e 2009 na categoria xadrez - fiquei em 2º lugar na primeira e em 3º na segunda* Depois dos Interclasses 2010 para frente nunca participei... No que eu quero chegar é: Nesses 7 anos de interclasses em que participei, nenhum deles teve uma abertura própriamente dita.
2 - E por que o 3º Ano vai cantar?

  Alguns podem pensar: Ah, é por que é o 3º Ano... São formandos, eles tem que deixar sua marca na escola. Me chamem de antiquado ou seja lá o que for, mas eu acho ridículo ficar falando para fazer maluquices ou qualquer outra coisa tudo por que é o 3º Ano. 
  Em alguns posts eu tentei, tentei mesmo, mostrar que eu não queria ter a visão de que a minha sala é a pior de todas, de todas as salas que o Ensino Médio do SESI 403 já teve.Digo isso, por testemunhas de alguns professores, coordenadores e até mesmo da própria diretora e da minha própria observação.
  Então eu fico pensando, seria essa uma última tática de todas de fazer o 3º Ano se unir? Para mim soa como uma. E cá entre nós, não quero cantar. Iríamos cantar 2 músicas gospel, 2 músicas sertanejas, 1 música rock e outra pseudo-rock, e uma de reggae. Sério, se a sala fosse legal eu faria um esforço enorme para cantar gospel, sertanejo e o pseudo-rock. Sou católico e talz, mas a minha sala canta gospel aos 7 ventos como se fosse a coisa mais natural do mundo e depois todo mundo fica se odiando. Onde já se viu isso? Falar que ama Deus e Jesus e depois só querer o mal do próximo? Enfim, não quero me aprofundar nisso.
  Sim e bato na mesma tecla, há uma grande falta de respeito com a sala. Duas amigas minhas foram chamadas de cachorra e vaca respectivamente. Sem falar de brincadeira completamente indevidas feita entre si e é claro, a falta de respeito com professores, é algo tremendo. Tantas pessoas queriam ter a oportunidade de estar estudando lá e o pessoal só vai para vadiar! É uma escola tão boa, um ensido tão bom... Vocês deviam ter visto a quantidade de pessoas que foram embora sexta-feira após o intervalo só para não assistirem a aula de espanhol!
  Na hora de escolher as músicas, brinquei com o Oswaldo dizendo que a gente devia cantar 4'33'' e Chris Nicoloti.
  Se for para cantar, ficarei lá no fundo de bico calado. Me recuso á cantar com uma sala dessas, é meu protesto. 
  Cada dia mais, anseio pelo dia da formatura.

E.M.D.

domingo, 19 de agosto de 2012

Bienal do Livro 2012


  Oi gente!
  Eu sei... Eu sumi, acontece que deu uns problemas na minha internet e fiquei incomunicável até ontem...
  Enfim, hoje eu venho falar da Bienal do Livro 2012 que aconteceu em São Paulo no Anhembi. Nunca tinha ido em uma bienal e tive a grande oportunidade de ir com a escola. E agora vou apresentar á vocês os meus companheiros de viagem (Alguns deles vocês já conhecem)

Os palhaços Kibe e Oswaldo XD

Ok... Da esquerda para a direita....
Na frente vemos o Igor e o Andrey
Logo atrás a Fran com o namorado dela o Renan, a Kibe, a Thaís e Carol com cara de sono
Depois vem a Mayara, Nathália, Thaís Garrido e Eu
Ah e lá no fundão, em pé, está o Nicholas.

A viagem foi tranquila, a gente riu muito - como se isso fosse novidade - e aproveitei para tirar fotos do céu, que aliás estava lindo :D

Estava formando um céu nublado... Adoro quando o céu fica assim...

Quando eu cheguei lá fiquei tipo... OMG! Esse lugar é gigante!
  Imagem entrar em lugar enorme onde tudo é voltado exclusivamente para a literatura! Fiquei muito eufórico, porém o que tinha de livro, tinha de gente, estava muito cheio.
Outra coisa ruim foi o tempo que a gente teve, chegamos lá era 15:00 e voltamos para o ônibus tecnicamente 16:50 - tecncicamente, por que não foi bem assim...
   Visitei várias estandes como a da Intrínseca, estava pensando em comprar a Twilight Graphic Novel 2, mas aí eu parei e pensei... Pensa um pouco Du, você vai pela primeira vez á Bienal do Livro para comprar Crepúsculo em mangá? OK, a desenhista é fueda, mas não vale a pena gastar R$20,00 com esse mangá, há muito mais coisa legal. 
  Foi o que eu fiz... Procurei o livro Amanhã 4 e Eragon, que facada nas costas... Depois de conferir o preço quase fiquei desistimulado de comprar os livros... 
  Depois a gente sentou para lanchar e logo em seguida chamei o Oswaldo para comprar alguns livros aí fizemos a festa! Comprei um livro sobre mitologia japonesa junto com ele, depois comprei o livro Starters e um sobre a Segunda Guerra Mundial. Ele comprou Sol Negro e Como Desenhar Criaturas Mitológicas.
  Faltava apenas 5 minutos para o pessoal se reúnir e eu não tinha achado a estande da Comix, foi aí que encontrei minha amiga do 1º Ano a Isabela, aí a gente foi correndo pra estande, fiquei na fila enquanto ela procurava o Livro e o Mangá, e voltamos o mais rápido possível. Aí vem a decepção... Ficamos uns 20 minutos esperando... Dava para eu e ela irmos numa boa :/

  Na volta foi a parte mais comédia, passou vários ônibus escolares e as meninas do 2º ano que estavam junto com a gente começaram a despirocar... Porém eu acho que o nosso ônibus passou do lado de um caminhão militar umas 5 ou 6 vezes e foi muito engraçado ver a Kibe ficando louca quando passou o caminhão... Acho que a cara dela era mais ou menos assim:





Agora vamos falar sobre o que eu comprei...



As Melhores Lendas Japonesas, de Carmen Seganfredo (Editora Artes e Oficios), esse foi direto de Porto Alegre! A vendedora foi muito gentil com a gente, o livro tinha um desconto muito bom, tanto que quando eu paguei coletivamente com o Oswaldo, cada um pagou acho que R$15,00! Acho que nem precisa falar sobre o que este livro se trata não é? O que eu posso dizer é que ele está recheado com muitas lendas! Dei uma olhadinha rápida e pelo que vi, promete! Será que vai ter a lenda da Hanako ou da Kuchisake Onna???
Starters, de Lisa Price (Editora Novo Conceito), eu vi esse livro na estande da editora e ele me chamou muito a atenção, ele estava em destaque como lançamento, logo após o livro Estilhaça-me que aliás depois que li a amostra grátis que veio no Startes, fiquei com vontade de ler... O livro fala sobre algo que me chama muito a atenção, Biotecnologia. O Booktrailer avisa: PREPARE-SE! Você está prestes a ser inserido na vida de outra pessoa. Me diz se esse livro não promete! E ainda traz a recomendação do The New York Times: Fans de Jogos Vorazes vão adorar... Eu sou um fã de Jogos Vorazes... Então... Agora é só ler, né?
 Enigmas e Mistérios da Segunda Guerra Mundial, de Jésus Hernández (Editora Madras), quando entrei nessa estande junto com o Oswaldo, eu reparei um forte cheiro de incenso. A Editora Madras trata bastante sobre Guerras, Mitologia e Regiliosidade, tanto que foi lá que o Oswaldo comprou seus dois livros. A Segunda Guerra sempre me fascinou, eu sempre fiquei cuiroso para entender seus motivos e ainda mais seus enigmas e mistérios... O que será que aconteceu de verdade, hein?
Resident Evil: A Conspiração da Umbrella, de S. D. Perry (Editora NewPOP), sempre procurei por este livro e só achava ele em inglês, não que ler ele em inglês fosse um problema, eu só estava esperando o momento certo, aí eu descobri o livro! Finalmente! Faz o que? 10 anos que a S. D. Perry escreveu o livro e só agora ele vai ser publicado no Brasil? Demorou!
A história segue fielmente a trama do jogo de Playstation lançado em 1997. E nem preciso dizer como acho Resident Evil foda, se não, nem estaria escrevendo a fanfic BH.



Resident Evil, Biohazard: Marhawa Desire, de Naoki Serizawa (Panini Comics), fico feliz em saber que tem um mangá de Resident Evil e que eles mantiveram o nome original do game, que é Biohazard (Daí veio o nome da fanfic: BH, Biohazard), eu já li a história e garanto... Vale muito a pena ler. Pelo que entendi, a história se passa em um meio termo entre Resident Evil 5 e Resident Evil 6, pois há a presença do oficial Piers da BSAA, que não aparece no RE5, e sim no RE6. É só uma suposição, mas super recomendo esse mangá!



  Vou fazer alguns trabalhos escolares agora u.u... 
E.M.D.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

BH - A Casa Maldita Capítulo 3

Pessoal, antes de começar com o post eu queria dar um pequeno aviso...
Adivinha quem vai na na Bienal do Livro nesta quinta dia 16???
Isso mesmo, Yo!
Vou tirar muitas fotos e ver muita coisa legal! E faço um post bem legal sábado OK?
Então vamos ao post...


3. Umbrella
            — E o que este “pedaço” de diário diz Jennifer? — perguntei.
            — Por favor, você não está falando com sua chefe ou algo do tipo, pode me chamar de Jenny... — falou Jenny olhando fria para mim.
            — O...k, mas enfim, o que isso fala?
            — Hum... Vejamos aqui...
            ... experimentos correm bem, as cobaias parecem reagir bem, apesar de que notei leves sinais de putrefação em alguns. Espero que não realizem antropofagia. Isso seria terrível para o desenvolvimento do experimento. Mandei o relatório para a Umbrella, espero que achem melhor continuar a desenvolver esse experimento. Afinal, não queremos que o desastre de Raccoon City aconteça novamente...
            — Acabou... — falou Jenny perplexa ao observar a folha.
            — Tem algo escrito no verso? — perguntei á ela.
            — Deixe-me ver...
            ... isso poderia complicar mais ainda a situação da empresa. Terei que concluir isso o mais rápido possível, não poderei ficar muito tempo por aqui.
            — Se for o que estou pensando... — falou Jenny sozinha — Mas seria mesmo? É tudo verdade mesmo?
            — O que é verdade? — perguntei.
            — Há algum tempo, ouvi rumores a respeito sobre esse tal desastre de Raccoon City.
            — Hum... Claro, todos ouvimos. Ouve um grande vazamento de gás e a cidade inteira explodiu! — falou Chowder como se fosse algo que todos soubessem.
            — Isso foi o que a mídia divulgou — falou Jenny — Mas eu já ouvi falar em algo relacionado a isso. Disseram que a Umbrella mantinha um laboratório clandestino na floresta de Raccoon City, por alguma razão, este vírus que estava sendo desenvolvido neste laboratório, chegou á cidade. O vírus transformava pessoas em antropófagos, canibais. As forças armadas não conseguiram conter o ocorrido e tiveram que explodir a cidade para que a contaminação não se alastrasse por outras cidades.
            — Isso é meio teoria da conspiração contra a Umbrella, não acha? — falei meio desconfiado.
            — Pode até ser... Mas faz todo o sentido! Olhe só! — disse Jenny apontando para o papel — Espero que não realizem antropofagia. Ele não poderia estar falando de outras criaturas á não ser humanos!
            — Por quê? — perguntou Chowder — Qualquer criatura pode ser um canibal!
            — Não um ser antropófago. — olhou Jenny séria, porém preocupada.
            — E o quê esses seres antropófagos tem de tão especial? — perguntou Chowder desconfiado de Jenny.
            — Antropo vem de homem, fagia vem de comer, alimentar-se — explicou Jenny.
            — Quer dizer então... — vacilei um pouco ao dizer isso — que se esse tal experimento apresentar sinais de antropofagia, quer dizer que ele começará a se alimentar de humanos?
            —Sim PJ... — falou Jenny séria.
            — Agora faz todo o sentido... —falei pensativo — Quando fiz um trabalho sobre Os Estados Unidos nos anos 90, a Umbrella estava sempre aparecendo, sempre, porém nesta última década, não se ouve mais nada a respeito deles.
            —A empresa fechou pela fama que recebeu devido á esse incidente? — perguntou Chowder.
            —Provavelmente sim... — disse Jenny pensativa — Qualquer empresa desapareceria após o que aconteceu. Minha pergunta agora é... Esse papel é velho, mas não aparenta ser tão velho assim a ponto de ter sido escrito nos anos 90... Esse diário que ficou aqui nesta gaveta... — disse Jenny alisando a gaveta, sentindo sua textura e todo os detalhes que ela tinha — Seria o relato de uma tentativa de achar uma cura para esse incidente ou para criar algo maior...?
            — Não sei... — falou Chowder se espreguiçando —Mas acho que não vamos conseguir achar as respostas se ficarmos aqui. Não há nada de especial ou espantoso... Você viu pelo menos as outras duas gavetas da cômoda?
            —Não... — falou Jenny como se tivesse visto as outras duas gavetas agora.
            Jenny tentou abrir a gaveta do meio, estava trancada e não havia sinal de chave nenhuma por perto. Porém ao abrir a última gaveta, encontrou apenas munição de armas. 3 cartuchos com 12 tiros cada. Sem pensar, pegou-os e entregou um para cada um.
            — Por que você nos deu isto? — perguntei estranhando-a.
            — A situação está ficando pior do que imaginava... — falou Jenny, a Umbrella não é uma empresinha farmacêutica qualquer, se esta foi a mansão de alguém que tem um alto cargo lá? Ou pior, de um cientista que faz os estudos nesta mansão... Se houver mesmo cobaias, que garante que elas não estão soltas pelo local?
            — Não temos armas Jenny — falou Chowder.
            — Eu sei... — disse Jenny colocando seu cartucho na mochila — Se encontrarmos uma arma, quais são as chances de encontrá-la totalmente carregada?
            Eu e Chowder nos entreolhamos, as palavras de Jenny foram absolutas.
            — Vamos? — disse ela abrindo a porta que ficava á direita da lareira.

sábado, 11 de agosto de 2012

Meme e Escola

Oi gente!!!
Recebi um meme bem interessante da Sabrina Gomes do blog Spiderwebs! Achei um tipo de meme bem interessante e espero que vocês entendam os meus garranchos n_n

  

É claro que não tem nem comparação com o que eu recebi e a minha letra está horrenda XD
Enfim, se você estiver a fim de fazer esse meme, então está esperando o quê???
Não tem segredo:
  • Escreva seu nome
  • A URL do seu blog
  • A frase: "A raposa marrom pula sobre o cão preguiçoso"
  • Sua citação favorita
  • Sua música favorita no momento
  • Seu cantor/banda favorita no momento
  • Qualquer coisa que queira dizer
  • Indicar 3 ou 5 blogs
Agora vamos falar de outros assuntos...


#EpicShame 5 - Catracas são do mal

  Essa já é mais velhinha, faz mais de um ano já, eu acho...
  Fomos visitar a faculdade Veris e lá é tudo chique, digo, para entrar é preciso passar por uma catacra que lê suas digitais.
  Eu e meus amigos nos cadastramos, porém eu e a Carol ficamos para assinar um papel para participar de uma promoção enquanto os outros forma na frente. Como se não acontecesse nada de mais passamos pela catraca e ela nos segurou, os dois ao mesmo tempo (durh........).
  Então, lembramos que a catraca tinha o leitor de digitais e colocamos os dedos lá. Ao mesmo tempo, deu erro de leitura em ambas catracas, quando a gente olhou para trás, vimos uma fila enorme atrás da gente, com um monte de pessoas impacientes. Tentamos de novo e passamos...
  Mal entramos na faculdade e já começamos a causar...

#EpicShame 6 - Mamãe diz que sou especial

  Ao chegar no SESI, dexei minha mochila sobre minha mesa, peguei minhas chaves e fui abrir o armário, foi aí que eu reparei que na etiqueta de alguns armários tinha algo diferente escrito.

  Isso mesmo... 3º Ano EMINEM!
Isso foi o pessoal da 8ª Série que estuda de manhã...
Já da para ver os alunos maravilhosos que irão para o 1º Ano do Ensino Médio ano que vem...


#EpicShame 7 - Agarre o que puder 4! Na escola mais perto de você!

  O SENAI vizinho do SESI (que não é o que eu estudo) precisou usar umas 3 salas para um curso, e uma dessas salas tinha que ser justo a minha. Nada contra, mas ao invés de ter que se mudar para outra sala todo dia ás 18:00 (É... eu saio do SESI ás 18:50), foi tomada a decisão de trocar de sala. Saímos da sala 9 para a sala 5, tiramos nossas coisas do armário e ficamos esperando as crianças desocuparem os armários delas, pois, já que saem da escola ás 17:00 não há problema em ficarem na salas ocupadas pelo curso.
  Como os livros estavam ficando um pouco pesados, deixamos em outra sala vazia e ficamos esperando. Porém a minha amiga Francielle deu uma dica melhor. Ela falou que na hora de pegar o armário era só para levar o cadeado, assim já pegava o armário que queria rapidinho e não se preocuparia tanto em arrumá-lo depois...
  Agora vejam essa foto.


  Sim, a entrada da sala nova estava assim, que nem Magazine Luiza em dia de promoção, mas essa foto era de um shopping, a minha sala estava mais para aqueles Magazine Luiza que tem nos centros da cidade, que quando anunciam promoções tem até gente dormindo na frente para poder pegar o produto que quer... 
  E assim, a última criança saiu. Aos poucos - e aos empurrões - fomos entrando, porém foi só dobrar a primeira mesa e todos entraram em uma correria louca, sim daquelas dignas de colcar a música Who Let The Dogs Out como fundo. 
  Peguei um armário bom, altura do rosto e ainda veio com um monte de adesivos de Kanjis japonesas *-*
  Mas não bastava ter que correr para conseguir um armário... Tive que quase beijar o chão na hora de sair, um empurra-empurra louco e várias pernas passando rasteira... -.-

E.M.D.

sábado, 4 de agosto de 2012

Aviso e o meu livro

Olá pessoal!!!
Sumi, mas por uma boa razão.
Todas as noites estou estudando para o vestibular,
menos a dessa semana que passou agora, o SESI e o SENAI pegaram um pouco pesado... Vejam só a minha agenda dessa semana:
30/7 - Prova de Matemática
31/7 - Prova de Química 
1/8 - Atividade para nota de História
2/8 - Elaboração de um roteiro de aula prática para produção de pães (É... antes eu fazia, agora eu elaboro...)
3/8 - Teste da elaboração da aula prática, Prova de Geografia, Prova de Sociologia
 Então, passar pelo blog, era impossível... A postagem da música foi programada u.u
Pretendo fazer isso por uns tempos, assim, mantenho o blog atualizado e não ás moscas... Mas não se preocupem, sempre venho falar com vocês aos sabados/domingos =D

Agora tenho uma novidade para todos:

Sabe quando um músico está prestes á lançar um álbum e para saber como vai ser seu sucesso, ele grava um EP? Para quem não sabe, EP [Extended Play] é uma espécie de demo, na verdade ele tem esse nome por que vai mais faixas do que um single [compacto], por exemplo o Foster The People EP, Lana Del Rey EP ou o Black Part Love da Selah Sue... Se pesquisar esses EPs perceberá que eles foram lançados antes do lançamento oficial do seus álbuns e que continham entre 3-6 músicas...
Eu decidi fazer algo parecido com meu livro.


Platina, Prelúdio
Platina, Prelúdio é como se fosse o EP de Platina, O Início da Jornada. Vai contar um pouco da história do protagonista Eduardo (que apesar de portar o mesmo nome, não sou eu, pessoalmente, o Eduardo do livro e o escritor são bem diferentes... Talvez seja por que Platina se passa em um mundo paralelo).
Planejo poder escrever este "Livro EP" aos poucos e lançá-lo entre final de 2012-começo de 2013. 
Para compensar a paralização da escrita do livro de Platina, devido á tudo que está acontecendo.
O livro terá 3 capítulos e contará algumas coisas antes do livro Platina, O Início da Jornada. 
E como saberão que eu estou escrevendo o livro?
Bom, para deixá-los satisfeitos, ou ansiosos (sei lá u.u') eu postarei trechos 
como esse:


Esses trechos serão publicados na página do Platina JP no Facebook e no Tumblr.
Sabe qual é a melhor parte?
Vou disponibilizar para download gratuíto no blog sob licensa do Creative Commons, não queremos um vazamento e pirateamento indesejado como o de Midnight Sun da Stephenie Meyer, não é?
Estou animado com o projeto! Mal posso esperar para terminá-lo >w<

E.M.D.