Páginas

terça-feira, 28 de maio de 2013

Playlist da Semana: As Joias da Família


Quem acompanha o blog desde o comecinho sabe que eu tinha um Mixpod onde regularmente eu ia colocando músicas para o pessoal ouvir, quando o blog fez 2 anos eu meio que enrolei, e no fim acabou ficando sem nada... Então, por meio da Sabrina Gomes do blog Spiderwebs, conheci o Grooveshark e quando o blog completou 3 anos eu decidi utilizar este site para voltar a fazer playlists...

Então vamos lá.
Como viram em um post anterior, o primeiro tema da Playlist era: Especial 3 Anos de Platina JP, agora vamos ser mais seletos...
Conhecem Marina And The Diamonds? É uma cantora galesa e o "And The Diamonds" é uma referência ao seu nome Marina Diamandis. Elas já lançou dois álbuns: The Family Jewels em 2010 e Electra Heart em 2012.
Bom, pelo jeito, já dá para saber sobre qual álbum a Playlist é, não?
Fiz uma seleção das melhores músicas (quase todas rsrs) do álbum The Family Jewels, então dê um Play e vamos aproveitar o resto do post!

Playlist #2~As Joias da Família by Eduardo Macena on Grooveshark

  Are You Satisfied abre o álbum e também a Playlist, onde com esta música, Marina nos faz realizar uma auto avaliação: Você está satisfeito com sua vida? E com isso, inicia-se a viagem pela vida de Marina, um olhar a respeito sobre o que pensam dela e o que ela acha sobre isso. Fugindo bem desse assunto, temos Shampain onde se fala do lado depressivo de estar bêbado, insônia e óbvio as alegrias do champagne, a música encerrou o trabalho de Marina neste álbum, se tornando o 5º e último single de The Family Jewels. I Am Not A Robot é Marina cantando para si mesma, dizendo para parar de ser ridícula, e não deixar o medo de cair te impedir de prosseguir e que ela é apenas uma pessoa. Indo para ao lado alfinetadas temos em seguida Mowgli's Road, onde Marina critica indiretamente as gravadoras e produtores que tentam moldar seus artistas, como uma colher e fazerem seguir sempre o mesmo caminho, no qual ela se refere ao caminho proibido. Em Obsessions vemos um lado mais íntimo de Marina e seu piano, falando sobre as obsessões do dia a dia e de como elas podem, de certa forma, nos atrapalhar. Na música The Outsider fico um pouco confuso quando Marina se refere a quem é o forasteiro, ás vezes é ela outras vezes não, mas ao final da música dá para ter uma boa ideia de quem é o forasteiro. Agora Hermit The Frog pode ser considerada uma das mais sombrias do álbum, a mais odiada entre muitas análises e uma das minhas preferidas, ela descreve suas emoções negativas quando "Hermit" chega perto. Como obter sucesso? Marina lhe dá dicas preciosas em Oh No! onde ela critica as pessoas que seguem esta linha de pensamento, mas que na verdade vivem, voam, falham e morrem. Marina faz uma retrospectiva em Seventeen, onde ela diz que foi uma fase conturbada na sua vida, um ponto alto de sua adolescência. Numb é uma canção bem paradoxal, por quê? Escureço apenas para brilhar. Dá para ver que Marina tem um conceito bem diferente sobre estar entorpecida. E finalizando a música que carrega o título do álbum: The Family Jewels, onde Marina usa da ironia para falar de sua família: Bem vindo ás joias da família, de carvão à diamantes, vendidos para idiotas.

ミduardo

domingo, 26 de maio de 2013

Uma Imagem 140 Caracteres ~ 8ª Edição


Seu coração voou como um balão, deixou-o voar tão alto e explodiu muito rápido. É frustrante, amar quem não merece ser amado.

Essa é a minha contribuição para a 8ª edição do desafio Uma Imagem, 140 Caracteres realizada pelo Christian V. Louis no blog Escritos Lisérgicos.
Corre que ainda dá tempo de participar! ~ Clique aqui!

ミduardo

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Os Mangás de Another

Olá pessoal!
Faz um tempão (e que tempão) que eu não falo de mangás por aqui e decidi reviver com uma série que eu simplesmente me apaixonei!


  Another é um mangá fortemente baseado na light novel escrita por Yukito Ayatsuji e adapta para o estilo mangá por Hiro Kiyohara. Another é uma história de terror e mistério publicada mensalmente na revista literária japonesa Yasei Jidai, publicada entre julho de 2006 e maio de 2009, somando um total de 30 volumes, somente em 29 de outubro de 2009 reúniram os 30 volumes em uma light novel. Um ano depois de sua publicação, a história foi adaptada por Hiro Kiyohara ao estilo mangá e foi publicada na revista Young Ace entre maio de 2010 e janeiro de 2012, levando em consideração que janeiro de 2012 foi publicado o último volume do mangá fora da revista. Enquanto o último volume de Another estava sendo publicado, no dia 9 de janeiro de 2012 foi ao ar o primeiro episódio do anime da série, o estilo de traço era diferente ao do mangá, onde foi modificado vários detalhes como o estilo e a aparência de vários personagens da série. O anime teve seu ultimo episódio exibido no dia 27 de março de 2012 e no total teve 12 episódios e um OVA exibido um dia antes da season finale. Ainda no mesmo ano, foi aos cinemas japoneses no dia 4 de agosto de 2012 o filme live action da série, que foi bem fiel ao livro. Aqui no Brasil a série foi publicada pela editora JBC e seu tempo de publicação foi entre os meses de fevereiro e maio de 2013.

  Bom, após toda essa contextualização, vamos conhecer um pouco da história? A história começa
com Koichi Sakakibara no hospital da cidade de Yomiyama, ele tem uma doença nos pulmões chama pneumotoráx e estava hospitalizado devido a agravação desta, ele havia se transferido para o colégio Yomiyama Norte, no mês de maio, antes dessa data, ele estudava em um colégio em tóquio. Um dia passeando pelo hospital ele encontra uma garota de cabelos negros com um tapa olho, segurando uma boneca, aparentemente não gosta de falar muito, mas ao descer até o nectrotério revela seu nome a Koichi: Mei Misaki.
  Koichi se muda para Yomiyama onde mora seus avós e sua tia, Reiko Mikami que também é a professora de artes da escola. Quando finalmente se recupera de sua doença, Koichi entra na turma 3-3 do Yomiyama Norte, é recepcionado por Tomohiko Kazami (que antes, já veio visitá-lo no hospital) e faz amizade Yuuya Mochizuki e Nayoya Teshigawara. E ao entrar na sala, ele repara que na última carteira ao lado da janela, encontra-se ninguém mais, ninguém menos que Mei Misaki. Ele tenta falar com ela, mas ela sutilmente o ignora, apesar de ainda trocarem algumas palavras, mas há algo estranho sobre ela, Koichi percebe que todos os alunos agem como se ela não existisse e quando ele pergunta o que acontece a respeito de Mei Misaki e todos tentam contornar o assunto, Koichi acaba querendo investigar, mais e mais a respeito de Mei até que é impedido por Izumi Akazawa, uma garota que faz parte do comitê de contra-medidas da sala. O que será pode ser de tão estranho que ronda a respeito de Mei Misaki?
  Vou parar por aqui antes que solte algum spoiler da série :P

  Vamos agora a análise. No ultimo volume o desenhista Hiro Kiyohara disse no posfácil que foi uma batalha adaptar Another ao mangá, não pelo fato da série ser de difícil adaptação, mas é que só lhe deram um limite de 2 volumes para adaptação, Hiro bateu o pé e conseguiu extender a história para 4 volumes. Se você reparar bem, Another é uma história que não se conta em poucas palavras. Não li o livro (até perguntei se a JBC publicaria, mas até agora não tive respostas), então não posso dizer com certeza o que de fato faltou no mangá, mas posso dizer que se fosse comparar ao anime, podemos dizer duas coisas: 1) Ou o mangá de uma enxugada na história; 2) Ou o anime tem fillers. Mas, mesmo assim, eles pegaram toda a essência, todo o terror, todo o mistério no mangá e o transformaram de uma maneira surpreendente, até mesmo para quem já assistiu o anime. Outra falha que pode-se encontrar no mangá é a revelação de alguns mistérios que no anime ficaram bem distribuidos enquanto no mangá, conseguiram prender a atenção do leitor de maneira que fossem revelados apenas no final. Dá para notar uma pequena redução no elenco se comparar com o anime, mas pessoalmente eu achei o mangá fabuloso, o traço é bem feito e delicado, e as partes em que a Mei Misaki aparece foram feitas de maneira absolutamente perfeita!
  Há também um 5º volume do mangá, chamado Another 0, onde conta a história de Reiko Mikami, perguntaram à JBC a possibilidade desse mangá ser publicado no Brasil, a editora respondeu que pode ser um pouco mais complicado, vendo que Another 0 foi publicado junto com o DVD do anime, mas eles não disseram que não publicariam, então, há uma esperança!
  
  Se você gostou da história a minha recomendação é: LEIA O MANGÁ! VOCÊ NÃO PERDE POR ESPERAR! Aproveite que já publicaram os 4 volumes e você poderá ler sem aquela ansiedade para o próximo mês chegar! :D
ミduardo



domingo, 19 de maio de 2013

BH - A Casa Maldita, Capítulo 5

E depois de muito tempo! A Fanfic BH ressurge!
Caso você não tenha visto o começo ou não se lembra mais, aqui estão os capítulos anteriores:

1 | 2 | 3 | 4


5. Sombra
       Não sei dizer se fiquei mesmo com medo... Sei lá, tudo bem que essa mansão é extremamente aterrorizadora e tal, mas algo me travava, me impedia de seguir em frente, e a sombra se movia constantemente, não sei dizer se ela estava perto de mais da esquina no corredor ou se era apenas a projeção de alguma luz que a trazia para tão longe.
            Quero muito progredir, mas receio não poder. Não seja tonto PJ, Chowder e Jenny estão contando com você! Avance! Caminhe sem receios! O que poderia acontecer?
            Não posso. Tenho medo do desconhecido.
            Me encostei na parede e lentamente fui deslizando até me sentar no chão. Como é possível eu ser tão medroso? Fizemos o maior esforço para conseguir entrar e agora eu não consigo avançar por ter medo de uma sombra? Como sou estúpido.
            Esfrego as mãos no meu cabelo, olho para cima, fecho os olhos e respiro de maneira lenta. O que pode ser isso? Vamos analisar cuidadosamente... Uma sombra de algo que não faço ideia do que seja se move constantemente e sempre do mesmo jeito. Uma coisa é certa, não é uma cortina, pois a sombra parece ser de algo muito mais pesado.
            O que temos até chegar á esquina? Alguns quadros de flores na parede uma cômoda com três gavetas, semelhante a que vimos na sala de jantar. A única diferença é que este tinha um vaso de flores vazio com uma água escura no fundo. Resolvi começar analisando os quadros. Era uma sequência de quatro quadros, aparentemente todos pintados pela mesma pessoa, é como se fosse um quadro contando a continuação do outro.
            No primeiro quadro, parece que no primeiro plano, há uma mesa redonda e um vaso de lírios brancos bem no meio, atrás dessa mesa encontra-se algo como se fosse um quadro de família. Uma família bem tradicional dos anos 60 ou 70, um pai, uma mãe e sua filha, todos loiros e dos olhos azuis com trajes da época, só que todos de cor preta. No segundo quadro havia a mesma mesa com o mesmo vaso, só que dessa vez, no lugar dos lírios haviam agora papoulas, a família estava na mesma posição, apenas com roupas diferentes, só que agora estavam com os olhos costurados, todos sem exceção, e todos mantinham a mesma expressão.
            Partindo para o próximo quadro, mesma mesa, mesmo vaso, flor diferente. Agora no vaso, encontra-se deadly beladonas, e a família estava do mesmo jeito, mesma expressão, com os olhos costurados, porém com flechas no peito de cada um. Sem perceber, esbarrei na cômoda e como já estava face a face com ela, decidi investigar. Na primeira gaveta, achei uma chave, bem antiga, guardei-a no meu bolso, vendo que ela poderia ser útil. Na segunda gaveta achei uma foto, voltei a olhar para o terceiro quadro. Era a filha do casal, porém, somente a cabeça. Será mesmo que esta família existiu de verdade? Será mesmo que tudo isso aconteceu com eles? Por alguma razão, também decidi guardar a foto comigo.  Na última gaveta, bem, não havia uma última gaveta, ela havia sido removida. O que será que poderia estar lá?
            Tornei meus olhos aos quadros, agora observando o último da sequência. Mesma mesa, mesmo vaso, e dentro dele haviam agora pervincas. O quadro mais perturbador de todos. A família estava na mesma posição. O pai estava sem seus globos oculares e estava escorrendo sangue dos seus olhos, estava também com um grande corte transversal em corpo, porém manteve-se seu semblante dos quadros anteriores, a mãe estava metade pele, metade carne, um pouco queimada, assim como o pai, também manteve o mesmo semblante. A única diferente era a filha, roupas limpas, olhos abertos, com marcas das linhas usando um colar em que o pingente era a ponta de uma flecha quebrada, e em seu rosto estava um ligeiro sorriso, como a Mona Lisa.
            Entretido com a visão estranha do último quadro, nem havia reparado que havia passado da esquina do corredor e estava de cara com o que produzia a sombra. Em frente á lâmpada estava pendurado um vestido. O mesmo vestido usado pela garota nos quadros, ele estava cheio de costuras com linhas diferentes, fazendo o parecer que estava duro, como se fosse papelão. Havia uma janela de onde saia o vento fazendo o vestido balançar, mas para a minha decepção, o corredor acabava por ali. Na parede havia uma mesa redonda grudada, aparentemente a mesma mesa dos quadros e na mesma, escrito com sangue dizia: PUNIR.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

3 Anos de Blog!

Pessoal é com muita alegria que eu anuncio hoje que...


O PLATINA JP FAZ 3 ANOS DE VIDA!!!

Mas, antes de seguir em frente, você já viu o resultado da promoção 3 Anos~3 Promoções?
Não?
Então saca só!


 
Parabéns á todos que ganharam e aos que não conseguiram, não desanimem! Terá mais sorteios pela frente!

Voltando ao assunto #3Anos...
E aí, o que acharam no novo Layout? Eu sei, ainda precisa fazer alguns ajustes e tal, mas em particular é um dos que eu mais gostei. Talvez seja por que ele é o que mais foge dos layouts anteriores...

O que virá de novo por aí? 

Fic Blizzard ganhará versão repaginada
Isso mesmo pessoal, a primeira fic do blog, Blizzard, ganhará uma versão totalmente repaginada, onde será revisada, visando preencher qualquer lacuna ou texto sem sentido que ficou durante a sua elaboração, a fic ganhará um novo título: Blizzard: The Refurbishment Winter.

 Fanfic BH: A Casa Maldita volta da geladeira 
Para os que estavam curtindo a Fanfic BH: A Casa Maldita, ficaram felizes ao saberem desta notícia, voltarei a escrever a minha primeira fanfic de Resident Evil, depois de um longo tempo na geladeira devido ao meu ano corrido.

Uma lojinha? 
Não posso dizer se funcionará extamente como planejo este item... Pretendo confeccionar camisetas do Platina JP e outras coisas que derem na minha teia, isto ainda é um pouco incerto, mas há uma boa probabilidade de acontecer.

Resenhas e opiniões 
Voltarei a fazer resenhas de livros, mangás, filmes, álbuns de música e artistas que gosto com muito mais frequência, afinal, tenho muito para falar sobre isso com vocês!

Um post a cada dois dias 
Eu sei que nem sempre isso vai ser possível, mas quero voltar a ser como era antes, quando eu postava um post a cada dois dias, tempo suficiente para postar conteúdos legais, para os leitores verem e comentarem e não perdrem contato com o blog.

Uma extensão para o tumblr 
Unindo o últil ao agradável, criarei mais para frente um tumblr chamado Platina JP Insider, onde falarei sobre novos posts e notícias a respeito do mundo cultural, enfim, tudo que eu sempre quis fazer no blog, mas sem ficar floodando com várias postagens :)

Playlist da semana
Fiquem ligados, na playlist da semana na coluna ao lado, ela é atualizada toda semana com um tema diferente, o tema desta semana é: Especial 3 Anos de Platina JP!

Platina, Prelúdio: O livro EP 
Quem se lembra de que no fim do ano passado eu anunciei que estava escrevendo um pequeno livro, um livro EP? Boas notícias! Ele está praticamente finalizado! Só farei uma revisão e vocês poderão fazer o download gratuíto dele aqui no blog! E fiquem espertos! Quando Platina, Prelúdio for disponibilizado para download gratuído, somente quem fizer o download no 1º dia ganhará acesso ao primeiro capítulo de Platina, O Início da Jornada revisadíssimo!

A galeria está de volta! 
Sim, resolvi ressucitar a galeria, nesse tempo que eu não a utilizei mais, desenhei muito, e em partes melhorei, quero que vejam meus upgrades e designs de personagens.

Queria agradecer á todos que colaboraram com o blog, seja seguindo, comentando ou curtindo, são vocês que me dão vontade de continuar seguindo em frente com este blog, com o meu espacinho. Todo o apoio que me deram em momentos de tristeza e de alegria valeu muito para mim :,)
 E então? Vamos juntos caminhar nesta nova etapa do Platina JP?

ミduardo

domingo, 12 de maio de 2013

Há 2 Anos

Oi Gente, tudo bem?
Queria compartilhar algo bem nostálgico com vocês...

Esta semana recebi uma carta bem inusitada...
Mandada por mim mesmo há 2 anos!


É assim...
No dia 7 de Dezembro de 2011, a professora de COE [Comunicação Oral e Escrita] pediu para que fizéssemos uma dinâmica um pouco diferente.
Escrever uma carta para nós mesmo no futuro perguntando coisas e até fazer predições e depois de 2 anos, quando nós estivéssemos no último semestre do SENAI, receberíamos de volta.
E aqui está a minha carta...


Campinas, 7 de Dezembro de 2011

Olá, Eduardo!
  Como vão as coisas? Será que estará tudo bem quando esta carta chegar a você? São tantas perguntas que eu gostaria de fazer a você, desejaria fazê-las pessoalmente, porém eu tenho uma máquina do tempo - na minha cabeça - só falta inventar! OK, admito que este começo ficou estranho, mas eu não sei realmente o que falar com o futuro eu XD.
  Bom, como eu não tenho nenhuma dessas expectativas de realizar algo mirabolante dessas, então acho que vou descrever como eu acho que será o meu futuro.
  Minha caligrafia vai estar melhor? (risos) Porque mesmo com a dica da Cássia, eu ainda acho que será um garrancho completo, mas espero ter melhorado só um "tikinhuzinho" de nada XD.
  E o meu projeto do SENAI? Será que vai ser os feijõezinhos de todos os sabores ou a bolacha com 3 recheios? *-* Eu sei que viajo na maionese com esses projetos malucos...
  Será que vou passar no Cotuca em Informática? Serei um Técnico de Alimentos Informático! (òuób pararatatá!)
  Meu livro e meu blog estarão em alta? Eu terei ido a um show? Terei terminado meu livro? O novo CD do Paramore será muito bom? Vou poder comprar todos os meus livros e CDs que eu quero? Meus amigos vão ficar comigo? Me decepcionarei? Ah, são tantas perguntas que só o tempo responderá...

  Até lá...


Agora minha resposta...

Campinas, 12 de Maio de 2013

Olá, Eduardo!
  Aqui está tudo bem sim, as coisas são como uma montanha russa, ás vezes andam bem, mas parece que tudo pode dar errado do nada, mas continuamos seguindo em frente e é isso que importa. Ainda bem que você não montou uma máquina do tempo, deixe as coisas virem por surpresa é muito mais legal! Apesar de que eu morro de vontade de visitá-lo para poder corrigir alguns trilhos da montanha russa, se é que me entende.
  Ainda bem que você tem plena consciência de que eu não posso fazer coisas mirabolantes, mas digamos que fiz sim algumas coisas bem interessantes... Vamos ás suas expectativas.
  Ao meu ver, a sua caligrafia vai melhorar sim, mas tenha algo em mente, quando estiver desinteressado ou com pressa sua letra JAMAIS será bonita!
  Seu projeto do SENAI... Caramba... Posso dizer que em questões de chutes você está bem morno, mas um morno bem frio! É um biscoito, mas não um biscoito com 3 tipos de recheio. Seu projeto é macaron de melancia congelado. Macaron é um biscoito francês cheio de frescura, mas é muito bonito e gostoso também!
  TIRA ESSA IDEIA DA CABEÇA! Você não vai se tornar um Técnico em Informática! Se contente apenas com o diploma de Técnico em Alimentos! Me diga como você conseguiria chegar no Cotuca saindo quase 19:00 do SESI? Além do mais, nenhum ônibus sai do SESI e passa perto do Cotuca e seu pai jamais de deixaria lá na hora devido ao trânsito caótico. Mas digamos, que eu fiquei sabendo que assim que você decidiu continuar no SESI, abriu a inscrições de curso técnicos no Cotuca noturno com ensino médio á tarde, a concorrência para qualquer curso é MÍNIMA. Sacanagem terem  esperado você flopar feio na prova para fazerem isso. Agora bola pra frente e foque na faculdade!
  Seu blog cresceu bastante desde 2011, você conheceu muita gente legal através dele e vai conhecer ainda pessoa muito maravilhosas! Você vai entrar em períodos de hiato devido aos estudos, mas nada vai te afastar dele, por que ele é o SEU cantinho. Sobre ir a um show, sim, você foi: da Taryn Spilzman, da Tulipa Ruiz e também da banda do Igor, a Loxos. Todos foram incríveis! Seu livro... bem... você não terminou, mas voltou a trabalhar bem nele, não sei quando ele sai, mas vai sair! Pelo menos você vai fazer parte de uma Antologia Literária e terá um texto seu publicado em um livro! :) Hahaha, não acredito que você fez essa pergunta. Sim, o CD novo do Paramore é incrível, mas você não vai no show deles de novo... Sobre essa sua teoria consumista de CDs e Livros, em partes. De pouco em pouco você vai completar suas coleções, entendido? Tenha paciência! Seus verdadeiros amigos permaneceram sempre com você, você viverá altos e baixos, rirá tanto e passará por cada situação estranha com eles, mas eles jamais te abandonarão, pelo menos foi a promessa que fizeram. Sim, você se decepcionará na sua vida, todos se decepcionam. Mas enfrente tudo com a cabeça erguida e sua vida será feliz.

Um grande abraço.