Páginas

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

M(imimi)TV

Olá pessoal! Tudo bem com vocês?
Bom, 2013 foi um ano e tanto para a música, hein?
Olha só: David Bowie, Daft Punk, Paramore, Justin Timberlake e Jay-Z fizeram um retorno triunfal, as divas do pop já estão todas programadas para retornar com tudo no fim do ano, vimos as nossas ex-disney crescerem (especialmente a Miley Cirus), o mundo conheceu o potencial de várias revelações tais como Mackelmore & Ryan Louis, Lorde, Ariana Grande e sem falar do boom das girl bands como Fifth Harmony, The Saturdays, Little Mix e por que não a brasileira Girls (que até hoje não acertaram nos vídeoclipes)?
Mas acho que o acontecimento mais impactante do mundo da música, especialmente aqui no Brasil. Hoje é o ultimo dia da MTV como a conhecemos.


  Sim, a partir de amanhã a MTV se tornará um canal fechado e para algumas operadas (por que eu não tenho certeza de todas) vai substituir a Vh1. 
  Há 23 anos no ar, é triste ver que um canal tão bom quanto a MTV acabar saindo, por que afinal, a MTV é o único canal aberto que fala de música. E tenho certeza que muitos jovens, assim como eu, tiveram muitas influências desse canal, afinal, a MTV era um canal jovem e transparente, tudo isso, e ainda disponível para todos. Estou assistindo nesse exato momento e está passando uma espécie de documentário em série mostrando os backstages do canal, e é incrível!
  Tenho acesso a MTV desde 2009, mas só fiquei realmente engajado ao canal em 2010. Lembro que tinha muita vontade de ser um VJ da MTV, por que era legal e você falava sobre coisas legais! Minhas primeiras experiências com a MTV foram com as minhas primas, quando eu ia dormir na casa delas, quando tinha uns 5 anos, lembro que elas eram vidradas nesse canal e eu achava tipo, o máximo! De vez em quando (ou a todo momento, como estão fazendo agora), quando exibiam reprises de programas antigos eu ficava pensando "Nossa, como esse canal foi foda". E quando comecei a acompanhar os programas da minha época como o Acesso MTV, Scrap MTV, Quinta Categoria, o Top 10, 15 Minutos, Furo MTV, Top Mundi, Comédia MTV, Top Top, Viva MTV, PC na TV, A Hora do Chay, Goo, Big Audio, MTV na Brasa, A Outra Parada e até mesmo o Não Tem Clipe Mas É Legal... Eram programas ótimos, apresentados por pessoas ótimas e super carismáticas que eram a cara do canal!
  Grande parte de todo o meu conhecimento musical e até mesmo a vontade de querer seguir essa carreira veio da MTV, da velha MTV! Da MTV de onde o céu é o limite! É muito triste para mim ver que tudo isso simplesmente vai sumir. E sabe o pior? O que eles vão fazer com tanto material? Afinal somente 25% de todo o conteúdo da MTV está disponível digitalmente e os outros 75%, vão jogar no lixo? NÃO PODEM, NÃO DEVEM! Além de ser documentos muitíssimo importantes para a história da música, também contam a história da TV brasileira.
  Conforme o tempo passa é depressivo ver VJs antigos indo atrás de um fundo de croma key, apresentando o My MTV com seus programas favoritos da época que trabalhavam na emissora e isso foi definitivamente triste, por que a única coisa de novo que tinha na MTV era o Furo (que neste ano estava horrível e não foi só pela saída da Dani Calabresa), por que fora esses My MTVs depressivos, passava aquele programa ridículo e totalmente nonsense O Último Programa do Mundo e teve poucos e acústicos e shows espalhados pela programação.
  Não houve VMB esse ano, a única premiação de videoclipes brasileiras que também fez muita história e a cobertura do VMA foi um horror, finalmente desistiram da tradução simultânea, mas botaram para comentar Didi e Daniel Furlan, que simplesmente faziam comentários e piadinhas desnecessárias à premiação.
  Foi triste também ver os novos VJs da casa vindo e indo na velocidade da luz. Juliano Enrico, que teve que segurar a barra pesada de apresentar o Acesso MTV que teve MariMoon e Titi como marca registrada, então tentar superá-las ou ser tão bom quanto era quase uma missão impossível e ele conseguiu. Teve a Pathy de Jesus que era 100% carismática e foi uma das melhores apresentadoras do Top 10 depois da saída da Ellen Jabour. Não posso esquecer do Chay Suede, que revirou o acervo da MTV de cabeça pra baixo para mostrar coisas super interessantes que o público novo e até o público mais velho não sabia sobre a emissora. E Daniel Furlan que entraram para o Furo, Não acho o Daniel um VJ ruim, mas escolher ele para comentar o VMA foi um fracasso geral.
  E para se ter uma noção, Os VJs que saíram da MTV foram se expandindo e expandindo nas suas carreiras, afinal, quem vê Zeca Camargo no Fantástico, não imagina que ele foi um VJ da MTV, e sabe aquela desmiolada da Valdirene, interpretada pela Tatá Werneck que você vê na novela das 9? Então, foi uma VJ da MTV. 
  O canal novo promete e tals, essa história de 350h de programação brasileira semanal parece ser interessante, mas... Com os programas brasileiros que eles disponibilizaram até agora... Bom, nunca fui muito fã de MTV Sports, o programa do Supla é quase um Rock Of Love (um Reality Show de amor =P ) e o programa Coletivation que traz o Fiuk como apresentador, parece ser o único bom... MAS SÓ ISSO? Esses programas vão reprisar forevermente em meio à séries e faixas de clipes aleatórias (por que nenhum programa de videoclipes foi anunciado, nem mesmo um Top 10!) a semana inteira!
  Sem falar que eles vão tomar o lugar da Vh1 em várias operadoras, a Vh1 que finalmente estava ficando boa quando o assunto era música, com faixas de clipes mais elaboradas e dinâmicas, mesmo tendo programas enlatados (mas eram ótimos) e como fica o Música.Doc 2ª Temporada que eu espero até hoje? É trsite viu...
  Enfim, hoje, não sei que horas, A Ex-VJ Astrid, que foi a primeira VJ a aparecer na TV, abrindo a MTV no Brasil vai oficialmente fechar a emissora (espero que seja às 23:59, pois eu vou poder ver sem problemas), e com isso, presto minhas condolências ao canal.

MTV
* 20/09/1990 | + 30/09/2013

 ミduardo

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Reabrindo a Galeria

Olá pessoal! Hoje é um dia muito especial para o blog... 
Sabe o por quê? Este é o post de número 400!
Pois é pessoal! 400 posts! Nem acredito, e é claro que eu tinha que fazer um desenho comemorando isso, ele parece ser uma versão mais evoluída do desenho em comemoração às 500 visitas do blog.


E não é só isso... Declaro hoje que a Galeria está novamente aberta! Clique aqui para conferir o que já foi postado de desenhos no blog! E mais! Trago a vocês os desenhos que eu fiz, entre o período que a Galeria estava fechada!
-Algumas imagens estão em uma qualidade ruim, pois foram fotografias de celular ~nem todos os desenhos ficam bonitos depois de escaneados~-

Eu desenhei a Kibe! Em dois designs diferentes, em trajes normais e também como se ela fosse uma maga negra :)

 Aqui neste desenho estão Sakura, Kyou e Yuki em um design mais puxado para YRP do Final Fantasy X-2

Andressa e Katsuragi respectivamente com dois designs diferenciados

Hikari com dois designs diferenciados (eu particularmente gostei muito o cabelo do segundo)

 Gosto às vezes de relacionar meus personagens com músicas, e aqui estão:
- Yuki: Sex Yeah - Marina And The Diamonds [A roupa curtíssima é uma forma de protesto, antes que pensem qualquer coisa]
- Hikari: Your Body - Christina Aguilera [A fotografia do vídeo da Christina foi a grande inspiração para o novo look da Hikari]
- Sakura: I Love You - 2NE1 [Música de bater cabelo mas sem perder a dignidade rsrsrs]
- Kyou: (Blow Me) One Last Kiss - P!nk [Simplesmente por que a personalidade de P!nk combina muito com a Kyou]

Lizzie e Zee ~ futuras personagens da fanfic BH

Hikari desenhada num estilo mais Chainsaw Lollipop

Uma garota qualquer, sério, deu na teia e eu desenhei!

Hikari a la Chainsaw Lollipop 2

 Esse é um desenho injustiçado, não sei o que houve, mas quando passei para o blog ele virou de cabeça pra baixo! Bom, era a minha ideia do cabelo da Marina para o vídeo de Lies (só acertei o cabelo longo apenas)

 Vários designs diferentes da Sakura

 Uma gothic lolita

Desenhos que fiz inspirado nas músicas Bride Dress In A Frame do Madrid e Ride da Lana Del Rey

 Hikari só com caneta colorida :)

 Outro desenho injustiçado, é uma versão mais antiga das meninas estilo YRP

 Outra futura personagem da série BH, mas fiquei na dúvida se a colocava ou não...

E lá temos Hikari novamente! Dessa vez é um comparativo de como eu desenhava em 2010 e como desenho hoje feat. Caky/Bebê de Bolo da Carol ao lado

Uma maga negra moderna

Carol zuando o meu futuro

Eu zuando o futuro da Carol

 Eu e Carol zuando o futuro da Thayná (é uma piada BEM interna)

 Um dos meus primeiros desenhos de Electra Heart

 Um design mais adulto para a Sakura, o que acharam?

 Esta é a Yuki em uma versão inspirada do vídeo de Radioactive da Marina And The Diamonds

Eu desenhei a minha amiga Domênica e o resto são vários designs diferentes da Hikari

Agora com vocês, o que eu estou aprendendo no curso de linguagem arquitetônica:
Desenho cego e desenho meio cego.
A diferença entre eles são: Desenho cego = você não pode olhar em hipótese nenhuma seu desenho; Desenho meio cego = você pode dar umas olhadinhas no desenho para corrigí-lo.


 Minha mão segurando o apontador (meio cego) - Mão em posição estranha (cego)

Mão em posição estranha 2 (cego) - Mão em posição estranha 3 (cego)

Mão da minha mãe segurando um chaveiro (cego - meio cego)

 Radinho da área de serviço (cego - meio cego)

 Minha fita VHS de Harry Potter e a Câmara Secreta (cego - meio cego)

 Minha mão segurando uma caneta de forma estranha (cego - meio cego)

 Uma fita K7 e um disquete (cego - meio cego)

Nossa! Quanta coisa, hein? E o que vocês acharam?
ミduardo

domingo, 25 de agosto de 2013

Uma Imagem, 140 Caracteres ~ 18º Edição


Parece que eu consegui chegar ao nível onde nem mesmo eu consigo entender a grande confusão que se instalou na minha mente.

Essa é a minha colaboração para a 18ª Edição do Uma Imagem, 140 Caracteres, promovida pelo Christian V. Louis do Escritos Lisérgicos, corre que ainda dá tempo de participar!
ミduardo

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Kingdom Hearts 1 e 2

Olá, pessoal!
Tudo bem com vocês?
Como prometido, eu resolvi voltar a comentar animes e mangás e para começar esse retorno, eu decidi comentar uma série que eu terminei recentemente




Kingdom Hearts é, originalmente uma série de videogames criado em parceria com a Square Soft (Hoje em dia, Square Enix) e a Disney. Lançado em 2002 para PlayStation 2, o game criado por Tetsuya Nomura e Shinji Hashimoto mistura o melhor de dois mundos, o universo do game mais famoso da Square, Final Fantasy e os filmes mais famosos da Disney como, Alice no País das Maravilhas, Tarzan, Peter Pan, Aladin, entre outros, além de trazer personagens novos e outros mundos também.
Marcado para a mês que vem, a Square Enix relançará o game para PlayStation 3, sob o título de Kingdom Hearts HD 1.5 Remix, onde - como o título sugere - o game é remasterizado em HD, com vários plus: Kingdom Hearts: Final Mix, a versão (antes exclusiva do Japão) com mais extras do game; Kingdom Hearts re: Chain Of Memories, continuação do primeiro game, originalmente lançado para GameBoy Advance em 2004, e em 2008 ganhou remake para PlayStation 2 e agora está remasterizado em HD para PlayStation 3; e por fim, mas não menos importante, as cutcenes do game Kingdom Hearts: 358/2 Days, lançado para Nintendo DS em 2009. Resumindo tudo, com a versão HD 1.5 Remix, os fãs poderão entender toda a história que se passa antes do Kingdom Hearts II.
O mangá do primeiro game foi lançado no ano de 2003 no Japão e em 2005 nos Estados Unidos, porém só no ano de 2013 o mangá finalmente pisou em terras brasileiras. Foi uma dificuldade extrema para a editora Abril conseguir trazer esse título para cá, tanto que os boatos de que o mangá seria publicado no Brasil começaram a correr a internet mais ou menos no ano de 2010.
O mangá conta a história do vídeogame, mas é claro que se você quiser saber a história completa é necessário jogar o game. Dá para entender bem, mas mesmo assim, nada melhor do que entender a história como um todo, não é?
O mangá tem 4 volumes, lançado mensalmente e sua publicação foi entre o período de Maio a Agosto de 2013.


Bom, no volume 1 fala-se sobre Sora, um garoto que tem um sonho estranho e enigmático. Ele mora na Destiny's Island junto com seus melhores amigos, Kairi e Riku, eles têm o sonho de construir uma jangada e sair por aí conhecendo outros mundos. Paralelamente a isso, no Disney Castle, Donald recebe uma carta do Rei Mickey dizendo que ele sumiu pois está tendo um problema muito sério com os mundos e que eles precisam de uma chave, com isso, Donald e Pateta vão à procura dessa chave a pedido do rei.
Após esses eventos, a Destiny's Island é ataca por monstros chamados de Heartless, quando Sora descobre o que está acontecendo na ilha, uma série de eventos acontece: Ele parece que ganha o poder de usar uma espada em forma de chave, a Keyblade, Riku é possuído pelas trevas em nome de poder conhecer outros mundos e Kairi simplesmente some quando vai ao encontro de Sora.
Após lutar com uma criatura enorme, Sora acorda na Traverse Town, onde ele conhece Cid e posteriormente Leon e Yuffie, estes dois também estão a procura da chave como meio de afastar os Heartless da cidade. Durante isso, Sora entende que os Heartless são monstros que consomem o coração das pessoas. Também, desembarcando em Traverse Town, Donald e Pateta vão à procura da chave, e então, finalmente conhecem Sora e juntos decidem ir pelos mundos à procura de Mickey, Kairi e Riku.
E o primeiro mundo que visitam é Wonderland, o País das Maravilhas, onde decidem interromper o julgamento de Alice, que é considerada culpada por tentar roubar o coração da Rainha de Copas. Com essa internferência, o trio decide investigar quem realmente, cometeu tal ato, e enquanto isso acontece, Alice é sequestrada. Pelo que se pode observar ao fim do mangá, quem está por trás disso é Malévola.


No segundo volume, começamos com o retorno do trio à Traverse Town para conhecerem Merlin, um mago que compartilha sua sabedoria com Sora a respeito da Keyblade e também apresenta um livro, onde diz que as páginas deste foram espalhadas pelos mundos por meio de Heartless, ainda em Traverse Town, o trio toma conhecimento de Ansem, um pesquisador que dedicou sua vida em pesquisar a respeito de corações, sua pesquisa pode ter informações preciosas sobre os Heartless, mas assim como o livro de Merlin, as páginas das pesquisas foram espalhadas pelos mundos.
A próxima parada do trio é em Agrabah, onde eles conhecem Aladin que acaba de conseguir a lâmpada mágica, onde contém ninguém mais, ninguém menos que o Gênio. Para ajudar na confusão, Jafar (que está em uma aliança com Malévola) quer raptar Jasmine, e Sora, Donald, Pateta e Aladin, tentam a todo custo evitar isso, mas mesmo assim, falham. Para piorar mais a situaçao, Jafar ganha posse da lâmpada de Aladin e obriga o Gênio a torná-lo em um gênio mais poderoso. Ocorre uma batalha feroz, até que Sora consegue posse da lâmapda de Jafar e o aprisiona. O trio se despede de Aladin, com a promessa de trazer de volta Jasmine.
Depois de Agrabah, o próximo lugar que o trio visita é Coliseu do Olimpo, onde eles se encontram com Phill, e tentam provar para ele que são heróis. Mas sem um passe especial não podem fazer nada. Ao sair do local, eles encontram Hades (que também é aliado de Malévola) e ele lhes dá um passe. Confuso, mas mesmo assim conformado ao ver o passe do pessoal, Phill decide treiná-los e colocá-los no treinamento, eis que surge, Hércules, que estava arrumando o coliseu a pedido de Phill.
Quando o torneio começa, Sora, Donald e Goofy tem uma luta contra Cloud (sim é o Cloud que você está pensando) e perdem feio. Acontece que Cloud faz parte do plano de Hades de derrubar Hércules. Porém, insatisfeito com a luta, Hades libera Cérberus e... o volume termina aí :P

ミduardo

domingo, 18 de agosto de 2013

As Joias Brasileiras e outras coisinhas...

Olá pessoas!
Tudo bem com vocês?
Bom, tenho outra notícia boa para vocês :)

Estou em uma parceira com um site :D
Já ouviram falar do...

(Esse não é o banner oficial, mas eu fiz para usar no nosso futuro canal do Youtube ;])

Acho que já dá para perceber que o site é sobre a Marina And The Diamonds, não é? 
Bom, aproveitando que não existem muitos sites sobre a cantora que são fonte de notícias (que eu saiba só existe o MATD Brasil, que aliás, está de reforma), o site veio para auxiliar os Diamonds a saberem mais sobre a cantora :)
A ideia do nome veio de uma espécie de mistura de nomes...
Lá em 2009, quando a Marina nem tinha lançado seu primeiro álbum The Family Jewels, para promover seu trabalho na terra da rainha, lançou o EP The Crown Jewels e posteriormente no ano de 2010 para promover o seu álbum nos EUA ela lançou o The American Jewels, outro EP. Então, por que não promover a Marina no Brasil com o The Brazilian Jewels?
Começou tudo com um pequeno grupo no facebook e olha só o que virou!
Já dei minha pincelada por lá, com alguns posts... Quer dar uma olhada? É só acessar o The Brazilian Jewels!

Estou pensando em criar uma série de análises de animes e mangás aqui no blog... Vendo que eu fazia isso há muuuuuito tempo e eu não faço mais (por motivos de nem eu sei mais)
Mas, eu queria voltar a ter esse hábito :) Já que estou lendo muitos mangás e vendo alguns animes bons ultimamente ^-^
Olha só o que pode rolar por aí...
  • Turma da Mônica Jovem (Desde o volume 1, publicado há 5 anos)
  • Kingdom Hearts
  • Card Captor Sakura
  • Genshiken
  • Blue Exorcist
  • AirGear
  • Monster
  • Biohazard
E a tendência da lista é só aumentar!
ミduardo

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Novidades e Otaku no Nipo

Hey, gente! Tudo bem?
Eu sei que ando demorando de mais para atualizar o blog, mas agora que estamos na reta final de vestibulares, bem, a tendência é tudo piorar :(
Mas eu trago boas notícias em relação aos covers ^-^

 Esta é a capa do meu EP de covers do álbum The Family Jewels da Marina and The Diamonds
E a tracklist já está definida também, ó:
1. Oh No!
2. Shampain
3. Seventeen
4. The Outsider
5. Obsessions
6. Numb
Não há uma data certa de quando irei lançar... Mas eu avisarei previamente!
Também irei fazer um lyric video de Seventeen para pôr no Youtube.
Estou muito animado com esse projeto!

Mas mudando de assunto...
No dia 4 de agosto em Campinas aconteceu o Otaku no Nipo, um evento de animes e cultura geek e eu dei as caras lá haha.
Porém, eu achei que faltou um pouco de organização por parte do pessoal, pois quando eu cheguei havia uma fila enorme! Quase que não entrei no evento, tudo em nome da revista de bolsas... Eu não acompanho os eventos do Otaku no Nipo desde 2009 então creio que deve ter acontecido alguma coisa louca em relação à visitantes trazendo coisas suspeitas ao evento nesse meio termo, sei lá, sem falar que eu tive que mostrar minha mochila umas 3 vezes e eles encafofaram com um dual shock que eu havia comprado e deixado na minha bolsa :P 
Sem falar que você não pode levar nem garrafa d'água sem ser confiscada!
Outra coisa que eu achei ruim, foram as estandes. Eu achei que tinham poucas estandes vendendo coisas... tanto que eu comprei, poucas coisas.


Fiquei um pouco decepcionado também em relação aos itens vendidos... Tipo, não tinha DVDs de Animes, falaram que ia ter coisas de K-Pop, mas não tinha nadica de nada, mangás também estavam em baixa lá... Mas apesar de todos esses infortúnios, foi sim, um bom evento! Tinham cosplayers ótimos e até separei alguns para vocês verem!





Bom, esse último, não conta muito como um cosplay, mas tenho que admitir que a sacada foi genial...
Uma coisa que eu fiquei meio chateado é que uns cosplays bem legais chegaram bem tarde, e não tiveram suas fotos :P
Apesar de tudo isso, o evento sim foi ótimo, não foi um dos melhores, mas ainda assim, foi ótimo!

ミduardo

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Dez+oito

Hey, hey, hey, pessoas!
Pois é, pois é, pois é! Hoje é o meu aniversário... sim, finalmente fiz dezoito anos, caramba... nem acredito que eu já fiz tudo isso! haha

E tenho muitas coisas boas para vocês :D

Vamos lá...
.
.
.
Lembram, que lá no comecinho do ano eu tinha falado que eu iria fazer um mini-livro ou como gosto de chamar, de livro EP, como se fosse uma pequenina introdução a história da minha saga literária que estou escrevendo?
Bom, aqui está! Platina: Prelúdio
O livro conta a história de três personagens da saga antes do primeiro livro e como que seus destinos começam a se entrelaçar.
Espero que todos vocês gostem, pois fiz pensando em todos vocês :)
Logo mais, também irei fazer um guia completo da saga Platina, então fiquem espertos!
Para fazer o download gratuito do livro é só clicar na imagem abaixo

~ x ~ x ~ x ~

Alguém aqui lembra que eu disse que cantava?
Pois bem... Finalmente gravei o cover! A música é Seventeen da Marina And The Diamonds
Fiquei tão animado que até capa para o cover eu fiz haha


Bom, sem mais delongas aqui está o cover:

*Se não conseguirem ver, por que eu não estou vendo hahaha, acessem esse link!
 
E por fim, mas não menos importante... A playlist da semana que tava desatualizada há meses!
E o tema é claro...
#3 ~ 18 Anos, que diria, hein?

Playlist #3~18 Anos, quem diria, hein? by Eduardo Macena on Grooveshark

Peguei várias músicas de vários artistas que adoro e admiro :)
Bom, não vou falar de todas as músicas para o post não ficar totalmente enorme, bom...
Se tem uma coisa que eu viciei totalmente, foi na música da Icona Pop, I Love It é tipo, o hino da diversão! IM' A 90'S, BITHC!!! Adoro ouvir essa música, ele é ótima pra esquentar nesse friozin haha. You, My Everything da Ellie Goulding, saiu recentemente, foi o tema do episódio de Skins Fire e estará no seu álbum de relançamento Halcyon Days, a música é linda e toda estilizada no tema dark do álbum. Já fazia tempo que eu estava procurando Sanctuary da Gabriella Cilmi, a música é belíssima e me faz lembrar de dias de outono :3.
E tem muitas outras músicas para ouvir! Aproveitem :D

ミduardo

domingo, 21 de julho de 2013

À beira dos 18


Oi gente! Faz um tempo que eu não escrevo posts desse tipo, talvez por que nada aconteceu de tão urgente para mim, para fazer eu postar assim.

Antes de tudo eu quero pedir profundas desculpas, fui um completo relaxado nessas férias com o blog, eu prometi que iria postar com mais frequência, mas obviamente isso não está acontecendo.
Porém pretendo postar no dia 25, pois eu tenho uma surpresa para vocês, que eu disse que não iria dar muitos detalhes, mas eu vou dar sim rsrsrs, nesse dia irei lançar o meu primeiro cover oficial n_n
Não esperem muita coisa, pois eu não toco nenhum instrumento musical, então será feito com instrumentais achados na internet.

OK, agora que já dei a boa notícia do dia, vamos ao que realmente importa.
Como o título do post sugere, sim estou à beira dos 18 anos, e estou vivendo o que me resta da vida de 17. 
Bom, não sei se comentei algo aqui durante os 3 anos de vida do blog, mas eu particularmente não gosto do meu aniversário.
É eu sei como isso soou estranho agora...
  É que de um tempo pra cá, não sei o que aconteceu, eu comecei a cair em um pouco de negativismo, porém nada sério... O que eu quero dizer é que não gosto que as pessoas me tratem com diferença por algo que não é muito frequente, digo, a boa e velha falsidade. Não que eu diga que todas as pessoas que me cercam são falsas, mas sei lá. Mas é aquela coisa: Vamos ser legais com o Eduardo só hoje, por que o aniversário dele é hoje. Depois seremos o entojo com ele, como sempre fomos.
  Sei exatamente disso, por que naquele dia que rolou todo aquele chororô na minha sala, foi assim, na hora das lágrimas foi, seremos unidos, seremos isso e aquilo, depois todo mundo começou a se tratar mal. 
  Acontece que eu quero que as pessoas entendam, que o dia do meu aniversário é um dia comum como qualquer outro, não precisa me tratar como rei por um dia, por que eu dispenso. Sou muito humilde - ou doente - para me sentir especial, nem que seja por um dia. Por favor, me digam que eu preciso visitar um psicólogo, por que eu não conheço ninguém assim. Não gosto que as pessoas se incomodem comigo, não gosto de receber elogios nem de todo aquele mimimi que as pessoas fazem só por causa de alguma data especial.
  Fico imaginando o que teria acontecido se eu tivesse contado para minha sala que a minha madrinha morreu. Todo mundo iria fingir que se importa comigo e até forjaria um Pai Nosso, só para mostrar a preocupação e tentar amenizar a minha dor, quando na verdade se eu estivesse precisando de ajuda, ninguém estenderia a mão para me socorrer. É disso que falo. Não gosto que ajam diferente comigo só por pena, só por ser alguma coisa diferenciada... 
  Não gosto de festa de aniversário para mim, pois eu sinto que a festa são para os outros. Não gosto disso, não gosto de festas para mim. Eu já disse que não gosto de me sentir especial - por isso acho que sou doente, de alguma forma.
  Se me perguntarem por que eu sou assim, não sei. Simplesmente não se explicar! É apenas mais uma peculiaridade do meu estranho jeito de ser.
  Ah, e o mesmo se aplica para quando eu morrer, me enterrem e pronto.
  E se alguém falar, ah, mas você faz a mesma coisa com os outros, eu digo: Não, pois estaria sendo hipócrita. Se a pessoa não tem nada comigo, eu simplesmente não vou correr atrás dela e virar instantaneamente o exemplo de bondade na Terra com a pessoa só por que é o aniversário dela.
 
  Minha ideia perfeita de aniversário seria, um dia como qualquer outro. Sem festas, sem nada. Apenas um abraço de quem realmente é importante para mim na minha família, meus amigos e pronto. Isso é o suficiente.

- Sim, Eduardo, você é uma PESSOA DOENTE E MERECE SER INTERNADA POR SUA LINHA DE PENSAMENTO OBSCURA.

ミduardo