Páginas

quinta-feira, 13 de junho de 2013

BH - A Casa Maldita, Capítulo 6

Pessoal, eu sei que fiquei um tempinho fora, mas agora está tudo bem :)
Vamos a mais um capítulo da fanfic?

< Capítulo 5 | Capítulo 7 >


6. Vestido
            Fiquei horrorizado com o que eu vi. O que será que pode ter acontecido com esta garota? Voltei a olhar para a foto que eu havia pegado na gaveta, virei o verso da folha e vi algo escrito. Allin. Acho que era o nome dela.
            Resolvi olhar para fora da janela e tive minha decepção. Estava um breu imenso. Não enxergava nada além de pura escuridão. Olhei para meu relógio e estranhei porque eram 16:00. Não era para estar tão escuro assim... E mesmo se tivesse um eclipse total esta hora, o que obviamente não era, eu estaria enxergando alguma coisa, mas nem a luz de dentro do corredor conseguia iluminar alguma coisa.
            Recuei alguns passos. Tentei manter a calma. Mas estava difícil conciliar meus pensamentos quando se está preocupado. Resolvi pegar meu celular e mandar uma mensagem para os dois.

Por onde eu entrei ñ tem nada... Achei pistas interessantes, mas nenhum triangulo :/

            Não demorou muito para receber uma resposta de Jenny.

Pistas interessantes??? Hmmm... Tem como vc continuar procurando pelo local?

            Parei um instante e dei uma boa observada pelo local, voltei a digitar a resposta.

A sala acaba no mesmo corredor. Mas irei fazer uma investigacao + a fundo aki.

            Jenny respondeu rapidamente. Meninas e seus celulares...

¬¬’ e como vc me diz q ñ tem nada? Ta esperando o q pra comecar a investigar??? VAMOS VAMOS VAMOS!

            O que eu posso dizer? É a Jenny sendo a Jenny. Quando pensei que não receberia mais mensagens, eis que surge Chowder.

Cara... Essa mansao eh o terror! Ñ achou nada? + sorte da proxima vez...

            Eu acho que não precisava muito dessa ultima mensagem, mas tudo bem... Pelo menos sei que ele está bem.
            Me voltei para a mesa onde estava a escrita com sangue comecei a revista-la, aparentemente nada de estranho, apenas teias de aranha. Decidi tatear o chão, para ver algo suspeito, mas não havia nada fora do normal.
            Quando me levantei, fiquei encarando o vestido balançar, eu não sei... Queria tocá-lo, mas eu tenho receio... Não sei qual foi a história por trás desse vestido. Porém, algo de muito importante poderia estar ali.
            Chacoalhei o vestido. Ele se soltou e caiu no chão. Não havia nada dentro dele. Mas isso tudo é tão suspeito... O que será que aconteceu por aqui? Porém eu reparei que algo ainda balançava na luz formando uma sombra estranha. Olhei para cima e adivinha o que eu encontrei? Um triângulo feito de acrílico vermelho pendurado na lâmpada. Rapidamente o peguei. No fim das contas, tudo estava em torno daquele vestido mesmo... Porém, ainda estou curioso... O que será que aconteceu com a garota dos quadros e da foto, Allin?
            Preciso pesquisar sobre ela, se não acho que não irei me aquietar... Receio que a sede de conhecimento de Jenny, tenha passado para mim. Por falar nisso, preciso mandar uma mensagem para ela e para o Chowder também.

Pessoal, achei um triangulo! Espero vcs no hall de entrada.

            Já faz duas horas que não recebo uma resposta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário